Topo

Questões irreconciliáveis que podem surgir em um relacionamento amoroso

2.50 / 5 - 2
Comente

Terminar um relacionamento está longe de ser algo fácil, e isso independente dele ser de curta ou longa duração: inevitavelmente alguém quase sempre sai com os sentimentos feridos.

Por isso mesmo, é importante avaliar bem a situação antes de dar um fim ao relacionamento. Será que o casal realmente já fez tudo o que podia para contornar os problemas?

Nesse momento é importante considerar até mesmo que, algumas questões em um relacionamento podem ser de fato irreconciliáveis, e é importante reconhecer isso. A seguir você confere alguns exemplos.

Diferenças irreconciliáveis de um relacionamento

Seu relacionamento te impede de ter realizações

Para que o casamento seja feliz, é importante que ambas as partes estejam felizes e realizadas, não apenas uma pessoa. Infelizmente muitos casais não encontram no parceiro o apoio esperado para seus sonhos pessoais ou profissionais. O amor pressupõe que o parceiro deseja a felicidade do outro, seja com a profissão ou o estilo de vida de sua escolha.

Um casal que possui dialogo aberto sobre os objetivos e chega a um acordo sobre as decisões com facilidade, dificilmente terá problemas, diferente dos casais em que uma das partes decide sozinha onde viver, quantos filhos ter, entre outras coisas.

Seu parceiro não possui os mesmos valores que você

Valores são os conceitos que são moldados na pessoa desde o nascimento, normalmente aprendidos com os pais. Para que um casal viva em harmonia é importante que tenham os mesmos valores.

É complicando quando a mulher prefere uma vida tranquila, mesmo que seja com pouco dinheiro, e o homem sacrifica qualquer momento para trabalhar e acumular riqueza, por exemplo. Também é difícil quando ambos buscam diferentes tipos de investimento e não chegam a um acordo sobre o que fazer com o dinheiro.

Não conseguir falar abertamente sobre assuntos como sexo e sentimentos

Para que a relação seja sincera, é importante que o casal converse muito e abertamente sobre o que pensa e sente. Isso significa que a falta de diálogos honestos e livres estão entre as questões mais importantes a se considerar na hora de pensar no divórcio.

Não é o suficiente conversar apenas sobre contas e planos para as férias, mas também sobre sexo e sentimentos, além é claro das preferências na cama, sendo isso algo saudável e necessário para manter a harmonia do casal.

Se você não consegue ser sincera com seu parceiro, ou não se sente à vontade para falar sobre coisas mais profundas, a relação pode estar fadada ao fracasso.

Leia também:

Não há mais desejo sexual

Não existe uma quantidade pré-determinada como a ideal para fazer sexo na semana, mas é importante que a frequência do casal esteja satisfazendo a ambos os lados. Isso se torna ainda pior quando os casais têm relação sexual, mas não sentem desejo pelo parceiro.

Lembre-se, fazer sexo só para cumprir tabela é tão ruim quanto não fazer, e se não conseguir conversar sobre isso, a relação precisa ser reconsiderada.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: