Topo

Prós e contras do jejum intermitente

Comente

A prática de jejum intermitente é encontrada como uma alternativa interessante de dieta, capaz de contar com alguns benefícios, principalmente em alguns casos de obesidade, apesar disto não existem comprovações de que seja mais eficiente do que outros tipos de programas alimentares que possuem restrições de calorias.

O motivo principal do sucesso desta prática é que muitas pessoas não conseguem se organizar para manter uma dieta hipocalórica, e a partir disto prefere adotar um dos protocolos de jejum intermitente por ser mais fácil de o adaptar à rotina por não ter a necessidade de seguir algum cardápio.

Prós e contras do jejum intermitente

Alguns pontos positivos e negativos para o jejum intermitente

Existem duas versões da prática de jejum intermitente, uma delas onde o jejum ocorre em 16 horas e uma outra técnica envolvendo um hiato de 24 horas longe da mesa pelo menos uma ou duas vezes na semana.

Veja também:

Independente desta prática auxiliar a emagrecer, ela não faz milagres, é fundamental que a pessoa se alimente de uma maneira saudável e equilibrada em momentos permitidos.

Não adianta passar longos períodos sem comer e atacar os alimentos cheios de calorias posteriormente, entre eles bolos, bebidas, massas, etc. O recomendado é colocar no cardápio as gorduras boas como as sementes e oleaginosas, as proteínas magras como peixes, grãos integrais, além de verduras e de legumes.

Situações de mal estar não devem ser ignoradas

Algumas situações como por exemplo episódios de hipoglicemia provocam mal estar e sensação de desmaio, estes não devem ser ignorados. O interessante é ter o cuidado com a falta de acompanhamento médico e nutricional, além disto a prática não é em nada recomendada para quem possui distúrbios alimentares, mulheres grávidas, os diabéticos e pessoas menores de 18 anos.

Como envolvem práticas contraditórias, a condição de jejum intermitente é comparada com a recomendação de se alimentar a cada três horas, uma das máximas na prática de reeducação alimentar. Estas estratégias são diversificadas e a indicação irá depender do perfil e resposta de cada um, o fracionamento de refeições nos períodos mais curtos funcionam bem para quem possui uma tendência de perda de controle.

Em linhas gerais o jejum intermitente não é algo recomendado para a saúde das pessoas, por este motivo sempre que necessário, busque e tire suas dúvidas através de auxílio a especialistas no assunto, médicos, nutricionistas, etc.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: