Topo

Os tipos de tomate disponíveis no mercado e a utilidade de cada um

1.00 / 5 - 1
Comente

Encontrar a receita de um prato que inclui tomate no preparo é sabidamente uma das tarefas mais fáceis da atualidade e a boa notícia é que a maioria delas resulta em uma alimentação pra lá de deliciosa.

A lista de opções inclui, por exemplo, itens como molho de pizza, macarrão, sanduíches, dentre outros, mas não é só isso, o alimento também pode servir a preparos de drinks, sucos e até mesmo tortas. Então como você pode ver, não há limites para preparar bons pratos utilizando o tomate.

Agora, você sabe quais são os tipos de tomate mais comuns do mercado? E a serventia de cada um, você conhece? Pois bem, se não soube responder a uma dessas perguntas, fique tranquilo, pois a seguir esclarecemos perfeitamente essas dúvidas. Veja!

Tomates e suas respectivas utilidades

Tomate Caqui

Tomate Caqui

O tomate caqui é um dos mais famosos e sua principal característica é ser grande e muito saboroso. O detalhe, porém, é que ele não é tão adocicado quando as demais espécies.

Dito isso, o tomate caqui é uma ótima pedida para saladas, como por exemplo a Caprese, que acompanha itens como manjericão e fátias de mussarela de búfala, por exemplo.

Tomate italiano

Tomate italiano

Diferente do Caqui, o tomate italiano possui um formato mais comprido e oval, além de poucas sementes e sabor mais adocicado. Diante de suas características, esse é o tipo de tomate ideal para preparo de molhos. Vale ressaltar, porém, que é preciso cuidado ao manusear o alimento pelo fato dele ser um fruto mais sensível que a maioria.

Leia também:

Tomate Débora

Tomate Débora

O tomate Débora é mais um que é ideal para o preparo de molhos, além de ser a base também para os famosos tomates secos. É um alimento que possui muitas sementes e água em quantidade maior que os demais.

Tomate Carmem

Tomate Carmem

O tomate Carmem é um fruto mais firme que a maioria e não possui um sabor muito acentuado, sendo indicado para preparo de saladas ou recheados em pratos que vão ao forno. Esse tipo de tomate dura um tempo maior quando armazenado na geladeira.

Tomate holandês

Tomate holandês

Em geral o tomate holandês é vendido em ramas e não é um fruto muito ácido, sendo ótimo para o preparo de saladas e pratos que usam o forno. Esse tipo, como o nome sugere, costuma ser importado da Holanda, mas na atualidade já é produzido também no Brasil.

Tomate cereja

O tomate cereja é bem pequeno e tem um sabor mais intenso, sendo muito usado no preparo de canapés, saladas e decorações de certos pratos. Vale dizer que esse tipo ainda possui a variação sweet grape, que é um tipo mais alongado e de sabor adocicado, funcionando como combinação perfeita para queijos e saladas.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: