Topo

Cineastas promissores pra você acompanhar de perto nos próximos anos

Comente

Sabe aquele cineasta que faz os seus filmes preferidos? Pois é, ele nem sempre vai “acertar a mão”, e o que é pior: em algum momento ele deve se aposentar da carreira. E você, como fica?

Presumindo que não queira deixar de assistir bons filmes, o ideal é começar o quanto antes a aumentar o seu leque de opções, e pra isso, nada melhor do que conhecer os diretores e roteiristas que vêm ganhando destaque nos últimos anos lá pelas bandas de Hollywood.

Dessa forma você poderá acompanhar de perto as novidades nas quais eles estão trabalhando e selecionar as melhores alternativas, mantendo assim uma boa variedade de obras a assistir. Com isso em mente, portanto, vamos apresentar a seguir uma lista de nomes que vale a pena acompanhar de perto.

Conheça cineastas que ainda devem fazer muito sucesso em Hollywood

Rian Johnson

Rian Johnson

No primeiro lugar da lista, eis aqui um nome que tem grandes chances de se popularizar entre os fãs da cultura pop nos próximos anos. Isso porque ele foi escalado para dirigir nada menos que “Star Wars – Episódio VII”.

Se no ano passado J.J Abrams foi um dos grandes responsáveis pelo sucesso de “Star Wars – O Despertar da Força”, agora é a vez de Rian Johnson mostrar seu valor à frente da franquia. E apesar de o diretor – e roteirista – não ser tão conhecido do público, ele já tem um currículo considerável em Hollywood.

Entre as obras em que já trabalhou, estão nomes como “A Ponta de Um Crime” (2005), “Vigaristas” (2008) e o “Looper: Assassinos do Futuro” (2012), o qual ele também escreveu e foi muito bem recebido pelo público e crítica. Como se não bastasse, ele também emprestou seus talentos a pelo menos três episódios da premiada série “Breaking Bad”.

Ryan Coogler

Ryan Coogler

Este é outro nome que tem tudo para cair nas graças dos fãs da cultura pop nos próximos anos. O diretor é apontado como o responsável por lançar Michael B. Jordan ao estrelato. O ator ganhou destaque depois de trabalhar no filme de estreia de Ryan Coogler, batizado de “Fruitvale Station” (2013).

Depois disso, o diretor contou novamente com o talento de Jordan ao dirigir “Creed: Nascido Para Lutar”, sequência do aclamado “Rocky Balboa”, de Sylvester Stallone. Com o recente sucesso de seus trabalhos, tanto diretor quanto ator, têm agora um futuro promissor pela frente.

No caso de Ryan Coogler, ele terá agora a missão de adaptar o filme-solo do herói Pantera Negra, da Marvel, este estrelado por Chadwick Boseman. A expectativa para o longa é grande, principalmente após o sucesso feito pelo personagem em sua aparição em “Capitão América: Guerra Civil”.

Leia também:

Lenny Abrahamson

Lenny Abrahamson

Aqui temos um cineasta que ganhou destaque principalmente entre os críticos depois de lançar o inusitado filme “Frank”. A história da obra girava em torno de um músico que decide se juntar a uma banda liderada por vocalista com uma gigantesca cabeça de plástico.

Entre os atores que fizeram parte do elenco, estavam Domhnall Gleeson, Maggie Gyllenhaal e Michael Fassbender. Pouco tempo depois, Abrahamson se tornou destaque mais uma vez em Hollywood lançando o emblemático “O Quarto de Jack”, que chegou a ser indicado em quatro categorias do Oscar, tendo vencido na de “Melhor Atriz” graças à atuação de Brie Larson.

Até o momento não existem grandes informações sobre os próximos projetos do diretor, no entanto, vale ficar de olho pra ver quais serão seus próximos passos.

Patty Jenkins

Patty Jenkins

Se você não é muito ligado nos detalhes sobre os bastidores de Hollywood, pode ser que nunca tenha ouvido falar de Patty Jenkins, mas em um futuro próximo a tendência é que todos os fãs de cinema e cultura pop tenham o nome da cineasta na ponta da língua.

Isso porque ela foi escalada para dirigir nada menos que o filme-solo da Mulher Maravilha, obra que ao que tudo indica, terá um importante papel dentro do universo da DC Comics no cinema. Até então, ela esteve à frente de telefilmes e séries de TV, tendo conseguido destaque também com o filme “Monster: Desejo Assassino”, que rendeu o Oscar a Charlize Theron há 12 anos.

Alex Garland

Alex Garland

Eis aqui mais um nome que ainda não tem um grande currículo, mas que vem chamando a atenção de Hollywood. Outrora responsável pelos roteiros de obras como “Sunshine – Alerta Solar” e “Não Me Abandone Jamais”, ele se destacou mesmo foi ao lançar a ficção científica “Ex Machina: Instinto Artificial”, filme que escreveu e dirigiu.

Além do estilo e conteúdo do filme, ele ficou conhecido pela inteligência na escolha do elenco, reunindo na mesma obra pelo menos três nomes que rapidamente se tornaram sucesso na indústria cinematográfica. Os nomes em questão foram Domhnall Gleeson, Oscar Isaac e Alicia Vikander.

Atualmente, o cineasta está trabalhando na adaptação de “Annihilation”, um romance de Jeff VanderMeer, a obra terá em seu elenco nomes como Oscar Isaac, Natalie Portman e Jennifer Jason Leigh.

Ana Lily Amirpour

Ana Lily Amirpour

E essa é uma cineasta de origem iraniana que também já vem ganhando seu espaço nos bastidores de Hollywood. Ela ganou destaque principalmente depois de lançar o filme vampiresco noir-pop “Garota Sombria Caminha Pela Noite”, há dois anos.

Na sequência do sucesso, ela conquistou a oportunidade de estar à frente de “The Bad Batch”, um novo filme autoral que narra uma história de amor situada em uma comunidade de canibais. O elenco traz nomes de peso como Jason Momoa, Keanu Reeves, Jim Carrey e Giovanni Ribisi.

Ben Wheatley

Ben Wheatley

Com um currículo considerável na TV, mas ainda pouco famoso nas telonas, Ben Wheatley é um diretor britânico que aos poucos vai entrando no radar da indústria cinematográfica. Seu trabalho recente, por exemplo, é a adaptação de “High Rise”, de J.G. Ballard.

A obra ainda reúne nomes famosos de Hollywood, tais como Tom Hiddleston, Jeremy Irons, Sienna Miller e Luke Evans. A produção é uma ficção futurista cuja história gira em torno das intrigas protagonizadas por pessoas que vivem em um edifício de luxo isolado do mundo exterior.

Outro trabalho do diretor que em breve deverá chegar ao circuito, é “Free Fire”, longa autoral com nomes como Brie Larson, Armie Hammer, Sharlto Copley e Sam Riley.

Morten Tyldum

Morten Tyldum

E aqui temos um nome que dificilmente soará familiar para aqueles que não acompanham premiações do cinema. Isso porque apesar de já ter se mostrado competente e até indicado ao Oscar 2015 na categoria de Melhor Direção pelo filme “O Jogo da Imitação”, o norueguês Morten Tyldum ainda dá seus primeiros passos no dinâmico mercado de Hollywood.

O próprio “O Jogo da Imitação”, foi o primeiro filme do diretor em língua inglesa, mas foi um belo cartão de visitas: a obra recebeu nada menos que oito indicações.

Entre seus próximos trabalhos, estão a adaptação do livro “Pattern Recognition”, de William Gibson e o aguardadíssimo “Passengers”, uma ficção científica espacial que contará com nomes como Jennifer Lawrence e Chris Pratt. Esta última obra deve chegar ao Brasil já em 2017.

Derek Cianfrance

Derek Cianfrance

E por fim temos aqui um americano que entrou no radar de Hollywood ainda em 2010, quando passou a ser elogiado pelo roteiro e direção de “Namorados Para Sempre”, obra que inclusive foi indicada ao Oscar na categoria de Melhor Atriz (Michelle Williams).

De lá pra cá, Cianfrance não “deixou a peteca cair”, continuou trabalhando e lançou “O Lugar Onde Tudo Termina”, contando novamente com a parceria de Ryan Gosling. A obra agradou novamente a crítica, mas não foi exatamente aclamado pelo público.

Seja como for, o diretor tem agora uma nova chance de cair no gosto popular, ele está trabalhando em “A Luz Entre Oceanos”, que deve estrear ainda neste ano. Trata-se da adaptação de um romance de M.L. Stedman. O filme terá um elenco de peso com nomes como Alicia Vikander e Michael Fassbender.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: