Topo

Novelas antigas que foram remakes e você provavelmente não sabia

Comente

Algumas tramas exibidas na telinha, são na verdade remakes de obras já exibidas em um passado distante. E isso não é uma exclusividade das novelas da atualidade, não. Ao longo dos anos, muitas novelas já foram lançadas seguindo essa ideia.

Isso pode ocorrer tanto com tramas que seguem à risca a história da obra original, quanto com outras que sofrem pequenas alterações. O detalhe é que nem sempre os noveleiros percebem que obra é derivada de outra. Você pode se surpreender ao ver algumas das obras que são remakes. Confira alguns exemplos.

Novelas que foram remakes e pouca gente sabia

Meu Pedacinho de Chão

meu-pedacinho-de-chao

Aqui temos uma obra de Benedito Ruy Barbosa. A história da novela girava em torno da professorinha que mudava o dia a dia do pequeno vilarejo de Santa Fé. A trama foi uma das estreias do início dos anos 70, simultaneamente na Globo e na Cultura.

Na produção original, a personagem da professora Juliana foi interpretada pela atriz Renée de Vielmond. Já na nova versão da trama, com imagem colorida e que foi ao ar em 2014, foi a atriz Bruna Linzmeyer quem deu vida a professora Juliana.

O Rebu

rebu

Foi nos anos 70, que o público conheceu a trama de ‘O Rebu’, sendo esse um grande marco da teledramaturgia brasileira por trazer um formato de história diferente daquele com o qual os espectadores estavam acostumados. O diferencial foi que a trama se passava em apenas 24 horas.

A novela foi escrita por Bráulio Pedroso e contou a história de um assassinato que aconteceu na mansão do milionário Conrad Mahler, interpretado por Ziembinski. Em 2014, o remake da produção foi ao ar em uma versão mais moderna. A atriz Patrícia Pillar interpretou a personagem Ângela Mahler, mas o mistério do crime não trouxe uma boa audiência para a Globo.

Leia também:

Saramandaia

saramandaia

Na novela ‘Saramandaia’, exibida ainda em76, o autor Dias Gomes marcou época com seus personagens excêntricos. Na versão original, a atriz Wilza Carla interpretou Dona Redonda, que foi quem protagonizou a cena mais popular da trama, onde sua personagem explodia por não conseguir parar de comer.

Em 2013, o remake da trama, foi ao ar na faixa das 23h e não teve a audiência esperada, embora o capítulo da explosão de Dona Redonda, que dessa vez foi interpretada pela atriz Vera Holtz, tenha rendido bons pontos no Ibope se tornando um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.

Guerra dos sexos

guerra-dos-sexos

Aqui temos uma trama do autor Sílvio de Abreu, que foi ao ar em 1983. Naquela época o elenco tinha nomes como Fernanda Montenegro e Paulo Autran, sendo os responsáveis pelos personagens Charlô e Otávio, que levaram ao ar a cena épica de guerra de comida no café da manhã.

Após quase 30 anos, os atores Tony Ramos e Irene Ravache deram vida aos personagens Otávio e Charlô no remake, mas mesmo com a cena da guerra de comida a trama não obteve o mesmo sucesso.

Gabriela

gabriela

Foi no ano de 1975 que o autor Walter George Durst fez a adaptação do romance ‘Gabriela, Cravo e Canela’ de Jorge Amado para a TV. Na versão original foi a atriz Sônia Braga quem interpretou Gabriela, tendo como uma das cenas mais lembradas a que sua personagem subiu em um telhado resgatar uma pipa.

Em 2012 o remake de Gabriela foi ao ar, mas dessa vez com o autor Walcyr Carrasco, tendo como protagonista a atriz Juliana Paes. Assim como a versão original, o remake manteve bons números de audiência.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: