Topo

Filmes do primeiro semestre de 2015 que você precisa assistir

5.00 / 5 - 1
Comente

Parece que o réveillon foi ontem, mas o fato é que o sexto mês de 2015 já vem chegando ao fim. Apesar de ter passado rapidamente, no entanto, o primeiro semestre do ano trouxe algumas agradáveis surpresas para os amantes da sétima arte.

E para você que não dispensa um bom filme, apresentamos a seguir uma lista com as obras que mais se destacaram nesses primeiros seis meses.

Veja os filmes imperdíveis dessa primeira metade de 2015

Kingsman: Serviço Secreto (Kingsman: The Secret Service)

Kingsman

Quando o assunto é cinema, poucas coisas dão mais prazer do que ser surpreendido positivamente com um filme do qual não se esperava muito, concorda? Pois é exatamente isso que acontece a quem decide assistir “Kingsman: Serviço Secreto”.

O filme não por acaso se tornou sucesso unânime entre o público e a crítica especializada, motivando inclusive os produtores a trabalharem em uma sequência. Apesar de não ser uma obra exatamente original (é inspirada nos quadrinhos de Mark Millar e Dave Gibbons), o filme traz grande frescor artístico para a telona, apresentando uma obra digna de Oscar.

Trata-se de uma obra tipicamente britânica de comédia e ação que ironiza o cinema de espionagem, mas o que mais chama a atenção é a participação de Colin Firth em seu primeiro blockbuster. O ator está impecável no filme.

Além disso, chamam a atenção o aspecto caricato do longa e as inúmeras referências a obras clássicas da sétima arte, de 007 a Star Wars. Dito isso, se você ainda não assistiu o filme, saiba que pode estar perdendo um dos melhores filmes já feitos.

Dois Dias, Uma Noite (Deux Jours, Une Nuit)

Dois Dias, Uma Noite

Sim, esse é um filme francês. Por mais estranho que isso possa parecer a alguns, esse foi mais uma dos grandes filmes lançados até aqui em 2015. E fica mais fácil compreender o porquê quando você fica sabendo que ela foi protagonizada por Marion Cotillard (A Origem e Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge), ou seja, a francesa preferida de Hollywood.

O longa traz à tona uma história muito bem amarrada em torno do tema desemprego. Nele a protagonista vive uma mulher que está prestes a ser demitida de uma fábrica e que poderá evitar isso somente se todos os seus colegas de trabalho votarem por sua permanência.

O problema, porém, é que com a saída dela todos os demais funcionários receberão aumento no salário, isso leva a mulher a ir na casa de cada um deles para pedir-lhes o voto que em tese a assegura no cargo.

Acima das Nuvens (Clouds of Sils Maria)

Acima das Nuvens

Esse é um dos filmes para quem aprecia a sétima arte e tudo o que ela representa, e não apenas um mero entretenimento diante das telonas. A obra coloca em pauta o relacionamento entre as atrizes e seus agentes.

Seguindo esse plot, a musa francesa Juliette Binoche, interpreta o papel de uma atriz veterana que já esteve no auge da fama e que ao começar a envelhecer precisa lidar com o fato de conseguir apenas papéis de coadjuvante.

Em meio ao processo a personagem se vê forçada a aprender lidar com o ego inflado, contando pra isso com a ajuda de sua assistente e amiga vivida por Kristen Stewart (sim, a de Crepúsculo mesmo), que curiosamente faz um bom trabalho no longa, em uma atuação que inclusive lhe tornou a primeira atriz americana a ganhar o prêmio César, uma espécie de Oscar francês.

Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road)

Mad Max: Estrada da Fúria

E o ano de 2015 está sendo tão bom para o cinema que até mesmo os ditos blockbusters têm encontrado uma maneira de surpreender o público que aprecia o fino da sétima arte. E coube principalmente a “Mad Max: Estrada da Fúria” o papel de comprovar isso.

Salvo algumas raras exceções, todos os grandes filmes do ano surpreenderam positivamente, mas o que o longa estrelado por Tom Hardy e Charlize Theron trouxe para o cinema de ação foi qualquer coisa de sensacional.

Com uma pitada de cinema da velha guarda em plena era dominada por efeitos de computadores e uma fotografia que beira a perfeição, o filme é presença garantida em qualquer lista que se preze.

Whiplash: Em Busca da Perfeição (Whiplash)

Whiplash: Em Busca da Perfeição

E se você pensa que filmes que retratam o tema música são geralmente chatos e monótonos, espere até assistir “Whiplash: Em Busca da Perfeição”. O filme aborda uma relação de professor e aluno que nunca mais será vista da mesma maneira após uma briga entre Andrew (Miles Teller) e Fletcher (J.K. Simmons – que está entre os melhores atores do ano).

O filme que traz a bateria ganhando os holofotes ao lado do protagonista Andrew, mostra por meio de um majestoso roteiro até que ponto uma pessoa consegue chegar para atingir um objetivo, que no caso é o de se tornar o melhor músico/bateirista.

Birdman (A Inesperada Virtude da Ignorância)

Birdman

O ganhador do Oscar obviamente não poderia ficar de fora dessa lista, mas verdade seja dita, ele não é um filme para todos. Ele traz uma narrativa que tende a agradar mais quem é ligado com o mundo do cinema e artístico de modo geral.

O filme de Michael Keaton mostra a sua reinvenção ao quebrar a quarta parede e interpretar alguém que poderia perfeitamente ser ele mesmo. Somado a isso, há ainda o fato de o diretor Akejandro Gozáles Inarritu consegui mostrar a todos que o verdadeiro cinema ainda está longe de morrer.s

Os blockbusters que também mereceram destaque em 2015

E se “Mad Max: Estrada da Fúria” e “Kingsman: Serviço Secreto” fizeram por merecer destaque na primeira parte dessa lista, nos sentimos na obrigação de fazer menções honrosas a outros blockbusters que deram verdadeiro espetáculo nas telonas nesse primeiro semestre do ano. Vamos a eles.

Vingadores: Era de Ultron

Aguardado a muito tempo pelos fãs dos filmes da Marvel, o segundo longa da franquia “Vingadores” chegou e superou o sucesso de bilheteria do primeiro.

Embora não tenha sido nem de longe o mais brilhante do universo cinematográfico Marvel e até tenha frustrado os espectadores mais exigentes, o longa cumpriu bem seu papel de dar continuidade à jornada dos heróis mais poderosos da terra, funcionando como um bom entretenimento e de quebra apresentando ainda novos heróis como o Visão, a Feiticeira Escarlate e o Mercúrio.

Velozes e Furiosos 7

Responsável por marcar a despedida do falecido ator Paul Walker das telonas, o filme não decepcionou. Poucas são as franquias que conseguem chegar ao seu sétimo filme e ainda surpreender os fãs, mas “Velozes e Furiosos 7” fez isso, especialmente por aqueles que buscam entretenimento puro e simples.

Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros

E para finalizar é claro que não poderia ficar de fora o mais recente blockbuster desse ano, certo? A retomada da franquia “Jurassic Park” se deu em grande estilo com “Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros“, o filme rapidamente se tornou sucesso de bilheteria e crítica, se tornando inclusive o que mais rapidamente ultrapassou a barreira de US$ 1 bilhão em faturamento (alcançou o feito+ em 13 dias apenas).

Para quem busca diversão extrema e descompromissada, o filme é sem dúvida a melhor pedida do momento, sem contar é claro que ainda oferece uma boa pitada de nostalgia para quem vibrou nos anos 90 com o surgimento da obra original.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: