Topo

Séries curtinhas pra você assistir em um final de semana

Comente

Qual é o seu perfil de seriador? Você prefere aquelas séries com diversas temporadas pra assistir em longas maratonas? Ou faz mais o tipo ansioso, que procura obras mais curtinhas pra conferir logo o início, meio e fim em poucos dias? No caso de a segunda opção fazer mais o seu estilo, você veio ao lugar certo.

Se recentemente falamos aqui sobre as “12 séries mais longas pra quem gosta de maratonar“, dessa vez resolvemos montar uma seleção de boas séries que possuem poucas temporadas e podem ser “devoradas” em um único final de semana.

A lista é dividida por obras que já foram encerradas e outras que, apesar de ainda estarem em andamento, possuem poucos episódios e uma história bem amarrada. Ficou curioso? Então confira!

Séries pra assistir em poucas horas

Séries pra assistir em poucas horas

Séries curtas que já acabaram

Taken

Na primeira posição da lista, temos logo uma série produzida por Steven Spielberg e que por incrível que pareça, não é muito conhecida. Trata-se de uma ficção científica que narra a história de diversas famílias estadunidenses que tiveram experiências com abduções alienígenas.

A atriz Dakota Fanning faz parte do elenco, sendo esse um de seus primeiros trabalhos na telinha. A obra tem uma única temporada com 10 episódios e você provavelmente não precisará de mais que um final de semana para conhecer o desfecho da trama.

Firefly

Aqui temos mais uma ficção científica, só que essa com um conceito bastante original. A série foi criada por Joss Whedon (“Vingadores” e “Vingadores: Era de Ultron”) e trouxe uma mistura de aventura espacial com faroeste.

Seu grande trunfo talvez seja a química entre os personagens, além é claro, do roteiro, que salvo em alguns raros deslizes, consegue transportar o espectador pra dentro da história, mostrando como poderia ser um universo onde humanos vivem em outros planetas recém-colonizados.

Para a tristeza dos fãs, “Firefly” teve só uma temporada com 14 episódios, mas deu origem a um filme que serviu pra dar um final à história. Em um fim de semana você consegue assistir tranquilamente as duas obras.

Agora, vale mencionar que a ordem padrão de exibição dos episódios da série, é diferente da ordem pretendida pelo autor. Se pretende assistir, portanto, aconselhamos que assista os episódios na ordem pretendida, e não na que foi exibida pela TV.

O motivo disso é bastante simples: com os episódios na ordem de exibição (da TV), o espectador pode ficar um pouco perdido e até receber spoilers, já que personagens somem e retornam sem qualquer explicação (por causa da ordem dos episódios).

Difícil entender ao certo o que o canal quis ao mudar a ordem de exibição pretendida por Joss Whedon, mas uma coisa é certa: isso claramente não deu certo. A ordem cronológica de Whedon é a melhor pra conferir a série e a seguir você tem as duas pra decidir qual escolher.

Ordem de exibição da série na TV

  1. “The Train Job”
  2. “Bushwhacked”
  3. “Our Mrs. Reynolds”
  4. “Jaynestown”
  5. “Out of Gas”
  6. “Shindig”
  7. “Safe”
  8. “Ariel”
  9. “War Stories”
  10. “Objects in Space”
  11. “Serenity”
  12. “Trash” (não exibido nos EUA)
  13. “The Message” (não exibido nos EUA)
  14. “Heart of Gold” (não exibido nos EUA)

Ordem pretendida pelo autor (opção mais recomendada)

  1. “Serenity”
  2. “The Train Job”
  3. “Bushwhacked”
  4. “Shindig”
  5. “Safe”
  6. “Our Mrs. Reynolds”
  7. “Jaynestown”
  8. “Out of Gas”
  9. “Ariel”
  10. “War Stories”
  11. “Trash”
  12. “The Message”
  13. “Heart of Gold”
  14. “Objects in Space”

Awake

Aqui temos um drama com bastante mistério que certamente vai lhe deixar bem intrigado enquanto assiste. Na história, Michael é um homem que vive duas realidades diferentes: na primeira, sua esposa sobreviveu a um trágico acidente de carro, enquanto na outra quem sobreviveu foi seu filho. Em cada mundo, um de seus amados está morto e muita coisa é diferente.

Em meio a essa trama, os elementos de uma realidade acabam permeando a outra e se completando de maneira quase perfeita, mas Michael, que é um detetive de polícia, precisa descobrir o que está acontecendo e qual desses mundos é real.

O problema, é que os psicólogos que ele visita em cada uma duas realidades, têm excelente argumento para o que está acontecendo com ele. Em quem acreditar? Será que os dois estão certos? A resposta você encontra ao fim dos 13 episódios da série em sua única temporada.

11.22.63

Essa é uma série de J. J Abramns e Steven King, adaptada do livro “Novembro de 63”, do próprio King. Na obra, o professor Jake Epping se depara com a possibilidade de voltar no tempo até 1963, ano da morte de John F. Kennedy. Além disso, ele acaba convencido da importância de evitar o assassinato do então presidente norte-americano.

O que Epping não imagina, no entanto, é que o passado é obstinado e não quer ser mudado. Além disso, ele vai descobrindo aos poucos que até mesmo um pequeno gesto de boa ação em 1963, pode gerar consequências drásticas. A obra tem 1 temporada de 8 episódios e foi produzida para o serviço de streaming Hulu.

Harper’s Island

Agora, aqui temos a série que é um prato cheio pra quem gosta de mistérios do tipo apresentado pela popular franquia “Pânico”. Ela é inspirada no “Conto dos Dez Negrinhos” de Ágatha Christie, e traz a história de um casal que decide juntar as famílias em uma ilha na semana do casamento.

O detalhe, é que essa ilha guarda consigo um terrível mistério: 7 anos antes, seis pessoas foram brutalmente assassinadas por um serial killer, e isso sem que o crime fosse realmente solucionado.

Como você deve ter imaginado, durante a estadia dos convidados do casamento, as mortes voltam a acontecer, e um a um vai sendo morto. Quem seria esse misterioso assassino? Todo mundo é suspeito. A produção tem uma temporada de 13 episódios.

Twin Peaks

Essa é a série que foi sucesso absoluto nos anos 90 e é obrigatória na lista de todo seriador que se preza. Trata-se de um thriller de mistério com história envolvendo a morte de uma garota chamada Laura Palmer, que aparentemente guardava muitos segredos.

Isso se passa em um ambiente de cidade pequena do interior, onde os personagens são pessoas normais que lidam com o cotidiano, mas ao mesmo tempo têm comportamentos um tanto quanto surreais. A obra tem ao todo 30 episódios divididos em 2 temporadas (1 de 8 e outra de 22).

Um detalhe interessante é que, a exemplo de “Arquivo X”, ela vai ganhar uma nova temporada em breve, mais de 2 décadas após ter sido finalizada. O retorno está previsto para 2017.

Séries curtas em andamento

Fargo

Chegamos aqui na parte das séries que ainda estão em andamento, mas nesse primeiro caso, trata-se de uma antologia de drama, o que a torna bem interessante pra quem gosta de produções curtas.

Na prática, a obra apresenta uma história fechada com início, meio e fim em cada temporada. Os personagens e o elenco também são reformulados de um ano pra outro, já que a trama de um [ano] não tem nada a ver com a do outro.

Na primeira temporada, a obra traz a história de Lester Nygaard, um vendedor de seguros malsucedido que vive sendo ridicularizado por sua esposa devido às condições financeiras da família. A vida desse sujeito um tanto quanto tranquilo, sofre uma terrível reviravolta quando por obra do acaso ele se depara com um desconhecido misterioso chamado Lorne Malvo.

A segunda temporada da série, está situada no ano de 1979 em Luverne, Minnesota, mas acompanha a vida do policial Lou Solverson, que tenta resolver três assassinatos ocorridos em um restaurante local. Pra isso ele precisa contar com a ajuda de seu sogro, Hank Larsson, o xerife.

Black Mirror (EBT: 6 horas)

Aqui temos mais uma antologia, só que diferente de “Fargo”, onde a série conta uma história usando a temporada inteira pra isso, “Black Mirror” traz uma história diferente a cada episódio.

Trata-se de uma obra que aborda a tecnologia moderna sob uma ótica distópica, mostrando sempre algumas consequências chocantes que a evolução tecnológica pode trazer. Até o momento, a série tem 2 temporadas com 3 episódios cada. É ideal pra quem não tem muito tempo no final de semana, mas não dispensa uma boa série.

American Horror Story: Asylum (2ª temporada)

Aqui temos mais uma antologia, só que dessa vez para quem é fã de séries de horror psicológico e suspense. Assim como “Fargo”, “American Horro Story” apresenta uma história diferente e independente a cada temporada.

Nossa recomendação vai para “Asylum” porque a trama dessa que é a 2ª temporada é considerada uma das melhores da série, que por sua vez, está agora em seu 6º ano. A história é ambientada em uma instituição mental comandada pela freira (Irmã) Jude e seu capacho fiel (Irmã) Mary Eunice no ano de 1964.

O lugar foi criado para tratar criminosos insanos, mas muitos pacientes afirmam ser internados injustamente e eventualmente se tornam alvos de experimentos do cientista do lugar. Com interesse de investigar o caso, uma jornalista lésbica acaba sendo vista como ameaça para a instituição, que por sua vez, faz o possível para interná-la também.

Outro personagem central da história, Kit Walker, é acusado por um crime que diz não ter cometido, o problema, é que seu argumento de que a namorada assassinada teria sido na verdade abduzida, não ajuda muito em sua defesa. A temporada tem 13 episódios.

Leia também:

Bojack Horseman (EBT: 10 horas)

Essa é uma animação da Netflix para adultos. A comédia traz a história de Bojack Horseman, um cavalo que é ex-estrela de um seriado da TV e está em plena decadência, vivendo pra gastar dinheiro e esbanjar em sua mansão.

Apesar do bom humor, a obra aborda questões relacionadas à depressão, ansiedade e outros fatores. O que torna a ideia da série bem hilária, é que ela é ambientada em um mundo onde os animais vivem e se relacionam com os humanos como se também fossem humanos, ou seja, conversam, dão entrevistas, trabalham, mantêm relacionamentos, etc.

A obra tem atualmente, três temporadas de 12 episódios cada, mas como cada episódio é de apenas 20 minutos, você não leva mais que 12 horas pra assisti-la toda.

Impastor

Essa é uma série de comédia que gira em torno de um malandro chamado Buddy. Depois de se afundar nas dívidas em uma pequena cidade, ele pensa em se suicidar, mas no fim das contas acaba assumindo outra identidade e se passando por um pastor gay em uma região perto de onde morava, tudo pra tentar se dar bem. A obra tem 1 temporada de 10 episódios e estreia sua segunda temporada nesse ano.

Humans

E por fim temos aqui uma série de ficção científica pautada na singularidade tecnológica. Em um futuro distópico, o gadget tecnológico mais cobiçado é um Synth, que é um servo robótico extremamente similar aos humanos.

Buscando aderir a essa “nova onda”, uma família decide comprar um synth remodelado, só que acaba descobrindo que, compartilhar a vida com uma máquina pode trazer sérias consequências. A obra até o momento tem uma temporada de 8 episódios, mas já foi renovada para o seu segundo ano.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: