Topo

Batman: Arkham Asylum completa 10 anos. Confira algumas curiosidades

Comente

O game Batman: Arkham Asylum é um jogo inspirado no herói mais querido da DC Comics, que foi lançado pela primeira vez em agosto de 2009 para plataformas PS3, Xbox 360 e PC. Nesta época o game foi considerado inovador por sua jogabilidade e seus gráficos, apesar de não ter sido o primeiro game já lançado do homem morcego, veja algumas curiosidades sobre o game.

O game foi inspirado diretamente nas HQs

O game acabou pegando diversos elementos de hqs do Batman para compor seu enredo, e personagens, mas a maior delas oferece o nome ao jogo, o Asilo Arkham, a revista escrita por Grant Morrison, e desenhada por Dave McKean foi a sua maior base. Mesmo assim os trabalhos de Frank Miller e Neal Adams também serviram de influência.

O roteirista renomado

O jogo contou com Paul Dini, responsável pelo desenho animado de Batman, considerada a melhor animação do herói de todos os tempos, e a que faz mais sucesso e é mais querida entre os fãs desde os anos 90.

O game ditou várias regras

Veja também:

Desde seu lançamento, o game acabou ditando regras no mercado, seu combate em tempo real, mas com base em combos, e a utilização dos controles cadenciados foi devidamente copiado para diversos jogos. O game Mad Max, se utiliza de um mesmo sistema para realizar os combates.

Luke Skywalker é o vilão

O elenco de dublagem do jogo é estelar, contando com Kevin Conroy (Batman) e Arleen Sorkin (Arlequina), além de Mark Hamill, que deu a voz também para o personagem Coringa na série animada de Batman, o ator quase sempre dublou o personagem com o passar dos anos.

A sequência estava escondida

Poucas pessoas sabem, mas desde seu lançamento, se sabia que a sequência seria chamada Arkham City, no jogo existe uma sala escondida que quando iluminada mostra as plantas de Arkham City, prevendo o que iria vir anos depois.

O sistema antipirataria

Batman: Arkham Asylum completa 10 anos. Confira algumas curiosidades

Na versão para PC, o game conta com uma medida bastante interessante, quem tentasse jogar no seu formato pirata, não conseguiria abrir as asas de Batman para ele planar e avançar no mapa. Esta situação tornava o game praticamente injogável, e era algo impossível passar algumas partes sem esta função fundamental para o homem morcego.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: