Topo

7 razões pelas quais a amamentação é importante para o bebê

Comente

Para que a criança receba imunidade a infecções e alergias é importante que ela receba o aleitamento materno de maneira exclusiva nos primeiros seis meses de vida, mas esse é só um dos benefícios da amamentação. A seguir você confere uma lista que mostra as razões pelas quais amamentar é preciso. Veja!

Os benefícios que a amamentação pode trazer

Benefícios da amamentação

Fortalece a imunidade

Como já mencionado, o leite materno desempenha um grande papel na imunidade dos bebês. Isso porque ele possui células de defesa e fatores anti-infecciosos que protegem o organismo do pequeno.

Diante disso, as infecções que podem atacar o bebê nos primeiros seis meses de vida, como a otite, por exemplo, são menos comuns em crianças que passam por uma amamentação exclusiva no período.

Leia também:

Contato com a mãe

A amamentação também possui um papel importante no sistema nervoso da mãe, reduzindo os níveis de estresse. Além disso, o contato com a mãe deixa o bebê mais tranquilo e transmite segurança, evitando ansiedade e choro da criança.

Melhor alimento para o intestino

O leite materno possui enzimas que são conhecidas pelo organismo da criança, enquanto segundo especialistas os componentes dos leites de vacas (ou artificiais) são estranhos ao organismo do bebê, podendo causar eventualmente uma deficiência de ferro e alergia intestinal no mesmo.

Vale ressaltar que crianças que recebem o aleitamento materno podem ficar até oito dias sem evacuar, já que o organismo aproveita todos os componentes do leite materno.

Evita cólicas

O leite materno ameniza os riscos de cólicas no bebê em função das proteínas que possui. De acordo com especialistas, existem dois tipos de proteínas, as de difícil digestão e as de fácil digestão. Dito isso, apesar de o leite de vaca possuir muito mais proteína que o leite materno, é o leite materno quem possui proteínas de fácil digestão.

E por possui as globulinas (proteínas de fácil digestão), o leite materno não fermenta tanto ao ser digerido, o que acaba resultando em uma quantidade menor de gases e consequentemente menos cólica.

Vale ressaltar ainda que o fato de o bebê ingerir muito ar quando mama na mamadeira aumenta as possibilidades dela sofrer com cólicas causadas por gases.

Desenvolve arcada dentaria

O movimento da amamentação ajuda no desenvolvimento da fala e dentição do bebê, além de estimular o desenvolvimento de ossos do crânio e da face, encaixando os dentes de forma adequada.

Além disso, o ato de amamentar ainda promove o desenvolvimento da musculatura da boca e da face, o que refletirá em uma melhor respiração, mastigação, deglutição e fala.

Ajuda no crescimento de prematuros

Atualmente os bancos de leite existentes no Brasil são praticamente para atender bebês prematuros, dito isso, conclui-se que o aleitamento materno é de extrema importâncias nesses casos.

A afirmação se dá pelo fato de que quanto mais prematura for a criança, mais imatura será também seu sistema digestivo, o que naturalmente aumenta as possibilidades dela desenvolver alergias. Além de tudo, o bebê prematuro necessita ainda mais dos nutrientes do leite materno para desenvolver melhor todos os seus sistemas.

Combate anemia

O leite materno também possui grande concentração de ferro e uma menor concentração de cálcio se comparado ao leite de vaca. Diante disso, especialistas afirmam que o ferro presente em outros leites não é o suficiente para o desenvolvimento do bebê, sendo necessária nesses casos uma suplementação.

Além disso, o cálcio que é mais abundante em outros leites também pode inibir a ação do ferro no organismo do pequeno, aumentando os riscos de uma eventual anemia ferropriva.

Em todo caso é importante dizer que com o passar do tempo a presença do ferro no leite materno tende a diminuir naturalmente, o que na verdade funciona como um processo de preparação para o bebê mudar a dieta.

É por isso que a partir de seis meses o bebê também deve começar a receber além da amamentação alguns novos alimentos ricos em ferro, tais como caldo de carne e outros.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: