Topo

Asma: fatos e para entender e controlar a doença

Comente

A asma é considerada como uma das doenças mais comuns e presentes na vida de adultos e crianças ao redor do mundo inteiro. Alguns sintomas acabaram se tornando muito famosos, como a dificuldade que as pessoas possuem para respirar, a tosse, a sensação de aperto e chiado no peito, etc. 

Essa é uma doença classificada como inflamatória crônica que acaba atingindo diretamente e as vias aéreas, causando estreitamento da passagem de ar, e isso tudo agrava o  quadro de respiração tanto em adultos quanto em crianças. A resposta do organismo acaba sendo o fechamento do caminho do ar até os brônquios. 

Junto à rinite alérgica e à doença pulmonar crônica (DPOC), a asma, que atinge aproximadamente vinte milhões de brasileiros segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, está entre as doenças respiratórias mais comuns no país.

Asma: fatos e para entender e controlar a doença

Veja também:

Confira alguns fatos importantes para entender melhor como controlar a asma:

Existem diferentes tipos de asma

Não existe apenas um tipo de asma. Trata-se de uma doença muito variável. Os tipos mais conhecidos de asma são: alergia, eosinofílica, asma de início tardio e asma causada por obesidade. O tipo mais comum é a asma alérgica, que se beneficia de tratamentos à base do corticoide inalados. Mas cada tipo de asma precisa de um determinado tipo de tratamento. 

Sintomas são diferentes do coronavírus

A asma acabou surgindo como um dos principais fatores agravantes para o coronavírus. Mas os sinais acabam sendo diferentes das pessoas que estão contaminadas com o coronavírus. Enquanto pessoas infectadas pelo COVID-19 apresentam febre, por se tratar de uma doença infecciosa, bem como dor no corpo, dor de cabeça e diarreia, um paciente com asma não os tem, então apresenta somente aqueles mais característicos como a falta de ar.

O diagnóstico correto é fundamental para o tratamento

É fundamental que as pessoas que sentem os sintomas da doença procurem um médico e tenham um diagnostico preciso sobre o que está acontecendo no seu organismo. Um dos principais erros que as pessoas cometem é quando elas acabam fazendo o próprio diagnostico e utilizam medicamentos por conta própria. 

Tratamento contínuo é eficiente

Diferentemente de outros sintomas, a asma necessita que as pessoas mantenham um tratamento contínuo. O mais comum é com a utilização de corticoide inalado, mas isso depende do tipo de asma. 




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: