Topo

Vai investir em marmita congelada saudável? Veja dicas para acertar na compra

Comente

Quando o assunto é comida saudável, a imaginação logo recorre a itens como salada, frango grelhado e arroz integral. Mas embora prato até seja saboroso, a verdade é que comer a mesma coisa todos os dias pode acabar causando um certo enjoo e consequentemente uma quebra na dieta. O ideal, portanto, é variar um pouco nos pratos saudáveis para não enjoar e poder manter a dieta em equilíbrio.

Felizmente, na atualidade existem várias opções de pratos prontos e saudáveis, o que para quem não tem tempo ou disposição para preparar suas marmitas, se mostra uma possibilidade muito viável.

Nesse caso, a ideia é deixar congelado, podendo aquecer o alimento em banho maria ou no micro-ondas sem que isso cause perda nas propriedades posteriormente. E se você é o tipo de pessoa que não sabe como escolher uma marmita saborosa e rica em nutrientes, portanto, veja a seguir as nossas dicas e não quebre a dieta. Confira!

Dicas para aderir à marmita saudável congelada

Vai investir em marmita congelada saudável? Veja dicas para acertar na compra

Verifique a tabela nutricional

Veja também:

Não se engane ao ver um prato bonito à venda, pois nem toda comida congelada é saudável. Por isso mesmo, antes de levar a comida para casa verifique a tabela nutricional e fique atento, pois a quantidade de sódio por porção não pode ultrapassar 20% do valor diário. Verifique também se a comida é livre de gorduras trans e tem até 2gr de gordura saturada.

Fique atento aos ingredientes

Ter um prato colorido é muito bom, porém, desconfie se o prato congelado possuir muitos ingredientes. Isso porque quanto mais processada a comida for, mais ingredientes ela vai ter. O ideal, portanto, é consumir pratos preparados com ingredientes naturais, temperados com ervas e especiarias. Evite comprar pratos que possuem glutamato monossódico e gordura vegetal ou hidrogenada.

De olho nas calorias

Pessoas que estão a fim de perder peso ou manter o mesmo, devem seguir uma dieta equilibrada. O ideal é consumir alimentos com média de 200 a 300 calorias, no caso da mulher e 400 a 500 calorias, no caso do homem, sendo essa uma estimativa e não uma regra. Fique atento também ao método usado para embalar o alimento, afinal, determinados formatos podem alterar seu sabor, textura e qualidade nutricional.

Segundo especialistas, por exemplo, embalagem a vácuo e o processo de ultracongelamento, quando o alimento é exposto a uma variação rápida e brusca de temperatura, logo após sair do fogo, estão entre os formatos que oferecem menos risco de contaminação. Vale dizer ainda que, quando há excesso de cristais de gelo é sinal que o alimento não está congelado de forma correta, podendo isso prejudicar a qualidade do alimento.

Verifique a embalagem

Se for receber a marmita em casa, procure observar se a embalagem não está molhada ou mole, pois pode ser indício de que o alimento foi descongelado e congelado novamente. Caso a embalagem seja a vácuo e esteja desgrudada do alimento, pode ser sinal de que houve perfuração e entrou ar, o que facilita a contaminação do alimento.

Coloque direto no freezer

Caso sua intenção seja consumir o prato congelado em até 24 horas, é possível armazenar o prato tranquilamente no congelador. Mas não se esqueça que uma vez descongelado, não se pode voltar ao freezer, para que não haja perda na sua qualidade e nutrientes.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: