Topo

Respostas para 7 dúvidas comuns sobre sexo anal que as pessoas têm vergonha de perguntar

Comente

O sexo anal ainda é visto como um tabu, pelo que, ainda hoje existem muitas dúvidas não respondidas e mitos ao redor do assunto. Entre os questionamentos mais comuns estão aqueles relacionados aos tipos de problemas que podem ser decorrentes da prática: Ele causa hemorroidas? A gravidez é possível? Ele transmite doenças?

Além dessas questões existem ainda inúmeras outras sobre os cuidados com a higiene, a forma correta de praticar o ato e também a contaminação com doenças.

Sabendo disso e visando trazer explicações sobre algumas dessas dúvidas, portanto, apresentamos a seguir uma lista de esclarecimentos baseados na opinião de especialistas na área da saúde a respeito do assunto. Confira!

Dúvidas comuns e importantes sobre a prática do sexo anal

Dicas sobre sexo anal

É comum sentir dores todas as vezes em que for fazer sexo anal?

Na verdade não. Isso não é algo comum, por isso, em caso de dores em todas as relações o mais provável é que algo esteja errado, seja na prática ou mesmo na região.

Para evitar a dor, recomenda-se alguns cuidados pontuais, tais como o uso de lubrificante e tranquilidade para relaxar o corpo a fim de curtir o momento.

Para que a prática seja agradável a todos, é importante que os envolvidos estejam em sintonia e confortáveis com a situação. No caso das mulheres o sexo anal tende a ser mais doloroso que a vaginal, já que a região anal não possui a mesma elasticidade da vagina.

Leia também:

Então o uso do lubrificante é mesmo importante?

Sem sombra de dúvidas. O lubrificante deve ser usado porque a região anal não possui uma lubrificação natural como ocorre no caso da vagina.

Vale ressaltar que nesses casos o ideal é utilizar produtos neutros e preferencialmente à base d’água, evitando, portanto, aqueles com anestésico que prometem amenizar a dor na prática.

O sangramento no sexo anal é algo comum?

É possível que haja sangramento na ocorrência de algum trauma com fissura ou microfissura, mas se houver sangramento em todas as relações é melhor procurar um especialista, pois isso não é algo comum. E mais uma vez vale dizer: lembrar-se do lubrificante é essencial.

O riscos de contrair o vírus do HIV com o sexo anal é maior?

Sim. Especialistas alertam que o sexo anal costuma ser a forma mais comum de se contrair o vírus do HIV, causador da Aids. O líquido seminal de uma pessoa soropositivo possui uma grande carga viral e como durante o ato do sexo anal pode ocorrer microfissuras no reto, isso facilita a contaminação.

Além disso, é importante lembrar que na relação anal uma pessoa pode contrair qualquer tipo de DST, tal qual ocorre no sexo vaginal, por essa razão o uso de camisinha é igualmente indispensável.

O sexo anal causa hemorroidas?

Uma relação anal agressiva ou mesmo desprovida de lubrificação, pode até causar lesões na região anorretal, no entanto, não provoca hemorroidas.

Agora, se o sexo anal for praticado por pessoas que já sofrem com o problema, o quadro poderá sim ser agravado. As hemorroidas são veias inchadas e dolorosas na parte inferior do reto ou ânus.

É necessário fazer a higiene antes e depois do sexo anal?

Nesse caso a resposta é sim. É de suma importância manter a higiene da região anal, e isso mesmo com o uso de camisinha durante a prática, o que como já mencionado, é obrigatório para quem quer minimizar riscos de contaminações.

A higienização da região anal é importante principalmente para evitar que bactérias normais do intestino entrem em contato com a uretra, provocando infecção urinária.

Os riscos de praticar o sexo anal sem uma higiene adequada inclui ainda a possibilidade de transmissão de doenças, como hepatites A e B, uma vez que a contaminação é facilitada com as microfissuras.

Vale lembrar ainda que ninguém nunca se deve manter uma relação anal seguida de vaginal sem antes trocar o preservativo e limpar bem a região para evitar uma contaminação.

A lista de cuidados higiêncos inclui a evacuação antes do ato sexual para evitar que as fezes apareçam durante a prática e a limpeza do local com água e sabão antes e depois do ato. Além disso a pessoa que fez a penetração deve urinar após o ato para limpar a uretra e lavar o pênis com água e sabão.

Sexo anal pode resultar em gravidez?

A resposta nesse caso é não. A penetração no sexo anal irá abranger a parte do canal anal e retal, já a penetração vaginal abrange o canal para os aparelhos reprodutores femininos. Por isso as chances de engravidar com o sexo anal é nula, uma vez que o intestino não possui nenhuma ligação com os órgãos reprodutores femininos.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: