Topo

Coisas que os pais não deveriam dizer aos filhos e como evitar

Comente

Hoje em dia o acesso à informação é facilitado pela internet e mídias de modo geral, por isso, não é difícil encontrar informações que podem ser úteis no processo de criação e educação dos filhos.

Mesmo com toda essa facilidade, no entanto, alguns equívocos naturalmente ainda podem ser cometidos por alguns pais no trato com as crianças, seja por força do hábito ou por influência da educação recebida no passado.

Entre eles, destacam-se por exemplo, aqueles relacionados ao que é dito aos filhos, pois muitos acabam dizendo coisas que podem causar efeito negativo na personalidade da criança ou mesmo prejudicar o desenvolvimento.

Para ilustrar isso, apresentamos a seguir algumas coisas que, segundo especialistas, não deveriam ser ditas aos pequenos. Veja!

O quê não dizer às crianças

O quê não dizer às crianças

Você é o mais bagunceiro (pior) dessa casa

Segundo especialistas, não é nada saudável rotular as crianças e essa atitude pode deixar os filhos com a autoestima abalada. Ao invés de repreender a criança de forma agressiva, o melhor seria respirar fundo e tentar mostrar a ele como é importante manter as coisas organizadas.

Dito isso, quando o filho bagunçar o ambiente, diga a ele: Não é bem melhor quando seu quarto está mais arrumado? Vamos arrumar juntos e colocar as coisas no lugar certo, assim você saberá onde encontrar.

Menino não chora

Essa frase tem uma conotação absolutamente machista e ultrapassada, que além de tudo pode levar a criança a esconder os sentimentos com medo de ser repreendido.

Quando a criança estiver chorando então, o melhor é procurar falar com ele em tom baixo e calmo para saber o motivo do choro e então lhe dizer que o choro pode ajudar a aliviar a tristeza, mas que é importante superar e aprender com os erros.

Seu irmão já sabia fazer um monte de coisa nessa idade

Esse é um dos erros mais comuns em famílias que tem mais de uma criança. Mas fazer comparação entre os filhos, amigos ou até mesmo parente não é algo saudável.

Isso só causa frustração na criança, fazendo-a se sentir inferior às demais, o que sabidamente não é bom para a autoestima. Cada criança possui um tempo de amadurecimento diferente e esse período precisa ser respeitado.

Se não fizer isso eu vou te abandonar pra sempre

Os filhos precisam saber desde cedo que seus pais são pessoas confiáveis e de palavra. Isso não acontece quando os pais começam a contar pequenas mentiras através de ameaças que não podem e/ou não devem cumprir. Ao invés de ameaçar, o melhor é ensinar à criança a importância de obedecer e respeitar os mais velhos.

Você jamais conseguirá fazer isso, é melhor desistir

Quando os pais subestimam a capacidade do filho em realizar alguma tarefa ou duvidam dos talentos do mesmo, a autoestima tende a ser afetada.

Por isso, ao perceber que a criança tem dificuldade em realizar alguma tarefa, o melhor é conversar com ela e guiá-la da melhor forma, perguntando inclusive se ela precisa de ajuda, assim se sentirá mais segura e confiante.

Leia também:

Você me faz passar vergonha a todo o momento

Não é bom deixar o filho perceber que ele foi o motivo de constrangimento, e pior ainda é dizer isso pra ele em público. O melhor a fazer quando ele fizer birra em público é conversar calmamente usando argumentos fortes para explicar que o que ele fez é vergonhoso para ele mesmo.

Se você comer toda comida ganha presente

Chantagear a criança com pequenos mimos tende a transmitir uma mensagem errada para ela. Ao invés disso o melhor é mostrar a ela a importância de se alimentar bem e citar alguns pratos saudáveis que podem ajudá-la na prática de exercícios e brincadeiras.

Pare de comer doce que você já tá gordo

Quando os pais falam mal da criança, ou de suas características físicas, elas tendem a ficar ansiosas e tristes, o que pode causar frustrações no futuro.

A melhor forma de resolver o problema é dizer à criança a importância de uma alimentação saudável, mas ressaltando a importância da saúde ao invés da beleza pura e simplesmente. E mais importante que isso, é dar o exemplo com uma alimentação equilibrada também.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: