Topo

4 curiosidades sobre Ramsés II, O Grande!

Comente

Filho e neto de generais, o faraó Ramsés II foi criado para liderar e para vencer. Nas suas mãos foi que o Egito se tornou um grande império, comandando o Antigo Egito durante o século XIII a.C. Por diversas vezes, foi chamado de Ramsés o grande, o terceiro faraó que governou a 19ª dinastia do Egito.

Em diversos livros de história e antiguidades, ele é lembrado por conta de suas grandes expedições militares que eram lideradas. Apesar de Ramsés II ser uma grande figura na civilização, pouco se sabe sobre sua vida. Confira alguns fatos interessantes sobre o líder egípcio que você certamente não sabia.

4 curiosidades sobre Ramsés II, O Grande!

Ele não era o sucessor ao trono

Entre o trono e Ramsés II, havia seu irmão mais velho, que como filho mais velho do faraó, acabou se tornando príncipe. Apesar disto, por algum motivo desconhecido, o jovem morreu aos 14 anos de idade. A partir disto, com a morte de seu irmão, é que Ramsés II acabou se tornando príncipe e aos 25 anos de idade se tornou faraó.

Quase morreu em batalha

Veja também:

Assim que se tornou princípe, Ramsés II acabou ajudando seu pai em diversas expedições militares. Com 22 anos de idade, liderava o exército egípcio. Assim que se tornou faraó, Ramsés II acabou travando diversas batalhas para proteger as fronteiras do Egito, lutando bravamente, e escapando da morte para recuperar as províncias perdidas para seus inimigos. Considerado por historiadores como um dos heróis de guerra mais corajosos e estratégicos.

A arquitetura era sua paixão

O faraó tinha verdadeira paixão por arquitetura. Com seu longo governo, foram construídas e reformadas diversas estruturas de monumentos e templos. Uma grande maioria das realizações arquitetônicas foram construídas durante a sua época. Duas grandes obras que estão em pé até hoje, foram construídas a mando de Ramsés II como o templo de Ramesseum, e Abu Simbel.

Seu governo durou 66 anos

O reinado de Ramsés II ocorreu entre os anos de 1279 a.C a 1213 a.C, totalizando 66 anos e dois meses no poder. O faraó viveu até os 90 anos de idade, e se acredita que ao final de sua vida, sofria de artrite e outras doenças. Seu reinado foi um dos mais longos de um faraó do período do Antigo Egito, e um dos mais soberanos.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: