Topo

Problemas inusitados que podem surgir na vagina e demandam cuidado

5.00 / 5 - 1
Comente

A região íntima feminina ainda hoje é cercada de mistérios, até mesmo para a própria mulher, afinal, ela não tem uma visão geral ou privilegiada de seu órgão, uma vez que só é possível ver a parte exterior.

Diante disso, é muito importante que as mulheres fiquem atentas a qualquer sinal de anormalidade para consultar o médico e obter conhecimento sobre o que está acontecendo. A seguir você pode conferir alguns problemas inusitados que podem surgir na região da vagina e com as quais a mulher precisa saber lidar. Veja!

Diferentes problemas que podem afetar a vagina

Diferentes problemas que podem afetar a vagina

Odor fétido

Quando a mulher percebe um odor diferente em sua região íntima, pode ter certeza de que há algo errado. Mas o odor desagradável pode ter causas distintas e nesse caso o correto é procurar ajuda ginecológica.

Se o caso for um corrimento com mau cheiro, por exemplo, é possível que seja uma infecção bacteriana como a vaginose bacteriana ou tricomoníase, e nesse caso o doutor pode até receitar um antibiótico para tratar o problema.

Sangramento fora do período fértil

Quando uma mulher sangra aleatoriamente, ou seja, quando surgem pequenos sangramentos fora do período da TPM, é possível que o problema tenha sido causado por um desequilíbrio hormonal em função de uma pílula anticoncepcional que não foi tomada no dia certo.

Caso o sangramento seja persistente o melhor a fazer é consultar o médico, pois pode este também pode ser indício de infecção, gravidez ou pólipo no colo. Já se o sangramento ocorre após o sexo, é possível que seja uma DST como gonorreia ou clamídia.

Coceira

Coceira recorrente na região íntima, pode ser sinal de infecção por fungos ou vaginose bacteriana. Em todo caso, porém, se a mulher já fez o tratamento para essas doenças e a coceira persistiu, a questão pode estar relacionada a uma alergia a elementos como sabão, sabonete íntimo ou o amaciante de roupa. O médico poderá ajudar a identificar o problema.

Leia também:

Dor ao urinar ou em relações sexuais

Dor vaginal ou na vulva também pode ser indício de DST ou infecção. Se o desconforto persistir por mais de dois dias é melhor procurar ajuda médica. Mas se a dor ocorreu uma ou duas vezes após o sexo o problema pode ter sido a falta de lubrificação na região, nesse caso a dica é usar lubrificante a prova d’água para ver se há diferença.

Lubrificação insuficiente

Muitas pessoas acreditam que somente mulheres mais velhas sofrem com ressecamento vaginal, mas o fato é que mulheres de diferentes idades podem sofrer com esse problema. A falta de lubrificação vaginal pode acontecer após a gravidez, principalmente no caso de algumas mulheres que tomam medicamentos como anti-histamínicos ou antidepressivos.

Dor profunda

Dor vaginal profunda, principalmente na hora do ato sexual pode ser um forte indício de endometriose ou cisto no ovário. O melhor é buscar ajuda médica para que ele possa fazer uma análise e um exame adequado para encontrar o motivo da dor.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: