Topo

4 coisas que você precisa saber sobre "A Gata Comeu", nova novela no canal Viva

Comente

Uma das novelas mais queridas pelo público fã de produções oitentistas, acabou de estrear no canal Viva. Estamos falando de “A Gata Comeu”, que teve o primeiro capítulo exibido na emissora na última segunda-feira, dia 14 de outubro.

A obra foi grande sucesso em 1985 em sua estreia na rede Globo e também se saiu bem nas reprises, nos anos 1989 e 2001. E se você não lembra dessa trama ou deseja conhecê-la melhor, confira a seguir alguns detalhes importantes sobre a trama.

Detalhes sobre “A Gata Comeu”

Detalhes sobre "A Gata Comeu"

Remake

A novela “A Gata Comeu” foi escrita por Ivani Ribeiro, sendo um remake da trama “A Barba Azul”, que foi exibida na TV Tupi entre 1974 e 1975, a trama tinha como estrela o casal formado por Jô Penteado, interpretada pela atriz Eva Wilma, e Professor Fábio, interpretado pelo ator Carlos Zara.

O remake da Globo conta quase a mesma história, mas a trama passou por ajustes e modernizações. No remake foi a atriz Christiane Torloni que interpretou a engraçada Jô, mulher briguenta, caprichosa, mimada e sonâmbula, que luta pelo amor de Fábio, interpretado pelo ator Nuno Leal Maia, um homem de temperamento oposto, sendo sério, certinho e metódico.

Nome da trama

Na novela da Tupi, a personagem Jô Penteado tinha o apelido de “Barba Azul”, o que justificava o nome da trama. Já na Globo, as chamadas da estreia da nova novela deixavam o público curioso: o que será afinal que a gata comeu?

A referência do nome da trama, no entanto, está na música de Caetano Veloso, gravada pelo grupo Magazine (de Kid Vinil) para a abertura: “Ela comeu meu coração, trincou, mordeu, mastigou, engoliu, comeu…”.

Leia também:

Amor e ódio

O romance entre Jô e Fábio era de amor e ódio, o que eventualmente rendia agressão entre eles. O lema de Fábio era “bateu, levou!”, de modo que um revidava o tapa do outro. Em tempos de conscientização contra a violência em um âmbito geral, a manutenção desse plot pode não ser muito bem vista, apesar de se tratar de uma trama inocente e de apelo quase que infantil.

Personagens diferentes

Além da trama contar a história de amor de Jô e Fábio, “A Gata Comeu” também possui outros casais, como por exemplo Tetê e Gugu, interpretados por Marilu Bueno e Claudio Corrêa e Castro, que brigavam como crianças – sem contar que, estando grávida, obrigava seu marido a atender seus desejos mais loucos.

Há também o malandro Oscar, interpretado pelo ator Luiz Carlos Arutin, um homem sustentado pela mulher, Ceição, interpretada por Dirce Migliaccio. Ele se fazia de doente para não trabalhar e ficava dando em cima das mulheres na praia.

Além desse, tem também o Zé Mário, interpretado pelo ator Élcio Romar, que fingia ser cego para poder se aproximar de Babi, interpretada pela atriz Mayara Magri, que lia para ele. Isso sem contar o garçom Vitório interpretado por Laerte Morrone e a esnobe Gláucia, interpretada pela Bia Seidl, sendo ela a irmã invejosa de Jô.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: