Topo

Fifa 16 terá novos estádios, inovações na defesa e no ataque e outras novidades - veja

Comente

Durante uma conferência realizada na Gamescon 2015, na última quarta-feira (5), a EA apresentou ao mundo mais uma série de novidades interessante para o FIFA 16, principalmente no que diz respeito aos modos Carreira e Ultimate Team.

Além disso, nas semanas anteriores outras novidades como estádios inéditos e novos recursos de ataque e defesa também já haviam sido divulgados. E pra você que ainda não conferiu o pacote de inovações do novo game, apresentamos a seguir um “resumão” de tudo o que vem por aí. Confira!

Veja as principais novidades previstas para o FIFA 16

FIFA 16

FUT Draft

Uma das novidades apresentadas nessa semana para o Ultimate Team foi o “FUT Draft”, que na prática é uma maneira de formar uma equipe com jogadores aleatórios. O gamer tem a opção de escolher um entre cinco jogadores para cada uma das posições do elenco.

Os times compostos dessa maneira deverão ser usados apenas em torneios com times montados nesse padrão, nesse caso a meta é vencer quatro partidas consecutivas.

Participa desses torneios quem está disposto a gastar 15 mil moedas, 3 00 FIFA Points ou uma Draft Token, que acompanha pacotes adquiridos pelos jogadores. No caso de o jogador perder logo de cara, a EA promete que haverá uma “recompensa compatível com o valor da inscrição”.

Pré-temporada e treinos na Carreira

E como falamos inicialmente, outro grande anúncio da semana foi a chegada de novidades no Modo Carreira. Entre os destaques está, por exemplo, a inclusão de torneios de pré-temporada e treinos de fundamentos.

Com esses novos recursos os usuários têm a possibilidade de fazer exercícios que ajudarão na evolução dos atletas da equipe. A inteção é dar ao jogador a possobilidade real de mostrar serviço e melhorar o futebol tanto antes quanto durante as temporadas.

Outra novidade também prevista para o game diz respeito à parte do gerenciamento dos clubes. Informações sugerem que será possível contratar jogadores fora da janela (desde que estejam sem contrato com outro clube), aumentar a duração dos relatórios dos olheiros, ter orçamento otimizado e trabalhar com valores mais próximos da realidade.

Leia também:

Melhorias na experiência de jogo

O FIFA 15 fez sucesso com a chamada experiência de jogo da Premier League, e o sucesso foi tamanho com a aparência das transmissões de TV que o recurso será antido na liga inglesa, aparecendo agora também na Bundesliga. Além disso, o Campeonato Alemão terá um visual similar ao da “vida real” em dias de jogos.

Não obstante, existem pelo menos 450 novos scans de rostos de jogadores (que simulam a aparência real), condições climáticas adicionais, mais de 900 cantos de torcidas ao redor do mundo, novos menus, spray para marcação de barreiras e novas comemorações. A seguir você pode conferir um dos trailers divulgados do novo FIFA.

Veja o trailer do FIFA 16

Além do trailer que você pôde conferir acima, a EA já divulgou também outros vídeos com detalhes de suas inovações para o FIFA 16. Em um deles, por exemplo, o usuário é apresentado às aguardadas melhorias prometidas para o novo jogo.

Os detalhes incluem os novos recursos de posicionamento, movimentação e inteligência artificial da defesa, do meio-campo e do ataque. A seguir você confere maiores detalhes sobre essas novidades e confere também o vídeo que mostra na prática o funcionamento de cada uma delas.

Confiança na defesa

Alvo de muita crítica no FIFA 15, o sistema defensivo do jogo parece ter sido repaginado para a versão 16. Agora a agilidade da defesa contará com 25 alterações que prometem melhorar a marcação homem a homem.

Além disso os defensores deverão ter maior liberdade e um novo conjunto de novos movimentos para interceptar a jogada de um atacante rápido e habilidoso. O grande destaque tende a ser a rápida recuperação do jogador após um carrinho, algo que tende a contribuir para uma melhor fluência das ações defensivas.

Ao fazer o movimento para o carrinho o gamer poderá pressionar novamente o mesmo botão para que seu jogador possa se levantar rapidamente e aproveitar-se da roubada de bola (ou mesmo se recuperar de um carrinho errado).

A tendência é que a zaga trabalhe mais como um time e esteja sempre bem compactada, isso significa que em caso de falha em uma saída de bola os companheiros deverão estar melhor posicionados para ajudar na recomposição e evitar um eventual gol do adversário.

Em último caso, se a zaga não “der conta do recado” e o ataque adversário acabar conseguindo uma boa finalização, ainda existe uma grande possibilidade de as ações pararem nos “guarda-redes”, ou seja, nos goleiros. Eles que também foram alvos de crítica no FIFA 15, agora aparentam maior velocidade e explosão para defender chutes de longa distância no alto.

O caminho do gol no FIFA 16

E se a defesa ganhou aprimoramento, o ataque também recebeu melhorias para ter chances de furar a barreira montada pelo adversário. Uma das novidades é o cruzamento dinâmico, para utilizá-lo o usuário só terá que dar dois ou três toques no botão para que os cruzamentos passem por trás da linha defensiva.

Além disso, a mira dos passadores também passaram por reformulação, de modo que será preciso abrir espaços quando quiser que a bola faça determinada curva. O sistema de finalizações também passou por alterações, de modo que agora ele promete fazer o gamer sentir se pegou bem ou mal na bola.

FIFA 16 e o recurso de controle do meio-campo

Considerando a importância do meio-campo em uma partida de futebol, a EA também não abriu mão de trazer alterações para a nova versão do game. O FIFA 16 permitirá que os meio-campistas consigam interceptar e se posicionar melhor tanto defensiva quanto ofensivamente.

Isso tende a resolver um outro problema muito criticado no Fifa 15, que era o de um meio de campo praticamente inoperante, que por sua vez dava margem para uma correria desenfreada e reduzia o espaço para as jogadas mais técnicas.

Uma outra novidade do game deve ser o recurso chamado “passe direto”. Ele promete aumentar a aglidade do jogo sem abusar dos passes dos jogadores.

A tendência é que o recurso desempenhe papel similar ao do botão de “enfiada de bola”, mas com uma eficiência maior e menores chances de a bola ser interceptada.

Veja o vídeo com explicações das novidades do Fifa 16

Novos estádios mas nenhum brasileiro

E pra finalizar, outra novidade anunciada nessa semana foi a de que o Fifa 16 terá nove novos estádios. Infelizmente, porém, não será dessa vez que entrarão na lista os brasileiros.

Entre os novos estádios previstos para o game estão o Monumental de Núñez, do River Plate, em Buenos Aires, e o CenturyLink Field, do Seattle Sounders, da MLS. Além disso, seguindo o exemplo da última edição, todos os estádios da Barclays Premier League estarão no jogo.

Dessa forma, considerando as arenas dos times que foram promovidos da segunda divisão inglesa, os jogadores terão À disposição também o Carrow Road, do Norwich City, o Vicarage Road, do Watford, e o Vitality Stadium, do Bournemouth.

Vale ressaltar que a Premier League é a única liga onde os estádios de todas as equipes estarão no game. Apesar do rebaixamento para a Championship, times como Hull City, QPR e Burnley terão seus estádios à disposição no FIFA 16.

Além deles quem também terá seu estádio no jogo é o Portsmouth, da League Two (Quarta Divisão Inglesa), a arena é a Fratton Park. As demais novidades da lista de estádios são o Borussia Park, do Borussia Monchengladbach, da Alemanha, o Stade Vélodrome, do Olympique de Marselha, da França, e o King Abdullah Sports City, na Arábia Saudita.

A previsão de lançamento do jogo é para o dia 25 de setembro, quando ele deverá ser disponibilizado para PS4, Xbox One, PS3, Xbox 360 e PC.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: