Topo

Gosta de filmes com viagem no tempo? Veja 9 opções incríveis pra você assistir

Comente

Os filmes sobre viagem no tempo estão entre os mais procurados por fãs de obras de ficção científica, e não por acaso. Quando bem desenvolvido, o tema costuma render excelentes produções, capazes de intrigar não só pelo contexto futurista, mas também pelos efeitos visuais e complexidade, dois elementos bem comuns em obras do gênero.

E o melhor de tudo para os fãs, é que a vertente acabou ganhando muita força nas últimas décadas, o que elevou o número de boas opções para aqueles que gostam de assistir filmes sobre o assunto. Diante da abundância de opções, portanto, resolvemos preparar uma lista de alternativas que merecem ser consideradas por qualquer fã de filmes sci-fi. Confira!

Filmes sobre viagem no tempo

O Planeta dos Macacos

O Planeta dos Macacos

Considerado um dos clássicos da ficção científica no cinema, o filme “O Planeta dos Macacos”, de 1968 é um dos que abordam viagem no tempo de maneira surpreendente, especialmente para a época. A obra é recheada de surpresas em uma trama cheia de curvas, capaz de trazer revelações incríveis até nas últimas cenas.

A produção foi inspirada em um romance do francês Pierre Boullee e foi aclamada pelo público e pela crítica. Graças ao sucesso obtido, ganhou diversas sequências, tornando-se uma das grandes franquias da cultura pop. A saga conta com sete filmes lançados, seriados de TV e histórias em quadrinhos. Vale a pena conferir.

O Exterminador do Futuro

O Exterminador do Futuro

E já que estamos falando em clássico, temos aqui outro grande nome do gênero, só que esse é mais recente e também com uma franquia mais curta, ao menos por enquanto.

Por mais que o melhor filme da saga tenha sido “O Exterminador do Futuro 2”, o primeiro filme lançado em 1984 é ainda o ponto de partida que não deve ser ignorado por nenhum cinéfilo que se preza.

A obra foi uma das grandes responsáveis pela ascensão de Arnold Schwarzenegger no cinema de ação em Hollywood. Ele interpreta um robô exterminador que é enviado do futuro para matar Sarah Connor, que seria a mãe de John Connor, o inteligente líder da resistência humana na guerra contra as máquinas anos mais tarde.

De Volta Para o Futuro

De Volta Para o Futuro

E pra não deixar a peteca cair, temos aqui mais um grande clássico da ficção científica que aborda a temática viagem no tempo. O longa lançado em 1985, adicionou uma nova faceta às produções do gênero, mesclando aventura e drama para criar uma história cativante e extremamente intrigante para a época.

A obra foi dirigida por Robert Zemeckis, que também escreveu o roteiro em parceria com Bob Gale. Os papéis principais ficaram por conta de Michael J. Fox e Christopher Lloyd, que viveram Marty McFly e o doutor Emmett Brown, respectivamente.

A história mostra um carro DeLorean DMC-12 que se transforma em uma máquina do tempo, onde os personagens viajam 30 anos no passado. Nessa aventura eles precisam calcular muito bem as suas ações, já que qualquer atitude equivocada no passado pode causar mudanças drásticas no presente ao qual pertencem.

Feitiço do Tempo

Feitiço do Tempo

Com boa pitada de humor e uma história consideravelmente intrigante, temos aqui outro clássico do cinema, este lançado em 1993. A obra conta com roteiro e direção de Harold Ramis e atuações de Bill Murray, Andie MacDowell e Chris Elliot.

O roteiro em si não aborda exatamente a viagem do tempo, mas sim uma espécie de prisão temporal. Parece complexo, mas a ideia em si se desenvolve de forma bastante simples.

Ela mostra um repórter chamado Phil Connors, que ao ser enviado para cobrir um evento em uma pequena cidade acaba ficando preso em um único dia, razão pela qual ele precisa enfrentar os mesmos eventos do dia anterior por sucessivas vezes ao acordar.

Apesar de o filme não ter qualquer pretensão de explicar o ocorrido e nem de ser um filme de ficção científica, é interessante a forma como ele aborda o processo de autoconhecimento do personagem, explorando as diversas possibilidades e imprevisibilidades às quais a vida pode estar sujeita em um único dia.

Os Doze Macacos

Os Doze Macacos

Aqui temos um filme estrelado por nomes como Bruce Willis, Madeleine Stowe e Brad Pitt, que entrega uma história bastante inteligente sobre viagem no tempo, sendo não por acaso, uma das melhores obras do gênero e consequentemente das mais recomendadas dessa lista.

O roteiro acompanha a trajetória de James Cole, um prisioneiro que vive em um futuro onde um vírus mortal dizimou grande parte da humanidade. Ele é escolhido para voltar ao passado a fim de colher informações a respeito do referido vírus antes que o mesmo se espalhe pelo mundo.

Como era de se esperar, ninguém no passado acredita que ele seja um viajante do tempo, pelo que ele acaba internado em um hospício, onde conhece a psiquiatra Kathryn Railly e Jeffrey Goines. Com o passar do tempo a relação entre sujeito do futuro e pessoas do presente acaba gerando uma série de acontecimentos decisivos na vida dos personagens.

Donnie Darko

Donnie Darko

Aqui temos um filme considerado cult e que pode ter múltiplas interpretações, tamanho grau de complexidade da história. Ele mostra a vida de um típico adolescente perturbado de classe média que escapa da morte por ter ouvido a voz de um coelho do tamanho de um homem adulto.

O detalhe é que esse coelho segue aparecendo para o jovem, levando-o a tomar atitudes extremamente inusitadas e que por vezes parecem lhe fugir ao controle.

Leia também:

Crimes Temporais

Crimes Temporais

Diferente da maioria dos filmes do gênero, esse filme espanhol aborda uma ideia em que o salto temporal é mínimo. Em outras palavras, em vez de mostrar uma viagem de vários anos no passado ou no futuro, o filme se propõe a abordar uma volta de apenas uma hora no tempo.

A história gira em torno da vida de um homem perseguido por indivíduo que traz faixas enroladas na cabeça. Diante da situação, ele acaba sendo ajudado por um cientista que o esconde em uma escotilha, só que ele logo descobre ter voltado uma hora no tempo, o que rende muitos desdobramentos.

Com uma pegada consideravelmente sinistra, o filme traz pitadas de suspense para a ficção científica, instigando o espectador na medida em que se aproxima de seu final.

Efeito Borboleta (2004) | Eric Bress, J. Mackye Gruber

Efeito Borboleta (2004) | Eric Bress, J. Mackye Gruber

Aqui temos aquele que talvez seja um dos filmes mais famosos do gênero. Estrelado por Ashton Kutcher, o filme mostra a história de um jovem que enfrentou problemas de memória na infância. Depois de grande ele acaba se descobrindo com a capacidade de viajar no tempo por meio dos buracos em suas lembranças.

Sabendo disso, ele decide usar sua habilidade para ficar com a garota dos seus sonhos, no entanto, isso pode lhe trazer sérias consequências, já que toda vez em que o poder é utilizado, algo ruim acontece a alguém que ele ama.

Isso cria um ciclo vicioso onde ele precisa voltar constantemente no tempo para salvar alguém de quem gosta, sempre tentando consertar o que deu errado na vez anterior.

Primer

Primer

Aqui temos a obra que mescla filosofia e ficção científica em uma história bem intrigante, mas o detalhe é que foi feito com um orçamento extremamente limitado – estima-se que tenha custado cerca de US$ 7 mil para ser realizado – o que torna o resultado ainda mais incrível.

Ele aborda uma descoberta acidental de uma maneira de viajar no tempo, se destacando pela abordagem escolhida para os temas científicos densos apresentados. Até certo ponto, o roteiro segue um caminho leve e consideravelmente realista, tornando-se assim uma das grandes obras de ficção científica dos últimos tempos.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: