Topo

4 métodos para diminuir os escapes de urina

Comente

A grande maioria das pessoas associam ainda a incontinência urinária com a terceira idade. Apesar disto, os escapes são comuns para mulheres jovens e ativas, a partir dos 25 anos de idade, além das gestantes.

Algumas condições que são caracterizadas por dificuldade de segurar urina ou ainda pequenos vazamentos podem passar despercebidos por conta da correria do nosso dia a dia, mas esta situação merece atenção.

4 métodos para diminuir os escapes de urina

É importante entender o que é a incontinência urinária e o que a doença causa. Esta condição poderá ser dividida em quatro tipos.

Incontinência por esforço

Veja também:

Esta condição é assim chamada por conta de sua falta de força na região pélvica. Onde os músculos não controlam a bexiga, e o escape acaba ocorrendo sempre que houver uma movimentação brusca, entre elas dar risada, falar, tossir, caminhar, entre outras situações.

Incontinência de Urgência

Esta é uma condição que é causada por conta de uma bexiga hiperativa, condição onde o músculo da bexiga acaba se contraindo mesmo quando não estiver cheia. Nesta situação a pessoa sente uma vontade de urinar incontrolável, mas não consegue chegar á tempo no banheiro.

Incontinência mista

Esta acontece por conta da junção de incontinência por esforço e por urgência.

Transbordamento

Esta situação ocorre pela condição de bexiga cheia, mas a sensação de transbordamento é gerada por uma capacidade de a esvaziar totalmente ao urinar.

Por conta da estrutura corporal das mulheres, estas estão mais propensas a passar por este tipo de problema por situações distintas, entre elas a obesidade, a tosse crônica, gravidez, tumores, doenças que atingem a bexiga, etc.

Os escapes, mesmo sendo comuns poderão gerar constrangimento ou comprometer o seu dia. Para que não ocorram desconfortos uma boa dica é adquirir produtos desenvolvidos especialmente para mulheres que passam por este problema.

Além de adquirir e utilizar estes produtos, é fundamental adotar hábitos saudáveis para fortalecer a musculatura pélvica e prevenir a incontinência urinária.

Atividades mais indicadas para quem passa por esta situação

Existem algumas práticas que podem auxiliar neste sentido, as quatro mais indicadas são os exercícios de Kegel, onde você deve contar com auxílio de um fisioterapeuta, onde são praticadas contrações lentas. O pilates, que também deve ser indicado de forma direta para esta ocasião e situação. O Pompoarismo, além também da estimulação elétrica.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: