Topo

Dicas para economizar na compra de medicamentos

Comente

Gastos com medicamentos e itens relacionados a saúde, de um modo geral, costumam ser parte de um orçamento fixo na vida de muitas pessoas. Afinal de contas, na grande maioria dos casos, que começa a consumir determinados tipos de medicamentos acabam tendo que manter uma rotina por muito tempo, ou então pela sua vida inteira. Por isso que este acaba sendo um gasto que realmente pesa no bolso dos brasileiros, mesmo com a possibilidade de obtenção de determinados medicamentos através do Sistema Único de Saúde. 

E este impacto está ficando ainda mais pesado na vida dos brasileiros a partir do mês de abril. A partir do dia 1º os remédios estão ficando maios caros, já que entra em vigor nesta data a autorização de reajuste pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), vinculada à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A previsão é de que esse aumento realmente fique acima dos dois dígitos em uma série de medicamentos. 

Ao mesmo tempo que este gasto realmente seja importante, hoje em dia existem diversas opções que podem ajudar os consumidores no dia a dia. A grande concorrência entre as farmácias tende a ser benéfica para os clientes, já que existe a chance de conseguir preços mais baratos.

Veja também:

Dados da 5ª Edição da Pesquisa Sobre o Comportamento do Consumidor em Farmácias no Brasil, realizada pelo Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Corporativa (IFEPEC), em parceria com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), revelou que os consumidores estão cada vez mais atentos para economizar na hora de comprar remédios. 

Um outro dado interessante que foi divulgado nesta mesma pesquisa está relacionado a quantidade de itens relacionados aos medicamentos que estão sendo adquiridos pelos consumidores. A quantidade média de produtos na cesta dos consumidores caiu de 3 para 2,6, e o ticket médio, que é a quantidade média que cada consumidor acaba gastando em uma visita na farmácia, caiu de R$ 55,02 para R$ 43,71. 

Dicas para economizar na compra de medicamentos

Confira algumas dicas para conseguir gastar menos na compra de medicamentos:

Pesquise muito bem os preços

Existem muitas farmácias disponíveis na grande maioria das cidades brasileiras, tanto a quelas que pertencem a grandes redes quanto aquelas que ainda resistem e conseguem atuar de uma forma mais independente. Diante deste cenário, é realmente importante que as pessoas dediquem um tempo para fazer uma boa pesquisa de preços, especialmente naqueles medicamentos mais caros ou então que vão exigir um uso contínuo por muito tempo. 

Hoje em dia as farmácias estão preparadas para atender os clientes das mais variadas formas possíveis. Muitas fornecem as tabelas de preços por aplicativos próprios ou ainda pelo whatsapp, o que ajuda a pesquisar em diversos locais sem sair de casa. Além disso, também existem farmácias que vendem pela internet. Mas, nestes casos, os clientes só devem ficar atento nas situações nas quais as pessoas precisam apresentar alguma receita. 

Utilize os programas de fidelidade

Outra ação que acabou se tornando muito comum neste segmento de farmácia é fidelização. Existem basicamente dois tipos de programas deste tipo. Uma delas é diretamente com a farmácia, que oferece descontos mediante as compras e ainda programas no qual os consumidores acumulam pontos e podem trocar por outros produtos.

Outro tipo de programa de fidelidade muito comum que pode ser encontrado no mercado nos dias de hoje é o direto com os laboratórios.  Neste caso os clientes devem fazer um cadastro diretamente com os produtores dos medicamentos e seguir as regras, que mudam de empresa para empresa. Geralmente estes programas são direcionados justamente para aqueles medicamentos que possuem uma utilização mais extensa em termos de tempo. 

Pesquise por subsídios do governo

Uma outra possibilidade para economizar na compra de medicamentos é pesquisar por possíveis subsídios e benefícios que são oferecidos pelo governo para a compra de determinados medicamentos. Um dos mais conhecidos é o chamado de Farmácia Popular, que podem ser encontradas em determinadas redes e que permitem que as pessoas tenham acesso a medicamentos gratuitos ou com preços mais baixos. Será preciso se cadastrar diretamente na farmácia e ainda ter receitas emitidas por médicos que pertençam ao Sistema Único de Saúde.

Opte sempre pelos genéricos

Mesmo que os medicamentos genéricos já estejam entre nós há décadas, muitas pessoas ainda não conseguem confiar completamente nestes remédios. E isso acaba sendo basicamente fruto de todo o trabalho de marketing que as empresas farmacêuticas fazem para que as pessoas continuem comprando remédios apenas de determinadas marcas. 

Mas este é um obstáculo que deve ser superado, já que os remédios genéricos não são apenas comprovadamente seguros, mas também tão eficientes quanto aqueles de determinadas marcas. Mas, sempre que surgir alguma dúvida, converse com o seu médico ou com o seu farmacêutico de confiança. 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: