Topo

Rinite Alérgica: Veja dicas de como evitar os sintomas dentro de casa

Comente

Um dos problemas de saúde mais recorrentes, principalmente àquelas que ficam constantemente expostas ao pó ou mesmo a ambientes com ácaros, são as alergias, o que pode acabar culminando em uma rinite alérgica.

Antes de qualquer outra coisa é importante ressaltar que a maioria das pessoas que afirmam ter rinite alérgica nunca se consultou com um médico especialista para que de fato pudesse receber tal diagnostico, pelo que, tiram suas conclusões baseando-se unicamente nos sintomas apresentados, algo que nem de longe é o ideal, sendo em todo caso recomendável uma consulta médica.

Leia também:

Sobre a rinite alérgica

rinite-alergica

A título de informação, vale ressaltar que os principais sintomas da rinite são irritação na garganta e coceira no nariz, pelo que, somente um diagnóstico mais detalhado será capaz de determinar o grau e surgimento da doença.

O tratamento para rinite é feita à base de medicamentos, imunoterapia e higienização do ambiente, sendo ainda necessário em alguns casos a realização de uma higienização nasal com solução salina.

Embora exista a recomendação expressa de consulta médica para eliminar os males decorrentes da rinite alérgica, alguns outros cuidados também podem ser recomendados para evitar os sintomas dentro de casa, na sequência listamos os principais deles.

Veja dicas de como evitar os sintomas dentro de casa

Em uma primeira instância vale salientar que os cuidados dentro de casa devem ser frequentes e cautelosos, iniciando-se por manter livre de poeira todos os objetos com os quais se tem contato diário.

Confira todas as recomendações

1 – Quem tem rinite alérgica não deve usar travesseiros nem colchões de pluma e pena pois, esses são os mais susceptíveis ao acúmulo de ácaros e bactérias, pelo que é preferível usar os de fibra, espuma ou látex. Uma outra dica é usar capas impermeáveis para travesseiros e colchões, visto que esse tipo de capa ajuda a reduzir a retenção dos ácaros.

2 – No quarto devem ser mantidos apenas móveis e objetos que sejam usados com frequências, bichos de pelúcia, livros e revistas devem ficar guardados à parte, preferencialmente longe do ambiente comum a quem possui rinite.

Se possível não usar cortinas no quarto, caso não seja possível use cortinas de material que possa ser limpos com pano úmido diariamente, como as persianas por exemplo.

3 – O quarto deve ser totalmente livre de umidade, pois, um quarto úmido é bastante propicio a mofo, que por sua vez é ideal à proliferação de bactérias e ácaros. Para evitar a umidade o ideal é usar tinta anti-mofo nas paredes.

4 – Ao limpar o quarto evite passar vassoura, espanadores ou aspiradores de pó comum para não espalhar a poeira, use aspirador de pó com filtro especial ou limpe o chão e móveis com pano unido, para evitar essa situação.

5 – Como a rinite alérgica deixa o olfato muito sensível é bom evitar o uso de talco, além de desodorantes e perfumes de spray. Devem ser evitados também produtos de limpeza e inseticidas com cheiro muito forte.

6 – Evitar ficar perto de pessoas fumantes para não inalar a fumaça.

7 – No inverno que é quando as crises são mais frequentes é aconselhável que os agasalhos sejam lavados antes mesmo de utilizá-los, pois, podem possuir ácaros e bactérias dado o tempo que ficaram guardados.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: