Topo

Doenças às quais você pode estar sujeito ao andar de ônibus

Comente

O transporte público é sabidamente uma importante ferramenta para quem precisa se locomover dentro das cidades, mas, de acordo com informações divulgadas em um passado recente, a probabilidade de os passageiros serem submetidos a riscos relacionados à saúde nesse tipo de transporte pode ser grande.

Um levantamento feito por pesquisadores da Universidade de São Paulo em 2008, por exemplo, apurou a existência de mais de 22 tipos de bactérias causadoras de doenças dentro de ônibus de transporte público na cidade.

Isso sem contar que também foram encontrados cistos de protozoários e até o ovo de um verme. A seguir você confere uma lista de doenças às quais segundo especialistas, os passageiros de transportes públicos podem estar sujeitos.

Doenças às quais você pode estar sujeito no transporte público

Mormo

Cavalos - Mormo

A doença mormo, também conhecida como lamparão é infecciosa, muito comum em cavalos, mulas e asnos, mas também pode se manifestar em outros animais como gato, cachorro e até mesmo em humanos.

Geralmente os sintomas incluem lesões nodulares nos pulmões, nos gânglios linfáticos e nas mucosas nasais. O mormo também pode causar congestionamento nas vias respiratórias, febre, emagrecimento progressivo e tosse.

Gastroenterite

Gastroenterite

De acordo com pesquisadores, um organismo encontrado em uma grande quantidade de ônibus foi a Escherichia coli. Trata-se de uma bactéria presente na flora do intestino das pessoas, mas em grande quantidade ela pode fazer mal e causar doenças como a Gastroenterite.

Normalmente a contaminação ocorre quando a pessoa consome alimento contaminado com a bactéria, por essa razão é importante sempre lavar as mãos antes de se alimentar, principalmente depois de descer de um transporte publico. Os sintomas da Gastroenterite costuma ser febre, dores abdominais, desidratação, vomito diarreia e enjoo.

Leia também:

Candidíase

Candidíase

O fungo da cândida também foi encontrada em amostras retiradas dos ônibus, mas em uma quantidade menor. Trata-se de um fungo conhecido por afetar a saúde intima da mulher, sendo ele responsável pela candidíase.

Da mesma forma que o E.coli, o fungo está presente no trato gastrointestinal e no caso dele também em vaginas saudáveis. O fato, porém, é que se a quantidade for multiplicada por algum fator externo, o risco de ter a doença aumenta.

Foliculite

Foliculite

O Staphylococcus aureus, também conhecido como estafilococo-dourado, foi outra bactéria encontrada em grande quantidade nos ônibus. Em pequena quantidade essa bactéria não é prejudicial, mas especialistas alertam que em grande numero ela apresenta riscos à saúde, por possui toxinas.

Cerca de 15% das pessoas possuem a bactéria na pele ou em outras partes do corpo e ela pode causar infecção e pequenos cortes na pele ou provocar a foliculite, uma espécie de infecção com pus nos folículos capilares.

Infecção de ouvido

Infecção de ouvido

As bactérias do gênero Pseudomonas também entraram na lista dos microrganismos patogênicos encontrados nos ônibus pelos pesquisadores. Essas bactérias podem crescer em qualquer tipo de ambiente e colonizar pessoas saudáveis, provocando uma infecção de ouvido.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: