Topo

Lançamento do PS5: Saiba tudo sobre o novo console da Sony

Comente

O mês de novembro de 2020 vai entrar para a história do mundo dos games. A Sony está com tudo pronto para o lançamento do PS5, modelo de nova geração que promete fazer história. De acordo com as informações oficiais, os consoles começam a ser distribuídos oficialmente no mercado brasileiro a partir do dia 19 de novembro, mas muitas pessoas já começaram a receber os seus antes. 

Saiba tudo sobre o lançamento e o que esperar do novo console da Sony:

Quanto vai custar o PS5 no Brasil?

Lançamento do PS5: Saiba tudo sobre o novo console da Sony

O preço dos consoles da nova geração, tanto da Microsoft quanto da Sony, acabaram tendo que ser reduzido no meio do caminho de divulgação da pré-venda. Ambas as empresas já tinham anunciado os preços e colocado a pré-venda nas principais distribuidoras, quando foram pegas de surpresa com uma decisão do governo federal em baixar os preços dos impostos sobre jogos eletrônicos e consoles.

Isso fez com que o preço caísse, o que sempre é uma boa notícia. Mas muitas pessoas que já tinham feito a compra durante a pré-venda acabaram se sentindo prejudicadas. Até hoje as empresas ainda estão tentando ver alguma forma de devolver este dinheiro.

Veja também:

Mas, oficialmente, o PS5 será vendido pelo preço R$ 4.699 na versão padrão (ou R$ 4.199, no modelo sem entrada para discos). Lembrando que, para os testes, a Sony enviou ao TechTudo o PS5 na versão com entrada para blu-ray.

Qual a diferença entre as duas versões disponíveis do PS5?

Os consumidores poderão perceber que existem duas versões diferentes do PS5, com R$ 500 de diferença. Basicamente a versão digital, que é a mais barata, não terá o driver de Blu-ray. Isso significa que os jogadores que optarem por estas versões simplesmente não vão conseguir comprar e utilizar jogos em mídia física, nem assistir seus filmes ou suas séries prediletas. 

A versão digital do PS5 vai rodar somente os jogos que forem adquiridos através da loja oficial do Playstation. Portanto, as compras deverão ser feitas apenas por este meio, e o jogo será adquirido através de download. Já a versão mais cara terá o driver, o que vai funcionar praticamente da mesma forma que o PS4, podendo tanto rodar jogos físicos quanto jogos digitais. 

Como ficou o design do PS5?

O PS5 representa uma brutal mudança em termos de design quando comparados aos consoles da geração passada da Sony. Ela está deixando de lado a “caixa preta” e apostando em um visual branco, mas mantendo a cor preta em alguns detalhes e também apostando em detalhes luminosos que são mais discretos e elegantes. 

Algo que pode surpreender um pouco os jogadores quando eles tiverem contato com o novo console é o seu tamanho. A sony apostou em um videogame grande (39 x 26 x 10 cm, lembrando que o PS4 comum tinha 30,5 x 27,5 x 5,3 cm), e muito pesado, com 4,5 kg (contra 2,8 kg do PS4).

Lembrando que o Xbox Series X, rival do console, tem o mesmo peso, mas um tamanho muito mais compacto: 30 x 15 x 15 cm. Má notícia para quem gostava de andar com o seu console para cima e para baixo na mochila. 

Como é a interface do sistema do PS5

Uma das maiores curiosidades que os jogadores estão tendo sobre o novo console é como ele ficou por dentro, ou seja, na experiencia que ele vai oferecer para o usuário. E o design do sistema operacional e forma de acesso aos diferentes recursos oferecidos pelo console acaba fazendo toda a diferença neste quesito. 

Neste quesito, a Sony preferiu não fazer alterações que fossem muito diferentes daquilo que o jogador está acostumado. Ou seja, tanto os comandos principais que precisam ser utilizados para rodar as funções principais quanto a forma como os ícones e menus são organizados continuaram muito parecidos. 

Mas, o design de uma forma geral, passou por um processo de modernização. A própria música de fundo, que era aquele som alto e repetitivo do console anterior, agora é um som de fundo muito mais tranquilo e menos perceptível. Em relação ao visual, ele traz um fundo mais escuro com textura iluminada, e é customizado sempre que você passa o cursor sobre um jogo ou um app.

E, como não poderia deixar de ser, o sistema acabou ficando muito mais rápido. Os comandos respondem basicamente na mesma hora e as ações ocorrem basicamente sem grandes atrasos.  A modernização também chegou na PS Store, que sempre foi um ponto de discussão entre os fãs (muitos adorava, muitos odiavam).

A loja está com um sistema de navegação muito mais fluído. Todos os testes que foram feitos até o momento revelam que boa parte das experiencias negativas que os jogadores tinham nesta parte do console da Sony ficou para trás. Contudo, é sempre importante salientar que essa é uma parte que depende muito da quantidade de pessoas conectadas e do suporte dos servidores. Ou seja, a Sony ainda precisa passar por um teste de fogo para provar que a loja realmente vai conseguir dar uma resposta a altura que se espera de um console de nova geração. 

O desempenho dos jogos melhorou no PS5?

Assim como no sistema em geral, as melhorias do console são sentidas nos jogos também, pelo menos nos primeiros lançamentos que foram disponibilizados. Ele é capaz de rodar games bem pesados, como o Spider-Man: Miles Morales e o The Last of Us - Part 2 com pouco carregamento, sem engasgar em nenhuma cena e sem parecer sobrecarregar o console




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: