Topo

15 filmes que todo fã de musicais deveria assistir

5.00 / 5 - 1
Comente

Tudo bem que nem todo mundo é fã, mas a magia dos musicais do cinema, ainda hoje encontra ao redor do mundo uma enorme quantidade de adeptos. Isso se torna totalmente compreensível quando observamos a importância desse tipo de obra para a história do cinema e todo o encanto que consegue transmitir àqueles que se rendem à sensibilidade do gênero.

E se tem algo que deixa isso ainda mais evidente, são os inúmeros filmes musicais clássicos que ao longo da história já arrebataram os corações até mesmo daqueles que não nutrem muito apreço pela vertente.

E se por acaso você não sabe exatamente de quais obras estamos falando, não tem problema. A seguir apresentamos alguns dos exemplos mais promissores que certamente devem ser conferidos por todo fã da sétima arte. Confira!

Musicais clássicos do cinema que você precisa conhecer

O Mágico de Oz (1939)

O Mágico de Oz (1939)

Aclamado pelo público e pela crítica nos anos 30 e 40, “O Mágico de Oz” traz a história de Dorothy. Ela vive em uma fazenda com seu cãozinho Totó, mas está cansada do lugar e da vizinha, que sempre faz ameaças contra o animal de estimação.

Em um dia de tempestade, Dorothy e seu cachorro acabam sendo levados por um tornado até um mundo encantado, de onde só poderão sair com a ajuda do Mágico, que, portanto, precisa ser encontrado.

Cantando na Chuva (1952)

Cantando na Chuva (1952)

Nos anos 50, foi a vez de “Cantando na Chuva” mostrar a que veio e encantar o público. Na obra, Don Lockwood e Lina Lamont são os queridinhos de Hollywood em plena era do cinema mudo e vistos por muitos como o casal perfeito

Com o passar do tempo, a tecnologia evolui e a indústria do cinema passa a comportar os primeiros filmes com falas e canções, é aí que o público se decepciona ao descobrir que a voz de Lina é simplesmente horrível.

Diante desse cenário, os olhos de Hollywood começam a se voltar para o talento de Kathy Selden, que faz teatro e é por quem Don Lockwood nutre fortes sentimentos.

Mary Poppins (1964)

Mary Poppins (1964)

E aqui temos um dos clássicos dos anos 60. Na história, Mary Poppins é uma babá que começa trabalhar com a família Banks, que por sua vez é liderada por um rígido banqueiro. Em seu novo emprego, ela acaba ajudando a educar as crianças e a amolecer o duro coração dos pais, com seus truques de mágica e um guarda-chuva voador.

A Noviça Rebelde (1965)

A Noviça Rebelde (1965)

Esse é outro clássico dos anos 60 que narra a história de uma jovem que sonha em ser freira. Ambientado na Áustria dos anos 30, a trama mostra essa jovem aceitando o desafio de cuidar de sete filhos de um oficial da Marinha quando este escreve uma carta ao convento.

Leia também:

A Fantástica Fábrica de Chocolate (1971)

A Fantástica Fábrica de Chocolate (1971)

Com um remake que deu o que falar na última década, “A Fantástica Fábrica de Chocolate” é outro grande achado nesse gênero de filmes musicais.

No filme, quando uma misteriosa fábrica de chocolate decide promover um tour de um dia para apenas cinco crianças com um acompanhante, um garoto pobre acaba conseguindo realizar o sonho de ter direito a uma das vagas, percebendo em seguida que a experiência pode não ser exatamente aquilo que ele esperava.

Grease: Nos Tempos da Brilhantina (1978)

Grease: Nos Tempos da Brilhantina (1978)

E agora temos um filme que, com grande sensibilidade, mostra o universo dos jovens Sandy e Danny, que viveram um intenso amor de verão, mas descobrem que a relação nutrida nas férias já não tem o mesmo encanto quando andam na mesma escola e começam andar com turmas diferentes.

A Bela E A Fera (1991)

A Bela E A Fera (1991)

Apontado como um dos maiores clássicos do gênero musical e infantil, “A Bela e a Fera” mostra a história de uma jovem que sai em busca do pai que foi aprisionado em um castelo por uma perigosa Fera.

Na tentativa de salvar seu velho, a jovem Bela se oferece como prisioneira no lugar do pai. Aos poucos ela consegue se adaptar ao estranho lugar e começa demonstrar até certo sentimento pela assustadora Fera.

Mudança de Hábito (1992)

Mudança de Hábito (1992)

E aqui temos uma história que mostra um conturbado momento da vida de uma cantora chamada Deloris Van Carter, que depois de presenciar um assassinato na boate onde trabalha, é colocada no programa de proteção à testemunha, passando a viver disfarçada de freira em um convento, onde com sua alegria e talento musical acaba contagiando todos à sua volta.

Moulin Rouge: O Amor em Vermelho (2001)

Moulin Rouge: O Amor em Vermelho (2001)

Lançado no início do século, o filme traz a história de um poeta que se apaixona por uma cortesã, estrela de um aclamado espetáculo no Moulin Rouge.

Apesar do desejo do forte sentimento nutrido pelo jovem, a conquista de sua amada não será tão fácil, já que conta com a concorrência do duque que patrocina o show, que não mede esforços para impedir a união entre o poeta e a cortesã.

Chicago (2002)

Chicago (2002)

Agora, essa outra obra emblemática lançada no início dos anos 2000 traz à tona a história de Velma Kelly e Roxie Hart, que mataram seus cônjuges e precisam encarar o corredor da morte.

Em uma última tentativa de evitar a fatídica sentença, elas se juntam para tentar a fama em um espetáculo de cabaré, torcendo para que o carinho e eventual clamor do público possa salvar suas vidas.

Sweeney Todd (2007)

Sweeney Todd (2007)

E aqui temos uma grande obra inspirada em um aclamado musical da Broadway. A obra traz à tona a trajetória de um barbeiro que decide sair em busca de vingança depois de ver a mulher amada ser abusada pelas mãos de um juiz ao longo dos anos.

Voltando à Londres, ele decide abrir sua barbearia em cima de uma loja de tortas para aguardar o único cliente que lhe importa.

Across the Universe (2007)

Across the Universe (2007)

O longa traz a história de um artista plástico da região de Liverpool que decide ir para os Estados Unidos e acaba se apaixonando por Lucy. Ao lado da amada ele passa pelo período do movimento hippie, a guerra do Vietnã e muito mais, tudo ao som da belíssima trilha sonora com música dos Beatles.

Mamma Mia! (2008)

Mamma Mia! (2008)

Com uma trilha embalada por músicas do grupo sueco ABBA, o longa traz à tona a história de uma jovem noiva que tenta encontrar seu pai verdadeiro. Diante da circunstância, ela surpreende sua mãe ao convidar para o casamento três homens dentre os quais um pode ser o pai que tanto procura.

O Artista (2011)

O Artista (2011)

Lançado há menos de uma década, esse é o filme que presta uma espécie de homenagem ao “Cantando na Chuva”. Na obra francesa, o espectador revive o cinema mudo em preto e branco na história de um casal de atores que se vê forçado a seguir caminhos diferentes diante da chegada do cinema falado.

Os Miseráveis (2012)

Os Miseráveis (2012)

Com Eddie Redmayne em seu elenco, o filme é baseado no romance de Victor Hugo, ambientado em uma França do século XIX, em pleno período de crise, miséria e revoluções.

A obra apresenta uma bela história envolvendo um ex-presidiário que busca reencontrar a liberdade, uma trabalhadora que precisa se prostituir para sustentar a filha e um jovem envolvido com movimentos populares.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: