Topo

Tudo o que você precisa saber antes da sua primeira viagem de avião

Comente

Quem apenas ouve falar ou acompanha de longe os preparativos de uma viagem de avião, por vezes se vê bastante confuso no momento que precisa organizar um cronograma para voar pela primeira vez.

Isso, no entanto, é até bastante compreensível considerando que ambientes como check-in, esteira de bagagem e portão de embarque são na prática novidades para quem nunca esteve em uma aeronave.

Além disso, há ainda o fato de que a bagagem precisa cumprir certos padrões e sem contar que no caminho o viajante tende a ouvir termos com os quais não está tão familiarizado assim, tais como “conexão”, “escala” e “turbulência”, por exemplo.

Sabendo das dificuldades encontradas pelos passageiros de primeira viagem, portanto, decidimos listar a seguir uma série de informações que serão de grande utilidade desde o planejamento do voo até o embarque e desembarque.

Veja o que você deve saber antes de viajar pela primeira vez de avião

O que você deve saber antes de viajar pela primeira vez de avião

Dicas para os preparativos e informações úteis para a viagem

As malas que vão no avião

Em um avião comercial os passageiros têm direito de levar dois tipos de bagagem: a de mão, que é carregada pelo próprio passageiro e a outra que é despachada e vai no bagageiro da aeronave (o viajante entrega ela no momento do check-in e só pega de volta no desembarque).

A primeira bagagem (a de mão) deve ter peso máximo de 5 quilos e o viajante deve colocar nela os itens de maior valor, tais como celulares, laptops, smartphones, carteiras, documentos, etc.

Além disso é importante também levar pelo menos um conjunto de roupas para o caso de a outra bagagem extraviar (não chegar no destino), que é algo que acontece eventualmente.

Já na segunda bagagem (que irá no bagageiro) o passageiro deve colocar os demais itens, incluindo as peças de roupa e calçados. Note, no entanto, que por medidas de segurança, não são pemitidos itens cortantes tais como alicates, tesouras de unha, canivetes, etc.

Não obstante, também não são permitidos frascos líquidos com mais de 100 ml de produtos inflamáveis ou explosíveis, como sprays e isqueiros, por exemplo. Vale ressaltar que cada viajante, incluindo crianças, podem despachar uma mala grande no check-in, esta por sua vez deve ter no máximo 23 quilos (nos voos nacionais).

Em caso de excesso na bagagem, o passageiro deve pagar uma taxa extra. Uma dica importante é identificar a bagagem com adesivo ou algo do tipo para não acabar confundindo a mesma com a de outra pessoa quando for retirar. Um cadeado para evitar uma eventual perda de itens da bagagem também é bem-vindo.

Leia também:

A documentação para a viagem

Os cuidados com a documentação necessária para a viagem é algo imprescindível. Nos casos de voos nacionais o viajante pode usar o RG, a carteira de motorista, um passaporte nacional ou até mesmo a carteira de trabalho. Os documentos podem originais ou cópias autenticadas em cartório.

Já nos casos de viagens internacionais, o passageiro deve levar consigo o passaporte com o visto do país que será visitado (se ele assim o exigir). É importante dizer também que determinados destinos exigem comprovantes de vacinas específicas.

Kit para viajar no avião

A dica para quem vai viajar é usar calçados e roupas confortáveis, além disso, ainda que o destino da viagem seja uma região de altas temperaturas é importante levar um casaco a bordo, afinal, é importante se proteger do frio do ar-condicionado.

Vale ressaltar que na hora do pouso e da decolagem muita gente costuma sentir uma espécie de dor no ouvido, para evitar isso a dica é levar algumas gomas de mascar a bordo, pois a mastigação pode aliviar o desconforto. Na falta do chiclete, a simulação de um bocejo pode proporcionar efeito similar.

E se você é do tipo que sente enjoo ao viajar de carro ou ônibus, o melhor a fazer é levar também o remédio habitual, pois no voo também é possível ter a sensação de náusea.

Dicas e informações úteis sobre como proceder no aeroporto

Horário de chegada no aeroporto

Para quem pretende viajar a um destino nacional o melhor é chegar ao aeroporto no mínimo uma hora antes do horário previsto para a saída. Isso ajuda a evitar impasses e uma eventual perda do voo. Já no caso de viagens para destinos internacionais recomenda-se antecedência mínima de duas horas.

O que é o check-in? Como proceder ao chegar no aeroporto?

Se você já ouviu o nome “check-in” mas nunca soube exatamente o que ele significa, fique tranquilo. Fazer check-in nada mais é que se apresentar com o documento de identificação e quando possível o bilhete de passagem emitido na ocasião da aquisição. Isso é feito no balcão de embarque da companhia aérea escolhida para a viagem.

É também durante o check-in que a bagagem grande é entregue para embarque. Nesse momento ela é pesada, identificada e despachada, depois disso o funcionário concede o cartão de embarque com as informações sobre o voo. É esse cartão que será apresentado na hora do embarque na aeronave, portanto, é importante não perdê-lo.

Depois de realizar todo o processo de check-in o passo seguinte é procurar a plataforma de embarques. Os aeroportos geralmente possuem um salão para embarque doméstico (voos nacionais) e outro para embarque internacional (voos internacionais).

Tenha em mente que todos os passageiros devem passar pelo detector de metais na hora do embarque, portanto, é importante não tentar passar com nenhum objeto metálico, o que inclui chaves, moedas, cintos, etc.

Eles devem passar junto com a bagagem de mão no raio-X. Passado esse processo, basta dirigir-se até o portão de embarque que tem seu número indicado no cartão.

Procedimentos para quando já estiver no avião

O que pode e o que não pode durante o voo

Uma vez dentro da aeronave, o passageiro precisa encontrar o assento destacado no cartão de embarque. Quando os viajantes estiverem acomodados os comissários de bordo narrarão os procedimentos de segurança que devem ser adotados.

Entre as recomendações está a de desligar os aparelhos eletrônicos no momento do pouso e da decolagem (o celular deve ficar sempre desligado ou no modo avião). Tirar fotos no interior do avião é permitido desde que não cause incômodo nos demais viajantes.

O que é turbulência e o que fazer ao passar por uma?

Devido ao movimento do ar na atmosfera, o avião pode pode balançar, e é esse pequeno fenômeno que recebe o nome de turbulência. Nem todo voo precisa necessariamente passar por um momento de turbulência, no entanto, ela ocorre quando há uma expressiva mudança de temperatura, velocidade ou pressão do ar, sendo comum principalmente nos momentos em que a aeronave ultrapassa uma nuvem.

Na hora em que o avião estiver passando por uma turbulência não há muito que o passageiro possa fazer. Felizmente, porém, não há também razões para se preocular, já que as aeronaves são construídas para resistir as intempéries climáticas e suportar raios e relâmpagos. Como precaução, o passageiro deve, no entanto, permanecer sentado e afivelar o sinto até que tudo volte ao normal.

Qual a diferença entre uma escala e uma conexão?

Se você nunca soube diferenciar os termos escala e conexão, fique tranquilo. apesar de a explicação ser simples, muita gente só consegue se lembrar das diferenças na prática.

Para todos os efeitos, nós explicamos:

Conexão – é quando o passageiro desce do avião em outra cidade e toma outro avião para o destino pretendido. Nesse caso os agentes aeroportuários indicam aos passageiros o horário do embarque no próximo voo e o portão em que o embarque acontecerá. Além disso, os próprios funcionários da companhia geralmente se encarregam de trocar as bagagens de uma aeronave pra outra; e

Escala – é quando o avião aterrisa em um ou mais aeroportos durante o percurso antes de chegar ao seu destino final. Nesse caso o passageiro não precisa deixar a aeronave.

E pra pegar a bagagem?

Depois de sair do avião o passageiro deve encontrar a esteira assinalada com o número do voo para então aguardar por sua mala. Se não conseguir pegar a bagagem de primeira na esteira, não é preciso pânico, ela fará a volta e retornará, permitindo assim a retirada da mala.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: