Topo

Veja como preparar bife à milanesa com dicas simples e eficientes

Comente

O bife à milanesa é um dos pratos mais famosos na culinária brasileira, e acaba que cada um tem um pequeno truque para deixar o prato ainda mais saboroso com um toque especial. Se você ainda não aprendeu a preparar o seu bife à milanesa, veja a seguir algumas dicas que podem te ajudar.

Como preparar bife à milanesa saboroso e sequinho

Veja como preparar bife à milanesa com dicas simples e eficientes

Tipo de pão

Para que seu preparo fique bem sequinho, o ideal é usar pão italiano para fazer a farinha de rosca na hora de empanar o bife. A sequência correta é usar a farinha de trigo, ovos batidos e depois a farinha de rosca.

Vale destacar que, o verdadeiro sucesso de seu prato de modo geral vai depender da farinha de rosca usada. Outra dica é evitar comprar o produto industrializado, é preferível comprar um pão italiano, cortá-lo em fatias e deixa-lo secar no forno baixo, sem deixar queimar. Na falta desse tipo de pão, pode-se usar o do tipo francês.

Tipo de carne

Veja também:

Por mais macio que seja, não use o filé mignon para o bife. Você sabia, por exemplo, que a versão original italiana é feito com costeleta de vitela? Pois é, e na falta desse corte, o ideal é usar opções como coxão duro, patinho e miolo de alcatra, além do contrafilé bem limpo sem gordura, que também pode ficar saboroso.

Se desejar outro tipo de carne na milanesa, você pode usar também sobrecoxa de frango desossada ou mesmo lombo de porco. Todos funcionam muito bem na receita.

Espessura da carne

De acordo com especialista, o ideal é que o bife seja bem fininho, pois isso tende a garantir que seu prato frite por inteiro sem ficar cru por dentro e/ou queimado por fora. Quando o corte de carne é muito grosso ele solta mais líquido, o que costuma atrapalhar sua fritura.

Temperos

Cada cozinheiro tem sua preferência na hora de usar temperos – há quem use na farinha de rosca, no ovo batido ou na carne. Nossa dica é temperar o bife com sal e pimenta do reino e deixar o resto dos ingredientes neutros.

Mas se desejar um sabor extra, vale apostar em temperos como tomilho, alecrim e/ou orégano, podendo recorrer também a pimentas como a branca ou a calabresa. Vale também temperar o bife com alho antes de empanar.

Sem excessos

Cuidado para não pesar na mão, quando for preparar, passe primeiro o bife na farinha de trigo, depois no ovo batido e por fim na farinha de rosca. Não se esqueça de remover bem os excessos em cada uma das fases para obter uma milanesa bem leve.

Temperatura ideal

O ideal é que a fritura seja feita em gordura vegetal a 200 graus para garantir que os pedaços de bife fiquem bem secos.

Após a fritura

Evite servir o prato após fritar, a dica é esperar um pouco e deixar a milanesa descansando sobre o papel-toalha. Esse tempo além de secar um pouco a gordura ainda irá ajudar a reidratar a carne, deixando-a mais suculenta na hora de servir.

E então, gostou das dicas? Fique à vontade para deixar sua opinião nos comentários. 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: