Topo

Aprenda preparar a marmita do escritório corretamente com 4 dicas práticas

Comente

Levar marmita para o trabalho é algo que vem se tornando cada vez mais comum no dia a dia da maioria das pessoas, seja por comodidade, economia ou até mesmo para manter uma dieta balanceada.

O detalhe, porém, é que em um ambiente mais direcionado ao trabalho em equipe, as regras do bom senso sugerem que é sempre bom manter o local ideal para todos, de modo que, levar comida que deixa mal cheiro no ar, ou que espirra molho pelo microondas não é exatamente algo muito agradável para com os colegas.

Sabendo disso, portanto, listamos a seguir algumas dicas de como montar uma boa marmita para levar para o trabalho sem causar transtornos no ambiente. Veja!

Dicas para preparar a melhor marmita para o trabalho

Aprenda preparar a marmita do escritório corretamente com 4 dicas práticas

Evite alguns ingredientes

Veja também:

Sabemos que existem muitos pratos maravilhosos, porém muitos deles podem causar intrigas no trabalho por causar mau cheio no ambiente. Por isso o ideal é evitar alimentos como nabo, couve-flor e pimentão, deixe esses ingredientes para comer em casa.

Além disso, é bom lembrar também que alguns alimentos não resistem bem ao transporte e reaquecimento no forno ou micro-ondas, A lista de exemplos inclui itens como batatas fritas e frituras de modo geral, empanados, risotos e alguns tipos de carne.

Pratos com umidade

Procure investir em prato que mantenha a umidade por mais tempo, itens tais como carne de panela, arroz de forno e almôndegas com molho, por exemplo, podem funcionar assim. Outros preparos que também resistem bem à marmita são aqueles à base de ovo e alguns vegetais dependendo do modo que foi preparado, isso inclui omeletes recheadas, ovo cozido, legumes no vapor e batatas assadas ou gratinadas.

E não se esqueça que por mais saudável que seja, o peixe também pode causar mau cheiro no micro-ondas, porém, quando feito ao molho, pode até ser uma boa refeição que não traz grandes transtornos ao ambiente de trabalho, nesse caso, a dica é abusar do bom senso para avaliar se pode ou não arriscar.

Folhas sequinhas

Não se esqueça de sempre secar as folhas da salada, tais como as de alface, espinafre ou rúcula, pois essas costumam ser mais frágeis de levar na marmita, uma vez que podem murchar facilmente.

Por isso é importante secar bem antes de colocar esses alimentos no pote, e é bom lembrar de escolher também as folhas mais escuras, como agrião, espinafre e couve, que são mais resistentes. Além disso, não se esqueça de temperar a salada somente na hora de consumir.

Tipo de marmita

Outro fator importante é o tipo de marmita que irá comportar a sua comida, ela pode ser de metal, de plástico, de silicone, de vidro, dentre outras matérias-primas. Independente do tipo de material, no entanto, é importante ficar de olho nos detalhes. Se possível invista em uma bolsa térmica para garantir a conservação do alimento, principalmente se não tiver geladeira no ambiente de trabalho.

Outra dica importante é não encher totalmente a marmita, pois se torna mais fácil de abrir no caminho para o trabalho. O ideal é que cada porção seja levada em um pote diferente, para que a comida não se misture no trajeto.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: