Topo

Resident Evil: Veja lista com todos os jogos, do pior ao melhor

Comente

Resident Evil está prestes a ganhar mais um jogo, que desta vez vai se chamar “Village”. Com isso, mais um capítulo daquela que se tornou a franquia mais famosa do mundo dos jogos de horror chegará aos gamers de geração atual. E, mesmo diante de altos e baixos e com muitas mudanças acontecendo ao longo do lançamento dos jogos, RE segue como uma franquia poderosa com jogadores fieis. 

O primeiro lançamento da franquia aconteceu no ano de 1996. Resident Evil teria sido diretamente inspirado em um jogo japonês que foi lançado originalmente no ano de 1989 e que era chamado de Sweet Home. Uma das principais novidades que o jogo trazia era a sua movimentação em cenários 3D com câmeras fixas, sempre colocadas estrategicamente para aumentar a tensão. 

Além disso, o jogo se passava inteiramente dentro de uma grande mansão, com alguns “passeios” em instalações próximas, como esgotos e laboratórios secretos. Personagens como Chis Redfield, Jill Valentine, Barry Burton, Rebecca Chambers e Albert Wesker já estavam presentes no primeiro episódio do game, e continuaram sendo muito importantes no decorrer da franquia.  

Veja também:

Mas, assim como geralmente acontece com franquias de games e cinema, nem todos os jogos foram bons. De fato, alguns foram duramente criticados tanto pelo público quanto pela crítica especializada, o que acabou fazendo com que a Capcom tivesse que parar e repensar os rumos dos games. 

Confira uma lista com todos os jogos da franquia, do pior ao melhor:

Resident Evil 5

Este foi o jogo que acabou se tornando o principal responsável por mudar muito do que era considerado como a essência da franquia Resident Evil, mas acabou se tornando aquele que mais desagradou. A história segue os acontecimentos de Racoon City, com o mundo todo com medo de que alguma coisa acontecesse novamente. O jogo acompanha o caos causado por um novo parasita que surge em um país da África. 

O jogo acaba focando muito na ação, o que deixa o game muito abaixo do que podia ser esperado para a franquia. 

Resident Evil 6

Ainda apostando em um game mais focado na ação do que nos sustos e na trama mais arrastada dos games anteriores, Resident Evil 6 também não agradou e passou praticamente batido por grande parte dos jogadores. Mesmo com o retorno da dupla mais popular dos seus jogos, Chris e Leon, o jogo segue sem ritmo e com uma jogabilidade muito genérica. A sensação que fica é que as pessoas estão diante de apenas mais um jogo de ação no qual os personagens principais precisam atirar em monstros, sem nada demais. 

Resident Evil Zero

Este foi um jogo que acabou sendo lançado bem depois dos primeiros, mas que tinha como principal objetivo ser o episódio inicial de toda a mitologia por trás de Resident Evil. O game se tornou conhecido pela sua ousadia, trazendo como personagem principal uma das coadjuvantes dos jogos anteriores (ou posteriores, de acordo com a cronologia): Rebecca Chambers. 

O jogo permite controlar ambos os personagens, e traz algumas novidades interessantes, como a resolução de puzzles criativos que dependem do controle dos dois personagens. Acaba sendo um jogo realmente bem interessante para quem gosta da franquia e de games de terror. 

Resident Evil 3

Um jogo que ainda conseguiu manter muito do suspense e do terror que havia nos primeiros dois jogos, mas que ganhou mais ação, o que tornou ele bem equilibrado. Uma crítica que foi feita acabou sendo um foco muito grande que a Capcom deu para o modo multiplayer e que realmente não deu certo. 

Mesmo assim, o jogo acabou sendo até mesmo uma porta de entrada para os novatos. Sem contar que acabou dando origem a um dos monstros mais famosos não apenas da franquia como de todo o mundo dos games: o grandão Nemesis. 

Resident Evil: Revelations 2

Mesmo que Revelations tenha passado batido por uma boa parte dos fãs, já que a franquia vinha perdendo força, o jogo realmente é muito interessante.

O jogo traz elementos de jogabilidade que atraem tanto aqueles que gostam do gênero quanto aqueles que estão tendo as primeiras experiencias. 
Mas a sequência acabou frustrando um pouco, especialmente pela história um tanto quanto desconexa quando comparado com os jogos originais. Mas alguns experimentos foram importantes para a franquia, como a possibilidade de separar o jogo em capítulos.

Resident Evil

Resident Evil: Veja lista com todos os jogos, do pior ao melhor

O jogo original segue como um dos melhores da franquia, com todos os elementos responsáveis pelo sucesso de RE: Uma história conexa e que realmente deixava os jogadores tensos, mapas que são liberados de forma progressiva e inimigos desafiadores. Talvez não esteja no topo da lista apenas por não ter envelhecido tão bem para os jogadores da nova geração, sendo considerado “excessivamente parado”. 

Resident Evil Code: Veronica

Um clássico que ficou mais gravado na mente dos fãs, já que em termos de vendas não fez tanto sucesso como os que tinham sido lançados até então. Mesmo assim, chama a atenção por ser um jogo realmente muito interessante. A história segue os acontecimentos de RE 2, com muitas referencias diretas ao que acontece ao longo da trama. Foi o primeiro jogo da série a incorporar completamente o 3D. 

Resident Evil 2

Ainda considerado como o melhor jogo de toda a história da franquia, e que conseguiu ficar ainda melhor com o lançamento do remake, no ano de 2019. Neste jogo também surge um inimigo que entra para a história, o icônico Mr. X. O remake ainda trouxe uma série de atualizações nos controles, o que deixou ele mais interessante para a geração atual.

Resident Evil 4

Este jogo é geralmente apontado como o ápice, e também como o começo dos problemas. O jogo acaba tendo muito mais ação do que os seus antecessores, mas a mistura, neste caso, acabou se tornando muito mais interessante do que o que aconteceu nos posteriores. O jogo também expandia bastante a zona  de ação para o jogador, colocando ele no meio de uma vila infectada.

Resident Evil Vii: Biohazard

Deixando de lado um pouco questões de inovação e com foco na atual geração de hardware e suas infinitas possibilidades, o recomeço da franquia pode ser facilmente apontado como o melhor game da franquia. Neste momento a franquia voltou a mergulhar de cabeça no terror. Com uma perspectiva de primeira pessoa e com compatibilidade com realidade virtual, o jogador realmente pode acabar sendo colocado no centro do horror. 

Resident Evil Revelations

Mas não adianta, a primeira parte de Revelations ainda segue como o jogo mais interessante, inovador e divertido de toda a franquia. Este foi o sinal que mostrava que o caminho era realmente na história e no suspense, deixando um pouco a ação para um segundo plano. O jogo conta com cenários escuros, movimentos calculados para assustar, corredores estreitos e inimigos lentos mais mortais, tudo isso para deixar as pessoas com cabelo em pé. 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: