Topo

Jogos lançados em 2014 que valem a pena e você provavelmente não jogou ainda

4.75 / 5 - 4
Comente

Se você acompanha o universo dos games é possível que já tenha jogado em seu console ou PC os lançamentos mais badalados de 2015 até aqui, certo? Apesar disso, porém, o fato é que em meio a tantos lançamentos que surgem a cada ano, até mesmo os gamers mais antenados acabam deixando passar despercebidos alguns excelentes títulos.

E para ilustrar isso, por exemplo, decidimos apresentar a seguir 5 jogos que foram lançados ainda em 2014 e que você provavelmente não jogou ainda. Escolha o que melhor se encaixa em seu estilo de jogo e não hesite em experimentá-lo, garantimos que valerá a pena.

Veja alguns jogos de 2014 que valem a pena e você talvez ainda não tenha jogado

This War of Mine

Quem é fã de jogos de guerra encontra atualmente uma enorme variedade de opções em títulos nessa vertente, no entanto, são poucos os que apresentam algo verdadeiramente original. Felizmente, porém, esse é o caso do “This War Of Mine”, que está disponível em versão para PC e traz uma abordagem pouco convencional no gênero.

Enquanto na maioria dos games de guerra o jogador controla soldados que matam casualmente, este traz uma história onde é preciso controlar um grupo de civis que tentam sobreviver em uma cidade sitiada pela guerra.

De dia a missão é evitar de ser alvejado por atiradores de elite, enquanto à noite é preciso procurar por mantimentos pela cidade, sempre tentando manter-se vivo em meio ao combate. O game proporciona um desconforto proposital e estimula o surgimento de grandes conflitos, inclusive de cunho pessoal.

Leia também:

The Vanishing of Ethan Carter

Disponível para PC e Playstation 4, o jogo traz uma proposta de inveztigação sobrenatural que leva o jogador ao papel do detetive Paul Prospero, que busca por um garoto chamado Ethan Carter. O game traz bons puzzles, mas foca na narrativa e na humanidade dos personagens em meio à atmosfera apresentada.

Em sua trajetória o jogador precisa usar habilidades paranormais para resolver crimes e encontrar pistas espalhadas no mundo aberto do jogo. Se você é fã desse tipo de game e ainda não experimentou “The Vanishing of Ethan Carter”, saiba que pode estar perdendo um excelente título capaz de garantir bons momentos de diversão.

The Talos Principle

Se você é do tipo que gosta apenas de modelos convencionais de jogos, provavelmente não vai gostar desse, pois de convencional ele não tem nada.

Disponível em versões para PC e Playstation 4, ele mistura elementos religiosos com lógica e coloca o jogador na pele de um androide que vive perambulando por jardins de um ser onipresente com o objetivo de coletar algumas peças.

A trama do jogo não entrega a história facilmente e talvez seja justamente esse o seu maior trungo. O jogador precisa ler terminais e escutar diários em áudio para entender o que se passa. Eventualmente ele leva o jogador a questionamentos existenciais, estimulando o livre pensamento.

Sherlock Holmes: Crimes and Punishments

Todo fã de romance policial que se preza já leu ou no mínimo ouviu falar de Sherlock Holmes, obviamente. Mas quem não conhece sobre o personagem também pode ficar tranquilo, pois esse não é um pré-requisito para jogar “Sherlock Holmes: Crimes and Punishments”.

O jogo traz uma série de bons e sofisticados elementos que ajudam o jogador a fazer uma perfeita imersão na história do detetive mais famoso do mundo. O título parece ter coletado referências da série produzida por Steven Moffat para a BBC, e isso fica evidente nos textos que surgem na tela e mostram a linha de raciocînio do protagonista.

Atualmente disponível em versões para PC e principais consoles do mercado (Xbox One, Xbox 360, PS4 e PS3), o jogo vale muito a pena para quem aprecia o gênero investigativo.

Transistor (PC/PS4)

E para quem gosta do bom e velho RPG de ficção-científica, eis aqui uma das melhores pedidas não só de 2014, mas também da última década. O jogo traz um visual simplesmente estonteante e apresenta combates elaborados que exigem muita estratégia por parte do usuário, em um ambiente pontuado por excelente trilha sonora.

Outro ponto que chama a atenção é que a história é apresentada aos poucos, o que dá ao jogador a possibilidade de ir encaixando as peças e desvendando pacientemente o quadro completo de cada situação. Se você ainda não experimentou “Transistors”, recomendamos fortemente que o faça o quanto antes.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: