Topo

Dicas rápidas e práticas para incentivar o bebê a dar os primeiros passos

Comente

Os momento dos primeiros passinhos do bebê está entre um dos mais aguardados pelos pais, mas, esse também é um momento de apreensão em muitas famílias que as vezes temem prejudicar o desenvolvimento da criança.

Diante disso, é importante esclarecer que os bebês começam a se sentir mais confiantes aos oito meses, que é quando começam a fica em pé sozinhos, se apoiando nos móveis ou nas paredes.

Com dez meses, a maioria dos bebês já começa a andar sem nenhuma ajuda, no entanto, algumas crianças levam mais tempo para conseguir andar e isso até certo ponto é absolutamente normal, pelo que não há motivo para preocupação.

Segundo especialistas, os primeiros passos podem ser aguardados até os dezoito meses, pelo que, se após esse período se o desenvolvimento não ocorrer o melhor é procurar ajuda médica.

Vale dizer que na fase que o bebê está deixando de engatinhar, os pais podem ajudar bastante com incentivos para que o filho consiga se sentir em segurança nos primeiros passos. Sabendo disso, listamos a seguir algumas dicas nesse sentido. Veja!

Aprenda a ajudar o bebê a começar andar

Evitar o andador

Andador

Também conhecido em algumas regiões por “anda já”, o andador é um acessório que parece dar mais confiança ao bebê para ele poder andar.

O fato, porém, é que o efeito pode ser contrário, pois ele pode atrapalhar no desenvolvimento dos músculos superiores das pernas e na habilidade da criança se equilibrar. Com a facilidade de deslocamento que a rodinha oferece ao bebê, portanto, o comum é que ele não consiga andar direito.

Leia também:

Ensinar o bebê a se levantar

Levantar

A partir dos oito meses de vida, o bebê já consegue ficar em pé se apoiando em móveis, mas os pais precisam estimular a musculatura e o sistema nervoso para que a criança consiga dar seus primeiros passos sem um apoio.

Nesse caso é importante ensinar os filhos sobre como agachar e levantar, a missão é fácil porque as criança tendem a imitar os adultos. Fica a dica.

Brinquedo de empurrar

Brinquedo de empurrar

Diferente dos andadores, os brinquedos tutores deixam a criança mais confiantes sem prejudicar o desenvolvimento. Apesar disso, os pais devem ficar atentos, pois com esses brinquedos os riscos de tombos são maiores.

Pés descalços

Pés descalços

De acordo com pediatras, o bebê precisa de estímulos táteis nos pés para desenvolver a percepção do próprio corpo em diferentes ambientes. Quando estão descalços os bebes recebem mais estímulos do que quando estão calçados.

Além disso, os calçados podem causar incômodo no bebê, pois até o segundo ano de vida a criança ainda não tem formada a curvatura da planta dos pés.

Brincar com o bebê

Brincadeiras

O auxílio dos pais deve começar desde cedo para que a criança aprenda a andar, nesse caso o melhor é fazer brincadeiras que incentivam os movimentos do bebê, a lista inclui atividades como rolar no chão, apoiar as mãos na parede, engatinhar e brincar de jogar bola. Tudo isso ajuda a estimular o sistema nervoso e sensorial da criança.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: