Topo

Backup de dados no celular: Saiba como guardar os seus dados

Comente

Você já parou para pensar a quantidade de dados que produzimos ao longo do dia? Há cerca de duas décadas atrás, quando os dispositivos eletrônicos começaram a fazer parte do dia a dia das pessoas, o espaço de armazenamento era muito pequeno. Por isso, as pessoas também não conseguiam manter muitos dados, fosse em um computador pessoal, uma câmera eletrônica, um tocador de músicas, etc. 

Hoje em dia os smartphones acabaram mudando completamente a forma como as pessoas lidam com este tipo de material digital. Afinal de contas, estamos o tempo todo fazendo fotos e vídeos, escrevendo mensagens, enviando e recebendo documentos, etc. Por conta de tudo isso, a quantidade de dados que produzimos é enorme. Mas, mesmo que a capacidade dos dispositivos tenham aumentado, ainda existem limitações. Sem contar que, quando as pessoas resolvem manter tudo gravado em um único lugar, existe o risco delas simplesmente perderem tudo caso o equipamento estrague sem qualquer tipo de recuperação. 

Por isso, uma palavra que sempre foi muito importante para quem trabalhava com computadores acabou se tornando parte do dia a dia de pessoas comuns também: backup.

Backup de dados no celular: Saiba como guardar os seus dados

Entenda melhor como funciona e como pode ser feito o backup de dados de smartphones.

Antes de mais nada, entenda o que é backup

Veja também:

O backup nada mais é do que a pratica de criar cópias de arquivos e dados, fazendo com que essa cópia seja salva em um ou mais dispositivos. Assim, as pessoas acabam não correndo mais o risco de ficar dependendo apenas de um eletrônico, ao mesmo tempo que também consegue liberar espaço, caso exista um problema relacionado a limitação. 

Quando falamos de backup de dados de telefones móveis, estamos falando tanto dos arquivos que os usuários possuem de forma local quanto aqueles com fotos e vídeos que são guardados no aparelho, como os apps que estão instalados ou até mesmo as configurações que são utilizadas pelos usuários em determinado dispositivo.

Como fazer o backup?

Hoje em dia praticamente todos as fabricantes de telefones contam com sistemas e aplicativos que oferecem a possibilidade de fazer backup de arquivos, configurações e afins. Geralmente as pessoas precisam fazer contas nestes serviços, que armazenam de forma automática, na nuvem, dentro de um determinado limite. 

Existem ainda outros aplicativos que funcionam de forma independente e que também permitem que os usuários não apenas façam o backup, mas também tenham mais poder de decisão em relação a quais arquivos serão gravados. Dentre os mais conhecidos e utilizados atualmente neste segmento estão Titanium e o Super Backup & Restore. Ambos possuem recursos avançados, que permitem recuperar até mesmo arquivos que estão escondidos no dispositivo. 

O próprio Google também conta com um serviço de armazenamento de dados, dentro do Google Drive. Neste caso, os usuários contam com uma determinada quantidade de espaço liberado que não precisa ser pago, e caso seja necessário os usuários podem fazer o backup dos dados em um plano pago, adquirindo mais espaço. 

Como recuperar os dados do backup?

Dá mesma forma que os aplicativos oferecem a possibilidade de gravar e copiar os dados para a nuvem, os mesmos também oferecem a capacidade de fazer a operação inversa, ou seja, baixar novamente tudo para o celular. Neste caso, os usuários devem seguir as orientações quem são dadas pelo próprio app. 

Existem ainda formas de fazer isso diretamente pelo sistema operacional do dispositivo móvel. Por exemplo, dentro do sistema operacional Android, que, por padrão, se utiliza dos serviços de armazenamento do Google, os usuários podem acessar o app de “Configurações” do telefone e buscar por “backup”. No painel de opções existe a possibilidade de configurar o funcionamento da ferramenta, determinar que tipo de dados deseja preservar e se suas cópias serão realizadas automaticamente e a que intervalos.

Como fugir dos planos pagos na nuvem

Para aqueles usuários que desejam fugir dos planos pagos, que se tornou padrão dos serviços de nuvem, existe sempre a alternativa de fazer o backup dos dados e dos arquivos para outros dispositivos offline. Estes mesmos aplicativos podem criar cópias e gravar em um computador, pendrive ou HD externos por exemplo. 

Nestes casos, os usuários deverão ter geralmente um cabo para a transmissão de dados. Existem smartphones mais modernos que oferecem a possibilidade de enviar os arquivos de uma outra forma, como bluetooth. 

Mas, nestes casos, é importante que os usuários lembrem que todo o procedimento terá que ser feito de forma manual. Ou seja, para cada cópia em dispositivo os usuários terão que fazer isso manualmente, de preferência com uma certa rotina, para que ele evite que os dados nos dispositivos fiquem desatualizados.  


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: