Topo

Melhore sua qualidade de vida com vinho. Confira os principais benefícios.

Comente

O vinho pode ser considerado como a bebida alcoólica mais famosa do mundo, e também uma das mais antiga. Há milhares de anos ele está presente na rotina alimentar das comunidades, sendo que até mesmo as crianças bebiam vinho há séculos atrás de uma forma mais rotineira. A bebida é tão importante para os humanos que cada cultura acaba falando do seu surgimento de uma forma diferente. 

Por exemplo, os cristãos acreditam que foi Noé quem plantou um vinhedo pela primeira vez, e com ele acabou produzindo a bebida que ganhou o mundo. Inclusive o vinho acabou se tornando um elemento importante dentro desta religião, aparecendo em momentos cruciais e sendo utilizado, até nos dias de hoje, em alguns dos rituais mais importantes. Já os gregos vão falar que a bebida é uma dádiva que veio diretamente dos deuses. 

Com tudo isso, acaba ficando um pouco complicado conseguir criar uma teoria certeira sobre o surgimento do vinho. Mas os historiadores e os pesquisadores possuem algumas certezas. Sabe-se, por exemplo, que o vinho surgiu antes mesmo da escrita. Muitos afirmam que a descoberta do vinho teria sido por um acaso, quando um punhado de uvas amassadas acabaram sofrendo o processo de fermentação. 

Veja também:

Outro fato que é confirmado está no processo de produção do vinho de uma forma geral. O cultivo da videira só foi possível depois que alguns nômades se estabeleceram, fixaram-se na terra e tornaram-se sedentários. Existem referências que indicam que a região da atual Geórgia (antiga república Soviética, localizada mais ou menos ao norte da Grécia) foi o local onde provavelmente se produziu vinho pela primeira vez. Existem descobertas de grainhas, sim grainhas, neste local que datam entre 8000 e 5000 a.c.

Hoje em dia o vinho segue sendo considerado como uma bebida muito importante para as pessoas, sendo encontrados nas mais variadas classificações e formas. E, além de ser uma bebida considerada como recreativa, já que leva os efeitos do álcool para o corpo, o vinho também pode ser considerado como algo importante e benéfico para a saúde. 

Cientistas e pesquisadores encontraram 8 benefícios que o vinho, quando consumido com moderação, traz para a vida das pessoas. Confira quais são:

Melhore sua qualidade de vida com vinho. Confira os principais benefícios.

Oferece uma camada extra de proteção ao coração

Diversos estudos afirmam que o vinho pode ser uma bebida muito interessante para manter a saúde do coração em dia. Ele oferece prevenção contra a aparição de algumas das doenças cardíacas mais comuns. Além disso, também acaba tendo uma atuação benéfica no controle da pressão arterial e do colesterol, que também são muito importante para que o coração siga funcionando como deve. 

Faz com que as pessoas engordem menos

Não vamos afirmar que o vinho pode ser uma solução mágica para as pessoas que querem perder peso, mas cientistas acreditam que a bebida pode ter uma ação interessante neste campo, especialmente para os que desejam ganhar menos peso. De acordo com uma pesquisa feita na Universidade do Estado de Washington, beber uma taça de vinho antes de dormir ajuda o corpo a controlar o peso, em função do resveratrol, presente na casca e na semente da uva tinta. 

Faz com que a pele se mantenha jovem

A bebida pode acabar sendo uma aliada interessante para a beleza. Uma pesquisa da Universidade de Exeter, na Inglaterra, afirmou que o vinho, bem como o chocolate amargo e o mirtilo, conta com propriedades que reduzem as chances do surgimento de rugas. O culpado por isso é um composto chamado de flavonoide, conhecido por seu efeito antioxidante e anti-inflamatório.

Aumenta a libido

Uma outra pesquisa feita pela Universidade de Florença, na Itália, afirma que o vinho pode acabar ativando o desejo sexual feminino. A pesquisa foi feita coletando os dados de 800 pessoas, que foram submetidas a um questionário respondendo questões ligadas ao consumo da bebida, rotina e saúde sexual. 

Controla a diabetes

Determinados tipos de vinho, quando consumidos em excesso, podem prejudicar a saúde de quem tem diabetes. Especialmente pelo açúcar encontrado nas uvas. Mas o vinho também pode ajudar na diminuição dos níveis de glicemia, fazendo com que o organismo melhore a secreção pancreática de insulina. 

Reduz dores articulares

Um outro estudo feito na Universidade de Wisconsin revelou que os polifenóis encontrados no vinho também oferecem uma capacidade analgésica para os pacientes, especialmente aqueles que possuem arbitre. Os efeitos analgésicos, ainda que em baixa quantidade, devem-se às características anti-inflamatórias da substância.

Ajuda na digestão

Essa é uma propriedade que as pessoas já sabem que o vinho tem há centenas de vinho, mas recentemente foi comprovada pela medicina. Quando o vinho ingerido junto aos alimentos, diminui-se muito o volume de radicais livres na circulação sanguínea durante a digestão, o que acaba ajudando a cortar algumas das gorduras que seriam processadas pelo organismo.  


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: