Topo

Informações importantes sobre os tipos de adoçantes disponíveis no mercado

1.00 / 5 - 1
Comente

Quem deseja manter a boa forma deve trocar o açúcar por algo mais natural ou até mesmo recorrer ao adoçante, passando assim a consumir uma quantidade menor de calorias.

O fato, porém, é que não basta escolher qualquer adoçante, é importante saber quais são os tipos disponíveis no mercado e entender o que cada um representa. Sabendo disso, portanto, decidimos listar a seguir algumas informações sobre os adoçantes mais comuns.

Tudo sobre os adoçantes

Tudo sobre os adoçantes

Frutose

O adoçante de frutose é aquele extraído de frutas e mel, ele costuma ser mais doce que o açúcar e também possui grandes quantidades de calorias, podendo contribuir com o aumento dos níveis de açúcar no sangue. Esse tipo de adoçante não é indicado para diabéticos e nem mesmo para quem faz dieta com restrição calórica.

Esteviosideo

O adoçante esteviosideo é extraído de uma planta nativa da América do Sul. Ele possui um sabor parecido com o do açúcar e não possui calorias, pelo que, o mais provável é que não altere os níveis de açúcar no sangue.

Sorbitol

O adoçante sorbitol é encontrado em algumas frutas, tais como ameixa e maçã. Esse adoçante possui valor calórico e não é recomendado para diabéticos. Esse costuma ser um tipo comumente usado em biscoitos, balas e chicletes.

Leia também:

Aspartame

O adoçante aspartame possui um grande poder adoçante, cerca de 200 vezes superior ao açúcar, ele não possui calorias e é permitido para diabéticos.

Sacarina

O adoçante sacarina foi criado em 1879 e é sintetizado a partir do ácido toluenossulfônico, derivado do petróleo. Esse adoçante costuma deixar o alimento com sabor residual amargoso e metálico, no enta, não possui contem caloria, podendo ser usado por diabéticos. Em todo caso, por possuir sódio ele é contraindicado para hipertensos.

Ciclamato de sódio

O adoçante ciclamato de sódio é proveniente do ácido ciclo hexano sulfâmico, derivado do petróleo. Ele não possui calorias e pode ser consumido por diabéticos, em todo caso, é contraindicado para hipertensos. Segundo informações, esse tipo de adoçante pode ser encontrado, por exemplo, em alguns refrigerantes zero.

Sucralose

O adoçante sucralose é extraído da cana de açúcar, sendo modificado para não ser absorvido pelo organismo humano. Ele possui um sabor parecido com do açúcar, não contem calorias, não causa cáries, não eleva a glicemia e pode ser consumido por diabéticos, hipertensos e gestantes.

A sucralose é vendida como o adoçante propriamente dito, mas também pode ser encontrado em alimentos de baixas calorias.

Acessulfame k

O adoçante acessulfame K não possui calorias, pois não é metabolizado pelo organismo, sendo eliminado inteiramente pela urina. Ele possui poder adoçante duzentas vezes maior que o do açúcar, e suporta altas temperaturas.

Vale ressaltar, porem é um tipo de adoçante que apresenta sabor residual amargoso, por essa razão é utilizado pela indústria em combinação com o aspartame ou ciclamato de sódio.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: