Topo

Pica Pau - 10 curiosidades incríveis sobre o desenho e o personagem

4.00 / 5 - 3
Comente

Quem viveu a infância e/ou adolescência nas últimas 5 décadas, provavelmente se lembra muito bem do “Pica-Pau”, certo? O emblemático personagem fez grande sucesso na TV aberta brasileira com seu próprio desenho animado, tornando-se inclusive um dos queridinhos dos fãs de animação.

Apesar de ser um grande sucesso no país, no entanto, ele guarda em sua história algumas curiosidades interessantes que a maioria de seus espectadores desconhece. Você sabia, por exemplo, que a risada do personagem pertencia na verdade ao “Pernalonga”? A seguir você entende melhor essa história e confere outros fatos curiosos sobre o Pica Pau.

Curiosidades que você provavelmente não conhecia sobre o Pica Pau

O criador do Pica Pau

O responsável pela criação do Pica Pau foi Walter Lantz. Ele, que nasceu em 1899, viu despertar o interesse pelas aulas de desenho ainda na infância, começando a estudar na área quando tinha por volta dos 12 anos de idade. Apesar de tudo, porém, seu primeiro trabalho foi como mecânico.

Sua carreira mudou em 1928, quando foi contratado para dirigir o desenho “Oswald, o Coelho Sortudo”, que o executivo da Universal Pictures tirou de Walt Disney. Mais tarde, porém, com Disney recuperando os direitos do personagem, Lantz precisou de um novo ícone para trabalhar, e foi aí que iniciou sua trajetória com o personagem “Andy Panda”.

A origem do Pica Pau

Muito tempo depois de seu início na indústria da animação audiovisual, Lantz se casou com Grace Stafford, o que aconteceu precisamente em 1940. Durante a lua de mel com sua esposa, os dois escutaram diariamente um pica-pau no telhado. Nesse momento, Grace sugeriu a Lantz a criação de um personagem inspirado na ave.

Tentado pela ideia, ele decidiu fazer uma espécie de teste, incluindo o personagem no curta-metragem “Knock Knock”, que tinha Andy Panda e seu pai, Papa Panda, como protagonistas. A obra no Brasil ganhou o nome de “O Pica-Pau Ataca Novamente”.

O personagem ganhou destaque e aos poucos conquistou seu espaço: inicialmente com uma aparência de “pássaro louco” e mais tarde com seu visual tradicional, pelo qual ficou conhecido em boa parte do mundo.

Leia também:

Dublador do Pica Pau

O dublador original do personagem foi Mel Blanc, que também emprestou voz a muitos outros personagens de animações, incluindo o Gaguinho, o Patolino e o Pernalonga, dos “Looney Tunes”.

Graças a isso, a risada que ficou eternizada com o Pica Pau, na verdade apareceu pela primeira vez em um episódio de “Happy Rabbit”, personagem que depois se tornaria o também queridíssimo, Pernalonga.

Vale dizer inclusive, que no DVD do filme “Looney Tunes: de volta à ação” há uma cena emblemática e exclusiva nos extras; ela mostra o Pernalonga sendo atingido pelo raio do diamante “Macaco Azul”, voltando então à sua forma primitiva, ou seja, o coelho Happy Rabbit. Depois disso ele dá a famosa risada por duas vezes.

Um detalhe curioso sobre o dublador do Pica Pau, no entanto, é que depois de apenas três episódios ele assinou um contrato com a Warner Bros, deixando o estúdio de Lantz (criador do personagem) em uma situação complicada quanto ao futuro do desenho.

Como não conseguia ninguém para reproduzir a risada de maneira satisfatória, foi preciso improvisar. Foi aí que o estúdio decidiu utilizar nos demais episódios algumas partes da dublagem feita por Blanc.

As coisas se complicaram em 1948, quando o estúdio recebeu uma indicação ao Oscar pela música “The Woody Woodpecker Song”, presente no episódio “Apólice Cobertor”. Como a voz de Mel Blanc estava presente nesse episódio – assim como em muitos outros – o dublador decidiu abrir um processo pedindo meio milhão de dólares.

Apesar do imbróglio acerca do caso, o juiz acabou dando ganho de causa para Lantz e seu estúdio, alegando que Blanc não havia registrado a voz. Para evitar maiores problemas no futuro, Lantz acabou tendo que encontrar outra voz para o personagem.

Quem se candidatou para fazer a dublagem então, foi ninguém menos que Grace, a esposa de Lantz. A ideia não progrediu inicialmente porque o próprio Lantz a recusou, uma vez que se tratava de um personagem masculino.

Em segredo, porém, ela gravou uma fita e mandou para a equipe do estúdio. Sem saber que se tratava da esposa, Lantz aprovou o “novo dublador”, pelo que, sua esposa passou então a ser a intérprete do “Pica-Pau”.

Apesar disso, foi solicitado que o nome dela não aparecesse nos créditos, dessa forma as crianças não saberiam que o personagem era na verdade feito por uma mulher.

O Pica Pau no Brasil

Pouca gente sabe, mas o Pica-Pau foi o primeiro desenho animado a ser exibido no Brasil. A responsável pela exibição da animação foi a TV Tupi, que a colocou no ao ar a partir de 19 de setembro de 1950 ainda em versão legendada – a dublagem só seria feita 7 anos depois.

Os responsáveis pela dublagem do personagem no Brasil foram Olney Cazarré, Garcia Júnior, Marco Antônio Costa e Peterson Adriano.

Uma criança que gostava do desenho do Pica Pau

Reza a lenda que, uma criança chamada Wendy, que era fã do Pica pau, decidiu enviar uma carta para seu criador pedindo um autógrafo.

A correspondência, no entanto, foi destinada a Walt Disney, que muito gentil, não só respondeu à pequena explicando a situação, como enviou uma foto sua com Mickey Mouse, entrando ainda em contato com Lantz para avisar sobre o pedido da garotinha.

Outras curiosidades sobre o Pica Pau

  • Nos Estados Unidos o Pica-Pau é conhecido como “Woody”.
  • Na abertura do desenho o personagem usa o bordão “Guess Who”, que em português seria algo como “Adivinhe Quem é”.
  • O Pica-Pau é, ao lado de Mickey mouse, um dos poucos desenhos animados com estrela na “Calçada da Fama”.
  • O estúdio de Lantz, responsável pelo desenho, encerrou as atividades no início dos anos 70, mais precisamente em 1972.
  • 10 anos após o fim das atividades de seu estúdio, Lantz doou diversos materiais para o Museu Nacional de História dos EUA, o que incluiu um modelo de madeira usado na estreia do desenho.

Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: