Topo

Dicas e cuidados para as mulheres que não querem engravidar

Comente

Mesmo que muitas mulheres tenham o sonho de engravidar, o fato é que, nos dias de hoje, existem muitas questões que acabam sendo pesadas em relação a possibilidade de a mulher ter um filho ou não. Mesmo entre aquelas que desejam ser mães geralmente existe um consenso de que a gravide deve sempre ser planejada e chegar em um momento adequado para todos os envolvidos.

Existem aquelas dicas básicas de precaução para os casais que não querem engravidar, mas nem sempre elas acabam se aplicando a realidade do dia a dia dos casais. Por exemplo, muitos casados simplesmente não utilizam preservativos. Portanto, é preciso sempre adaptar os cuidados e as dicas para a realidade dessas pessoas.

Dicas e cuidados para as mulheres que não querem engravidar

Confira algumas dicas e cuidados para que as mulheres que não querem engravidar:

Não confunda os dias férteis com os não férteis

Veja também:

Um dos erros mais comuns que as pessoas costuma cometer em relação aos cuidados para a gravidez está diretamente relacionado com o controle do seu próprio período fértil. É preciso ter realmente controle dos dias em que ela está propensa a engravidar e aqueles dias que podem ser considerados mais seguros. Hoje em dia é possível contar com a tecnologia para ter uma ajuda neste sentido, com aplicativos que ajudam a manter este controle.

Utilize somente os métodos contraceptivos adequados

Nem todos os métodos que estão disponíveis nos dias de hoje podem ser considerados como adequados para todas as mulheres. Se a pessoa esquece frequentemente de tomar os remédios na data certa, por exemplo, este não pode ser o método que vai garantir a tranquilidade que elas precisam.

Não confie em métodos caseiros

Existem também muitos métodos e muitas dicas que podem ser consideradas mais caseiras ou amadoras e que acabam sendo transmitidas de mãe para a filha com o passar dos anos. O método do coito interrompido, por exemplo, não pode ser considerado como um método eficiente. Pesquisas mostram que o índice de falha deste método é de 40%, 40 vezes mais do que é o método da pílula, por exemplo.

Utilize método contraceptivo no pós parto

Muitas mulheres simplesmente param de utilizar o método, acreditando que o fato dela estar amamentando vai proteger de uma possível nova gestação. Mais uma vez este pode ser considerado como um método amador e com pouca credibilidade no meio cientifico.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: