Topo

Relembre atores e atrizes que estavam no ar com novelas quando morreram

Comente

Quando uma novela vai ao ar, a maioria dos telespectadores que acompanham a trama acaba por criar laços com cada personagem, só que por vezes esse laço é rompido de foma brusca devido a morte repentina do ator.

No mês passado, por exemplo, a morte do ator Umberto Magnani, que estava atuando na novela “O Velho Chico” deixou muita gente triste a chocada. E infelizmente, esse não foi o único caso do tipo em meio à teledramaturgia.

Além desse e de outros casos mais recentes, dos quais a maioria dos fãs de novelas devem se lembrar, ao longo da história, muitas obras que ainda estavam no ar na telinha, sofreram com a perda de atores e atrizes. A seguir você relembra alguns casos.

Artistas que morreram com novelas em andamento

Artistas que morreram com novelas em andamento

Amilton Fernandes

Quando o ator Amilton Fernandes faleceu ele estava atuando na novela “Sangue e Areia”. A causa da morte foi um acidente de automóvel, em 29/01/1968. O ator ficou hospitalizado por 69 dias, passou por seis cirurgias e veio a óbito em 07/04/1968.

Celso Marques

O ator Celso Marques também morreu vítima de um acidente automobilístico em 16/09/1968, ele atuava na novela “A Gata de Vison”.

Noel Marcos

O ator Noel Marcos, filho do casal de atores Dionísio Azevedo e Flora Geny, morreu no dia 01/11/1969. O ator estrelava sua primeira novela, “Seu Único Pecado” dirigida pelo pai, foi vítima de um atropelamento durante um passeio de bicicleta no bairro do Sumaré, em São Paulo, onde residia.

Glauce Rocha

A atriz Glauce Rocha, era uma das protagonistas da novela “Hospital”, quando faleceu vítima de uma parada cardíaca em 12/10/1971. A atriz precisava atuar em mais cinco capítulos para concluir as gravações de sua personagem, Helena.

Leia também:

Sérgio Cardoso

O ator Sérgio Cardoso faleceu vítima de um ataque cardíaco, aos 47 anos de idade, em 18/08/1972, faltando apenas 28 capítulos para o fim da trama “O Primeiro Amor”. O ator foi substituído por Leonardo Villar. A cena da substituição do personagem foi realizada com todo o elenco reunido no estúdio.

O ator Sérgio Cardoso aparecia saindo por uma porta em sua última aparição na novela. Com a cena congelada no vídeo, o ator Paulo José leu um texto onde explicava o que aconteceu e relembrava a trajetória do ator. Depois, batia-se à porta e, a cena recomeçava com a entrada de Leonardo Villar, sendo recebido pelo elenco.

Otelo Zeloni

A última atuação do ator Otelo Zeloni foi na trama “O Conde Zebra”, mas a trama foi interrompida com seu falecimento. No dia 28/12/1973, a trama foi retirada do ar devido ao estado de saúde do ator, que interpretava o protagonista.

Foi um tumor cerebral, que levou a vida do ator, e os primeiros sintomas do tumor se manifestou trinta dias antes. Ele faleceu na manhã seguinte (ao dia da paralisação da trama), em 29/12/1973.

Paulo Padilha

Em 1976, o ato Paulo Padilha cometeu suicídio pouco tempo depois de atuar na novela “Xeque-Mate”.

Oscar Felipe

O ator Oscar Felipe morreu em 1980, enquanto atuava na novela “A Deusa Vencida” , o ator foi substituído por Felipe Levy.

Osmar de Matos

O ator Osmar de Matos estava escalado para atuar em “As Três Marias”, ele iria interpretar o personagem Cleber. Infelizmente foi vítima de um acidente automobilístico numa rodovia em São Paulo, em outubro de 1980, antes da estreia da trama. O ator gravou apenas os primeiros capítulos. Seu personagem deixou de existir com seu falecimento.

Rafael de Carvalho

O ator Rafael de Carvalho morreu em 03/05/1981, enquanto atuava na trama “Rosa Baiana”. O autor, Lauro César Muniz, optou por não matar o personagem nem substituir o ator. A solução foi fazer com que o personagem Edmundo Lua Nova abandonasse sua família, deixando a trama.

Márcia de Windsor

A atriz Márcia de Windsor morreu em agosto de 1982, quando a novela “Ninho da Serpente” estava na última semana de exibição. Faltava gravar as últimas cenas de sua personagem.

Ricardo Zambelli

O ator Ricardo Zambelli, morreu vítima de um acidente de moto durante o Carnaval de 1985, poucos dias após a estreia da novela “Um Sonho a Mais“, na qual interpretava o personagem Felipe, que por sua vez, deixou de existir após a morte do ator.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: