Topo

Economizando com criatividade: confira casos de economia surreais dentro de empresas

Comente

Economizar dinheiro não é uma tarefa nada fácil, mas é algo muito importante tanto nas famílias quanto também dentro das empresas. No segmento dos negócios, fazer com que sobre mais dinheiro no final do mês é fundamental para que um negócio seja considerável lucrativo e saudável. Existem setores inteiros dentro das companhias apenas destinado a fazer com que sobre mais dinheiro. 

Como estes setores foram se desenvolvendo bastante ao longo da história, foram criadas metodologias e estratégias que acabaram sendo consideradas como a base de áreas como administração e gestão. Mas nem sempre elas funcionam, e com isso muitos funcionários acabam tendo algumas ideias que podem ser consideradas como fora da caixa para que a companhia tenha mais dinheiro em caixa. 

Existem grandes movimentos que podem ser feitos para economizar dentro das empresas, como grandes planos de demissão ou ainda o fechamento de determinadas unidades, ou ainda a venda de ativos ou passivos. Mas também existem aquelas ideias tão diferentes para economizar que podem até mesmo dar certo. 

Conheça cinco casos nos quais as empresas conseguiram economizar dinheiro com medidas muito diferentes do que pode ser considerado como comum e normal:

Tirando azeitona dos pratos dos clientes

Veja também:

Quanto custa uma azeitona? Essa é uma pergunta que pode acabar tendo diferentes respostas, pois depende muito, da qualidade, da quantidade, etc. Mas em determinados tipos de negócios as azeitonas realmente podem acabar significando uma economia de dinheiro, e um caso destes se tornou muito famoso. 

A American Airlines, considerada como uma das maiores companhias aéreas do mundo, tornou famoso um caso que aconteceu entro da companhia. Nos anos 80, a empresa estava passando por momentos difíceis em relação ao dinheiro e decidiu tomar algumas medidas para economizar. Foi decidido que seria retirado uma única azeitona das saladas que eram servidas a bordo. O corte acabou resultando em uma economia estimada entre US$ 40 mil e US$ 500 mil (cerca de R$ 88 mil e R$ 1,1 milhão, respectivamente) por ano. Nada mal para um corte simples.

Mandando seus funcionários para casa

Não estamos falando de um plano de demissão, o que realmente acaba sendo visto como uma saída para muitas companhias que desejam gastar menos. Em alguns casos, tudo o que a companhia precisa é apenas dar uma pausa nas suas atividades. Foi o que aconteceu com a Cisco, empresa considerada uma das maiores da indústria das telecomunicações. 

De acordo com as informações que foram divulgadas pela companhia, ela decidiu dar uma folga de quatro dias para os seus funcionários, entre os dias 29 de dezembro e 2 de janeiro. Segundo as estimativas que foram feitas no balanço financeiro da empresa, a ação ajudou em uma economia de nada menos do que US$ 1 bilhão. E os funcionários ainda curtiram o final de ano nas suas casas. 

Menos queijo no sanduiche

Até a gigante McDonald’s já decidiu tomar algumas inciativas que podem ser consideradas simples e que resultaram em uma grande economia de dinheiro. No ano de 2008, a companhia mexeu na receita original de um dos seus sanduiches mais famosos ao redor do mundo, o Double Cheeseburger. Ele passou a ter apenas uma fatia de queijo, ao invés de duas. Com isso, o lanche também mudou de nome, passando a se chamar The McDouble. Essa pequena troca resultou em uma economia de 6 centavos de dólar por sanduiche, resultando em uma economia de aproximadamente US$ 15 mil em cada restaurante. 

Dobrando menos para a esquerda

Uma companhia chamada UPS, que é considerada uma gigante do transporte de encomendas e que conta com uma frota de mais de 96 mil veículos, decidiu que tinha que tomar medidas para economizar no gasto de combustível, que realmente se torna muito pesado para um negócio destes. Para isso, ela fez um estudo e obteve uma informação interessante: os gastos de combustível eram maiores quando os motoristas dobravam à esquerda. 

Por isso, a companhia instituiu uma política de que os funcionários responsáveis pelas entregas deveriam tomar caminhos para reduzir as entradas a esquerda. E isso realmente trouxe um resultado interessante, com uma economia de quase 38 milhões de litros de combustível por ano. 

Revista mais leve

Economizando com criatividade: confira casos de economia surreais dentro de empresas

Uma outra medida diferente que trouxe economia para uma companhia aérea foi tomada pela Ryanair, cujo foco realmente é oferecer voos de baixo custo. Eles reduziram os tamanhos e os pesos das revistas que eram oferecidas para os passageiros dentro dos aviões. De acordo com uma estimativa feita, a empresa economizou cerca de US$ 650 mil (aproximadamente R$ 1,4 milhão) com a medida. Mas a empresa tomou uma outra medida polêmica: incentivou as aeromoças a perder peso para reduzir o peso. 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: