Topo

Veja os tipos de fermentos disponíveis no mercado e entenda as diferenças

3.00 / 5 - 1
Comente

A maioria das pessoas que lidam com o ambiente da cozinha costuma conhecer apenas um ou outro tipo de fermento, mas o fato é que existem pelo menos 5 tipos comuns no mercado. E para ilustrar isso, apresentamos a seguir uma lista que mostra detalhes a respeito de cada um deles. Confira!

As diferenças e características de 5 tipos de fermentos disponíveis na atualidade

Fermento químico

Fermento químico

O fermento químico é composto basicamente de bicarbonato de sódio e ácidos orgânicos, capazes de reagir a uma temperatura de 50ºC a 60ºC quando em contato com a umidade.

Esse tipo de fermento deixa a massa mais leve, sendo, portanto, muito usado para fabricação de pães e bolos. Conforme já implícito, esse tipo de fermento deve ser armazenado longe da umidade.

Leia também:

Bicarbonato de sódio

Bicarbonato de sódio

Esse é um tipo de fermento que pode ser usado em substituição ao fermento químico em pó desde que haja uma boa quantidade de ingredientes ácidos envolvida no preparo do alimento. Nesses casos ele pode ser usado no preparo de pães e bolos rápidos.

Fermento biológico seco

Fermento biológico seco

Comercializado na maioria das vezes em pequenos pacotes, o fermento biológico seco pode ser armazenado fora da geladeira sem problemas. O seu processo de fermentação fica hibernado por ele não possuir umidade. Esse tipo de fermento é usado na fabricação de pizzas e pães, podendo ser adicionado diretamente na farinha.

Em relação às suas características:

  • Sua umidade é de 7 a 9 %;
  • Pode ser encontrado em embalagens de 100 g e de 50 g metálicas;
  • Seus grãos são escuros e do tamanho de um alpiste;
  • É válido apenas por cerca de 180 dias;
  • Exige temperatura ambiente para sua conservação;
  • Tem coloração amarela escura com a tonalidade de palha

Fermento biológico fresco

Fermento biológico fresco

O fermento biológico fresco é aquele de padaria encontrado em pacotes ou tabletes. Esse tipo possui aroma característico e sua composição conta com fermento e substratos variados. Sua conservação deve ser feita em refrigerador e ele pode ser usado na fabricação de pães e pizza.

Em relação às suas características:

  • Possui 70% de umidade;
  • Pode ser encontrado em pacotes de 15 g e 500 g;
  • Tem temperatura de atuação por volta de 36º C e pode morrer a cerca de 59º C;
  • Apresenta-se como um creme acinzentado;
  • Demanda refrigeração de 4 a 8º C por um período máximo de 15 dias (deve-se mantê-lo o menor tempo possível fora de refrigeração para evitar perda do seu poder de fermentação); e
  • Sua dosagem varia de acordo com o tipo de massa, o processo utilizado e a velocidade de fermentação desejada.

Fermento natural

Fermento natural

O fermento natural usa microrganismos presente no ar e na farinha (também encontrados em frutas e grãos) somados a lactobacilos. Esse tipo possui aparência e textura de uma massa de pão mole, é feito em casa e leva cerca de dez dias para ficar pronto, depois disso deve ser alimentado todos os dias com água e farinha.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: