Topo

Feijoada: algumas curiosidades e uma receita incrível!

Comente

A feijoada se tornou praticamente um patrimônio cultural do Brasil. A refeição é um dos principais atrativos para as pessoas que chegam de foram, já que o prato, mesmo tendo algumas variações internacionais, acaba basicamente sendo encontrado por aqui. 

De uma forma geral, existem alguns especialistas em culinária que classificam a feijoada como uma sopa. Trata-se de uma forma de preparo do feijão preto, um dos alimentos mais consumidos no Brasil, com uma série de carnes e também com alguns acompanhamentos que se tornaram clássicos, como a farofa, a couve e a laranja. 

Feijoada: algumas curiosidades e uma receita incrível!

Confira algumas curiosidades sobre a feijoada:

Criação brasileira?

Veja também:

Mesmo tendo se tornado um prato típico do Brasil, ainda existe uma certa discussão sobre se a feijoada realmente foi uma criação que pode ser considerada como genuinamente brasileira. Alguns historiadores afirmam, por exemplo, que a mistura de legumes, verduras e carnes é conhecida desde a época do Império Romano. 

Participação dos bandeirantes

Os bandeirantes acabaram tendo uma participação importante e crucial na criação da feijoada como prato. Isso aconteceu basicamente porque foram eles que ensinaram as técnicas que permitiam salgar as carnes, para que elas durassem em ambientes que não fossem refrigerados. 

Coisa de mulher

Não estamos falando do preparo e nem de nenhuma premissa machista que afirma que as mulheres precisam estar na cozinha. É que, no começo dos anos 1900, a tarefa de colher os feijões basicamente era feita pelas mulheres nas famílias que trabalhavam no campo. Isso muito antes dos processos de mecanização e industrialização existirem. 

Feijão branco

A feijoada também é um prato que pode ser encontrado em Portugal, que durante muito tempo dividiu elementos culturais e gastronômicos com o Brasil. No país europeu, o prato geralmente é chamado de Feijoada Transmontana e conta com uma diferença crucial quando comparada com o prato brasileiro: ela é feita com feijão branco. 

Como preparar

Ingredientes: 

  •     500g de feijão preto
  •     500g de carne-seca
  •     100g de bacon
  •     250g de carne vermelha (de boi)
  •     200g de rabo
  •     150g de orelha
  •     200g de pé
  •     400g de costelinha
  •     2 linguiças calabresa ou paio
  •     2 tomates sem pele e picados
  •     1 xícara de extrato de tomate
  •     2 cebolas picadas
  •     2 dentes de alho triturado
  •     1 ramo de cebolinha picado
  •     1 ramo de salsinha cachaça
  •     4 folhas de louro
  •     3 laranjas sem casca e corta em gomos grandes
  •     1 dose generosa de pinga
  •     Pimenta e sal a gosto

Modo de preparo:

Ao menos 12 horas antes de iniciar o cozimento, deixe de molho as carnes salgadas e coloque-as na geladeira. Também coloque de molho o feijão.

Troque a água de ambos ao menos quatro vezes nesse período.

Em uma panela grande e alta, coloque um pouco de óleo, o bacon, a cebola e o alho e deixe fritando. Enquanto isso, retire as carnes da água e dê uma última lavada. Coloque-as na panela com a cebola e o bacon e jogue a cachaça.

Em seguida, escorra a água do feijão, lave-o e também despeje-o na panela. Quando iniciar a fervura, despeje o tomate e o extrato, e coloque os temperos.

Mexa e, com uma colher grande, afunde os gomos da laranja. Regule o sal e a pimenta, abaixe o fogo e deixe cozinhar, repondo a água assim que necessário.

Ao perceber que as carnes estão amolecendo, retire-as e reserve. Quanto o feijão estiver cozido e todas as carnes já prontas, misture tudo e tampe a panela deixando descansar por uns 10 minutos antes de levar à mesa.

Sirva com arroz e acompanhamentos de sua preferência, tais como couve, toucinho frito ou farofa.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: