Topo

4 curiosidades sobre o vinho que você provavelmente não conhecia

Comente

Se você gosta de apreciar um bom vinho ou um champanhe em comemorações, já deve ter percebido algumas diferenças entre os tipos de garrafas e rolhas, certo? Pois bem, na prática alguns detalhes são para marketing e logística, mas outros possuem uma lógica por trás, que ajuda manter o produto bom ao paladar. Conheça a seguir algumas curiosidades sobre as garrafas de bebidas ao redor do mundo.

Fatos curiosos que você provavelmente não conhece sobre o vinho

4 curiosidades sobre o vinho que você provavelmente não conhecia

A cor da garrafa

Você sabia que a cor da garrafa é usada como proteção para bebida? Por exemplo, vinho tinto é sempre vendido em garrafas verdes, enquanto cervejas normalmente em garrafas escuras. isso é usado para proteger a bebida da exposição solar. Lembrando que alguns vinhos tintos precisam amadurecer dentro das garrafas, por isso é importante esse tipo de cuidado.

Como dito antes, a cor da garrafa também é uma forma de marketing. A verde é a mais conhecida atualmente, mas não é a única. Prova disso é que alguns vinhos alemãs são comercializados em garrafas marrons. Outro exemplo é que nos anos 1980 foram comercializados os "liebfraumilch", vinhos brancos alemães em garrafa azul bem chamativa.

Veja também:

No caso de vinhos brancos e rosés, o mais comum é que sejam oferecidos em garrafas transparentes para que o produto seja exibido, e como eles devem ser consumidos ainda jovens, não tem risco de ficarem expostos ao sol.

Tipo de garrafa

Normalmente cada região produtora possui sua garrafa especial. O formato da garrafa pode variar, por exemplo, de acordo com a região ou com o tipo de bebida. O que ilustra isso é que os vinhos italianos Barolo possuem uma regulamentação especial que define todos os detalhes do tamanho e forma da embalagem.

Já as garrafas de vinho da Alsácia são mais alongadas que as garrafas comuns de vinho. Alguns Chiantis italianos ainda são comercializados em garrafas bojudas e parcialmente revestidas com palha.

O motivo do "buraco" no fundo da garrafa

Não é um defeito de fabricação, esse “buraco” no fundo da garrafa tem um motivo. Saiba que no caso dos espumantes, o "buraco" é usado para aumentar a resistência da garrafa, dessa forma ela suportará melhor a pressão da bebida.

Já em bebidas que não são gaseificadas, a estrutura curva ajuda no transporte em longas distâncias, facilitando na hora de empilhá-las. Algumas pessoas acreditam que o calombo também ajuda na hora de servir a bebida, já que é possível apoiar o polegar na depressão segurando melhor a garrafa.

A rolha

Existe uma leve diferença entre a rolha de champanhe e a convencional. As garrafas de espumante pelo método champenoise, são uma pequena panela de pressão. Isso porque, para aguentarem sem explodir durante a fermentação, essas garrafas são feitas com um vidro mais grosso do que as garrafas de vinho convencionais.

O verdadeiro motivo para que a rolha tenha um formato de um cogumelo, é pela absorção do dióxido de carbono, ou seja, teoricamente, a rolha do espumante é cilíndrica como a de todos os outros vinhos, mas a pressão acaba moldando-a no pescoço da garrafa, dando a ela seu formato característico.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: