Topo

Ingredientes usados em receitas no passado e que hoje são vistos como vilões

Comente

Ouvir sobre a importância de manter uma boa alimentação para evitar problemas de saúde, se tornou algo absolutamente comum nos últimos anos, afinal, a cada dia uma nova descoberta acaba trazendo um olhar mais particular sobre as propriedades de cada alimento.

Com isso, no entanto, muitos alimentos que na época de nossos avós eram considerados essenciais no preparo de determinados pratos, hoje são apontados como grandes vilões de quem preza por uma boa saúde. Para ilustrar isso então, relembramos a seguir alguns dos casos que você provavelmente vai querer evitar em suas receitas. Veja!

Itens comuns que se tornaram vilões nas receitas

Banha de porco

Banha de porco

Muito usada no passado, especialmente nas áreas rurais das cidades brasileiras, a banha de porco acabou sendo incluída no grupo da gordura saturada animal, que vem sendo vista como vilã da boa saúde cardiovascular nas últimas décadas.

Devido a isso, a banha de porco acabou sendo riscada da lista de alimentos indicados para quem pretende manter uma dieta orientada à boa saúde. Mesmo com estudos recentes tendo apontado malefícios menores que os apontados inicialmente, talvez ainda não seja uma boa arriscar incluir o item de volta nas receitas, não é verdade?

Manteiga

Manteiga

Assim como a banha de porco, a manteiga também já foi apontada como uma das responsáveis pelo aumento no risco de problemas de saúde, incluindo infarto e colesterol alto.

Com isso o mercado alimentício passou a produzir a margarina, alimento feito com óleo vegetal hidrogenado que seria supostamente amiga do coração.

Após anos de estudos sobre os benefícios da margarina e malefícios da manteiga os pesquisadores chegaram à conclusão de que a manteiga pode não ser tão ruim quanto à margarina. Pelo sim ou pelo não, talvez o melhor seja evitar ambos os itens, não?

Leia também:

Açúcar

Açúcar

O açúcar é um dos ingredientes mais comumente encontrado nas cozinhas de todo país, mas o fato é que ele acabou se tornando um terrível vilão para essa nova geração que ingere muitos produtos industrializados e refrigerantes, que sabidamente são ricos em açúcar.

Embora o consumo em grandes quantidades possa ser prejudicial, no entanto, o açúcar também pode trazer benefícios, uma vez que é o meio mais fácil para o corpo absorver glicose, essencial ao bom funcionamento do cérebro.

Sal

Sal

Assim como o açúcar, o sal tem sofrido perseguição pelo fato de os produtos industrializados abusarem do ingrediente em suas respectivas composições. Isso se deve ao grande teor de conservação do sódio e ao fato dele realçar sabores.

Tudo isso, no entanto, acaba contribuindo para que uma pessoa menos atenta acabe ingerindo diariamente uma quantidade de sódio bem maior que a recomendada por profissionais, o que a médio prazo pode levar a sérios problemas de saúde.

Caldo em cubo

Caldo em cubo

Os famosos caldos de galinha, carne e legumes, vendidos em cubinhos estão sempre presentes em páginas de receitas ainda nos dias atuais. O fato, porém é que esses cubinhos possuem uma grande concentração de sódio, que já mencionado acima, pode trazer malefícios no futuro.

Para se ter uma ideia, apenas um cubo de caldo de picanha pode conter até cerca de 90% do sódio que uma pessoa pode ingerir por dia. Isso significa que qualquer descuido pode resultar em consumo excessivo de sódio no decorrer do dia.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: