Topo

Férias de inverno: veja destinos da América do Sul pra curtir a estação mais fria do ano

Comente

Sol, mar, sombra, água fresca… esses são só alguns dos atrativos do verão. Por isso mesmo, é compreensível que a maioria das pessoas considere essa a melhor estação para viagens a turismo. Mas isso não quer dizer que as viagens feitas em outras estações tenham que ser desinteressantes, muito pelo contrário.

A chegada do inverno, por exemplo, pode revelar excelentes opções turísticas ao redor do mundo. E para quem gosta desse tipo de programa, a dica é aproveitar que acabamos de entrar na estação aqui na América do Sul, e assim conhecer os destinos que podem proporcionar uma boa experiência. A seguir apresentamos algumas alternativas.

Lugares para aproveitar o melhor do inverno na América do Sul

Bariloche na Argentina

Bariloche na Argentina

Essa é uma região que, não por acaso, recebe na temporada de inverno uma enorme quantidade de brasileiros. A cidade talvez seja o mais badalado destino de neve do país, sendo também, porta de entrada da Patagônia argentina. A cidade que oficialmente tem o nome de San Carlos Bariloche, oferece atrativos como pistas de esqui e parques incríveis, além é claro, do bom e velho chocolate quente.

Patagônia Argentina

Patagônia Argentina

E para quem já está em Bariloche, não custa visitar a Patagônia argentina. Entre as atrações do lugar estão o glaciar Perito Moreno e o Glaciar Spegazzinni. Uma dica é conhecer a cidade de El Chaltén, que é vista com o melhor destino de trekking do país.

Leia também:

Patagônia Chilena

Patagônia Chilena

A Patagônia se divide em dois países, de modo que enquanto uma parte é argentina, a outra é chilena. Nesse lado da Patagônia, a cidade de Puerto Natales é quem mais recebe os visitantes aventureiros. Isso porque a região abriga o Parque Nacional Torres del Paine, que é atração simplesmente imperdível.

Farellones no Chile

Farellones no Chile

Com boa infraestrutura turística formada por pousadas de grande requinte, a região de Farellones acaba por ser uma acessível opção àqueles que querem aproveitar a neve no Chile. A cidade, que fica abaixo do Valle Nevado, compensa principalmente para quem não quer gastar tanto quanto em um destino de esqui mais badalado.

Deserto do Atacama no Chile

Deserto do Atacama no Chile

Também localizado no Chile, o Deserto do Atacama é alternativa das mais recomendadas para quem quer aproveitar o inverno na América do Sul. Além da bela paisagem da região, estão entre os atrativos a visita ao Gêisers, o Salar do Atacama, as Lagunas Antiplânicas e os Vales da Morte e da Lua.

Cordilheira Branca no Peru

Cordilheira Branca no Peru

E no Peru, a Cordilheira Branca é uma das famosas regiões que costuma receber turistas na estação fria do ano. Por lá a lista de atrativos inclui visita a glaciares, montanhas de gelos e lagos azuis. O período ideal para conhecer a região vai de maio até setembro.

Salar de Uyuni na Bolívia

Salar de Uyuni na Bolívia

E na Bolívia, país vizinho ao nosso, uma boa opção é conhecer Salar de Uyuni, que oferece condições ideais para a prática de atividades no inverno. Os atrativos vão desde trilhas, até o avistamento de montanhas e vulcões cobertos de neve.

Guatape na Colômbia

Guatape na Colômbia

Em solo colombiano, a região de Guatape traz um visual que parece ter saído dos contos de fadas. Ela está situada há poucos quilômetros de Medelin e traz uma série de atrações turísticas, como a subida à La Piedra e até passeios de barcos pela represa.

São Joaquim no Brasil

São Joaquim no Brasil

Agora, como estamos falando de América do Sul, é claro que não poderíamos deixar de fora nosso querido Brasil, certo? Uma opção extremamente interessante por aqui é a cidade de São Joaquim, que é apontada como uma das mais frias do país. E atrativo é tudo o que não falta nessa bela região, as opções incluem vinhedos, restaurantes, parques com atividades de inverno, dentre outras.

Termas de Chillan no Chile

Termas de Chillan no Chile

A cerca de 400 km de Santiago, no Chile, a Termas de Chillan é o lugar ideal para quem busca conhecer algo novo. Por lá, o turista se depara com nada menos que 32 pistas de esqui e snowboard, tudo com excelente infraestrutura que permite a prática noturna dos esportes. Que tal?


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: