Cifra da música: Balada do Corcel Verde Velho - Dance Of Days

Esse cifra de Dance Of Days já foi acessado por 795 pessoas.

Comente

A música Balada do Corcel Verde Velho fez muito sucesso quando foi gravada por Dance Of Days. Quer conhecer a letra dela? Veja a letra de Balada do Corcel Verde Velho e cante.

Veja também o vídeo da música tocada.


INTRO:
1º Riff:
*palm mute     2x (Primeira Guitarra)
E|---*----------------------------------------------
B|---8-----*-----*----*-----------------------------
G|---7-----7-----*----7-----------------------------
D|---5-----7-----7----7-----------------------------
A|---------5-----9----5-----------------------------
E|--------------------------------------------------

(Segunda Guitarra)(A 1ª Guitarra toca essas notas G,D,E,D na velocidade que é tocada a 2ª estrofe)
E|--------------------------------------------------
B|---8-8-7-8-10-8-7--------8-8-7-8-10-12-10-8-7-----
G|------------------9-7-----------------------------
D|--------------------------------------------------
A|--------------------------------------------------
E|--------------------------------------------------
    
E|--------------------------------------------------
B|---8-8-7-8-10-8-7--------12-10-8-10-8-7-8---------
G|------------------9-7-----------------------------
D|--------------------------------------------------
A|--------------------------------------------------
E|--------------------------------------------------

2X(1ª guita Faz o 1º riff) e a 2ºGuita faz (G, D, Em, D)
Escutei tua voz ao fundo mandando me dizer que não estava, e me senti um idiota porque
sei que, como sempre vou tornar a te ligar... 
só pra ouvir a tua voz doce me falar

Na Primeira vez que a Primeira guitarra toca isso a segunda Toca isso

e|-------|
B|--7-8--|  3x  ou G|----12-13--|
G|-------|

Depois a segunda guitarra faz a mesma coisa que a Primeira, só que sem palm mute.

(G D Em D) 4x mais rapido que na primeira vez (toca de 3 a 4 vezes a mesma nota)
Que talvez amanhã pode ser, 
e que ligue outro dia pra você... 
Como pude ficar tão vulnerável... 
E tão inseguro em tuas mãos? Caminhando com medo de que o chão 
suma de mim sem dizer porquê...

(B G D Em) 4x
Mas toda vez que você está perto de mim, 
Eu esqueço tudo te olhando sorrir, 
E tudo soa como música até a hora em que você me beija no rosto, 
E outro adeus me diz... 

(G D Em D) 2x No ritmo da primeira estrofe
Tento me dizer que talvez seja melhor assim, 
E que talvez teu mundo não tenha lugar pra mim. 
Já perdi as contas de quantas noites passei dirigindo sem sentido, 
Pensando em te dizer...

(B G D Em) 4x
Que morri e que não precisa se preocupar porque 
nunca mais vou rastejar por estar perto de ti. 
Me diz o que você quer de mim. 
Me diz porque tem que ser assim...
e porque me deixou um recado pedindo pra não sumir...

Quando entrar o solinho denovo a primeira guitarra faz essas notas
G,D,E,D, na mesma velocidade da 1ª estrofe.

O 1º e ultimo solo pode ser:

G|--13-13-12-13-12--15---------13-13-12-13-12--15--17-15-13-12-13-|
D|---------------------14--12-------------------------------------|


G|--13-13-12-13-12--15-----------17-15-13-12-13--
D|----------------------14-12--------------------


Adição da Segunda Guitarra: Rafael O. Joaquim([email protected])


Quer fazer uma correção nesta cifra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!