Topo

Gosta de receitas com frango? Veja detalhes que você precisa saber sobre o alimento

Comente

O frango, sem dúvida é um dos alimentos mais versáteis da cozinha, afinal, existem inúmeras formas de prepará-lo. Mas, por mais que a receita possa variar dependendo do corte da ave, uma coisa é certa: seu sabor é inconfundível.

A lista de receitas com frango inclui pratos como assados, grelhados, cozidos, ensopados e desfiados. A boa notícia é que algumas das opções podem ser preparadas até mesmo por quem é leigo na cozinha, bastando apenas um pouco de dedicação e uma boa receita.

E para dominar o preparo de pratos à base de frango, algumas informações preliminares são indispensáveis, e é exatamente sobre elas que falaremos na sequência. Confira!

Coisas que você precisa saber sobre o Frango

Coisas que você precisa saber sobre o Frango

Cortes do frango

Peito de frango

O peito do frango pode ser vendido de três formas: desossado; com pele; ou com osso. Vale dizer que o peito com pele e o com osso são ideais para preparo de cozidos, enquanto o peito desossado é ideal para preparo de grelhados e refogados.

Coxa de frango

A coxa pode ser encontrada com ou sem osso, sendo essa a parte escura do frango, também considerada a mais saborosa e suculenta. É importante ressaltar, porém, que a coxa do frango pode ser considerada a parte mais difícil de ser preparada. A boa notícia é que ela pode ser feita na grelha ou assada.

Sobrecoxa de frango

A sobrecoxa possui mais gordura e músculo, sendo também uma carne escura da ave. A melhor forma de preparar a sobrecoxa também é assada, mas também funciona muito bem quando grelhada.

Asa

A asa do frango é um corte com carne branca e coberta de pele grossa. A melhor forma de preparar a assa do frango é grelhada, mas ela também fica excelente quando frita.

Leia também:

De olho na embalagem do frango

Quando for comprar o frango, você não deve olhar apenas a aparência da ave, é importante que leia também as informações da embalagem que poderão indicar a procedência e a qualidade de seu alimento. Normalmente a lista de informações indica se o alimento é:

  • Natural – isso indica que o alimento não possui ingredientes artificiais em seu processamento. Ainda assim o frango pode ter sido alimentado com antibióticos quando doente.
  • Orgânico – isso indica que o frango foi criado em galpões livres de gaiolas e antibióticos. Indica também que o frango foi alimentado com grãos cultivados sem fertilizantes ou pesticidas sintéticos e sem ingredientes artificiais usados durante o processamento.
  • Free-range – isso indica que a ave estava livre para vaguear e comer vários grãos. Vale dizer, no entanto, que esta afirmação não precisa ser verificada, ou seja, em tese algum frango ainda pode ter sido tratado com hormônios ou antibióticos.
  • Kosher – isso indica que a ave foi criada e morta sem dor, sob supervisão e de acordo com as leis específicas durante o processamento. Pode ou não ter recebido hormônios ou antibióticos.

Riscos de contaminação do frango

O frango pode transportar algumas bactérias capazes de causar algum tipo de doença, por isso é importante tomar algumas medidas de segurança para evitar transtornos. A seguir você confere algumas das precauções válidas. Veja:

  • Quando comprar frango, procure deixar na parte de baixo do carrinho de compras, evitando que ele toque em outros alimentos, evitando assim a contaminação.
  • Quando for levar as compras para casa, procure não misturar o frango no mesmo saco plástico dos alimentos prontos para consumo.
  • Ao congelar o frango, lembre-se que ele pode ficar na própria embalagem por uma semana, porém, se quiser armazená-lo por mais tempo procure colocar em outro saco plástico mais resistente.
  • Ao descongelar o frango, faça isso na geladeira mesmo e no dia anterior – ou na manhã do dia em que for cozinhar a ave. Isso é importante porque se o frango for descongelado em temperatura ambiente, há o risco de proliferação de bactérias.
  • Ao cozinhar procure não lavar o frango antes de cozinhar, isso pode contaminar a cozinha, pia e até suas mãos. As bactérias presentes na carne serão mortas quando aquecidas em alta temperatura.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: