Topo

Novidades tecnológicas que são 'sonho de consumo' mas ainda não chegaram ao Brasil

Comente

Assim como a maioria dos países do mundo, o Brasil possui um grupo muito grande de fãs de tecnologia. O problema, porém, é que muitas vezes por aqui os consumidores são obrigados a esperar um período de tempo maior antes de experimentar as novidades.

Isso acontece porque os itens geralmente são fabricados em outros países e demoram um pouco mais para serem lançados no mercado brasileiro. Infelizmente, ao que tudo indica essa triste sina pode continuar ainda por um longo período.

Agora, se pra você o que importa mesmo é conseguir aproveitar os últimos lançamentos independentemente da espera, provavelmente gostará de conhecer algumas novidades que já surgiram no mercado e que podem ser disponibilizadas em um futuro próximo no país. Confira!

Novas tecnologias que ainda não chegaram ao Brasil

Google Fiber

Google Fiber

O Google, que agora é parte de algo maior chamado Alphabet, tem investido ferozmente em novas tecnologias ao longo dos últimos anos. Uma das novidades da gigante que ainda não deu as caras por aqui, por exemplo, é o Google Fiber, que uma conexão de alta velocidade.

O serviço promete alcançar 1 Gb por segundo, o que para nós brasileiros seria algo inimaginável considerando a velocidade atualmente oferecida pelas operadoras brasileiras. Para se ter uma ideia, com toda essa banda à disposição os usuários serão capazes de baixar filmes de alta qualidade em pouquíssimos segundos, fazendo praticamente tudo na nuvem.

Apesar de promissora, a tecnologia atualmente ainda está dando seus primeiros passos nos Estados Unidos, estando disponível por enquanto apenas em algumas cidades. Ainda não dá pra prever quando algo do tipo poderá chegar ao Brasil.

Leia também:

Automação doméstica e IoT

Nest

E uma outra novidade que já deu as caras nos Estados Unidos e promete ganhar o mundo no futuro, está diretamente relacionada à ideia de Tecnologia das Coisas (IoT – Internet of Things). Nesse caso trata-se de uma lista de itens inteligentes que inclui eletrodomésticos, trancas de porta, janelas, luzes e praticamente todos o resto que pode ser visto em uma casa.

O maior nome nessa nova onda tecnológica é o da Nest, uma empresa adquirida pelo Google. Atualmente ela comercializa seus produtos para os Estados Unidos, Canadá, e alguns países da Europa.

Também não dá pra dizer ao certo quando esse tipo de novidade dará as caras no mercado brasileiro, então, por enquanto você ainda não poderá administrar a casa pelo celular.

Aparelhos de realidade virtual

Aparelhos de realidade virtual

Aqui temos a tecnologia que talvez já não demore tanto para chegar no Brasil. Amparada pelo anseio de revolucionar a experiência no consumo de entretenimento audiovisual, a indústria tecnológica tem apostado cada vez mais nos dispositivos de realidade virtual.

Apesar disso, sabe-se até o momento que projetos como HoloLens, da Microsoft, e o Morpheus, da Sony, ainda não deram as caras sequer no mercado americano. Em todo caso, o Oculus Rift, que é um dos mais famosos produtos da categoria, já deverá chegar às prateleiras no próximo ano.

Considerando a visão de Mark Zuckerberg, que adquiriu recentemente a empresa responsável pelo projeto, é de se esperar que o produto não demore muito para ganhar o mundo.

SSDs com vários terabytes

SSDs

Os chamados “Discos de Estado Sólido” (SSD’s), se tornarão em breve ainda mais interessantes do que já são. Conhecidos por serem capazes de entregar maior velocidade em qualquer computador, eles estão crescendo em espaço.

Atualmente já existem empresas criando SSD’s com capacidade de mais de 1TB, sendo esse, por exemplo, o caso da Samsung, que está entre as pioneiras do ramo. Recentemente a marca apresentou uma nova tecnologia batizada de NAND, que em tese poderia criar SSD’s de até 16 TB.

Tudo ainda é muito novo nesse sentido, então, não se empolgue tanto. Até a novidade dar as caras por aqui e os preços ficarem minimamente razoáveis, talvez seja necessário esperar ainda alguns bons anos.

Tesla Powerwall

Tesla Powerwall

E aqui temos a novidade que dificilmente será vista por aqui ainda nessa década. A Tesla, fabricante de carros elétricos, criou uma espécie de bateria solar capaz de fornecer energia renovável e limpa às residências. Trata-se da Powerwall, que funciona junto de painéis solares.

Além de potente, a bateria possui um belo design e inclusive já entrou em fase de pré-venda. Infelizmente, a princípio a instalação do produto demandará mão de obra qualificada e suporte, além de uma infraestrutura de painéis solares. É justamente devido a isso que provavelmente a novidade ficará restrita por um bom tempo aos países de primeiro mundo.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: