Topo

Paraísos ocultos: conheça belíssimas praias "escondidas" no litoral brasileiro

Comente

Em 2015, a “Praia do Rosa”, em Santa Catarina, ganhou destaque internacional ao ser apontada pelo jornal inglês, “The Guardian”, como uma das melhores “praias secretas” do mundo.

Mas ela não é a única “escondida” pelo litoral brasileiro. Ao redor do país existem inúmeras outras praias com visual paradisíaco e que são até menos badaladas e conhecidas que a catarinense. Para comprovar isso, portanto, apresentamos a seguir uma lista com alguns belos exemplos. Confira!

Praias desertas e tranquilas para aproveitar as férias

Praia do Cedro – Ubatuba/SP

Praia do Cedro – Ubatuba/SP

Apesar de a região de Ubatuba, em São Paulo, abrigar uma enorme quantidade de praias badaladas, há também pelo menos uma grande opção pra quem busca tranquilidade: seu nome é Praia do Cedro.

Apontada frequentemente como a mais bonita da região, a praia costuma ser pouco frequentada e por vezes deserta. Isso se justifica em parte pelo fato de o acesso ser feito através de uma pequena trilha ou pelo mar.

No fim das contas, porém, o trajeto vale a pena, o lugar possui visual deslumbrante, com areia branca e água cristalina perfeitas para o mergulho. Dependendo do período, o visitante consegue até ver migrações de tartarugas, além de baleias e golfinhos.

Riacho Doce – Conceição da Barra/ES

Riacho Doce – Conceição da Barra/ES

Localizada entre a divisa entre os estados do Espírito Santo e Bahia, a praia Riacho Doce é hoje considerada Patrimônio Histórico da Humanidade, o que se deve principalmente às suas dunas, que escondem a antiga vila de Itaúnas, soterrada há cerca de 5 décadas. Para chegar até a praia o visitante precisa percorrer uma trilha.

Leia também:

Sancho – Fernando de Noronha/PE

Sancho – Fernando de Noronha/PE

E o badalado arquipélago Fernando de Noronha, quem diria, também abriga praias isoladas que valem a visita. Uma delas, por exemplo, é a de Sancho, que é isolada e não tem acesso tão fácil quanto às demais. Para chegar ao lugar existem três maneiras distintas: pelo mar, por meio de uma abertura que conduz a uma escada de pedras ou fazendo escalada entre rochas.

Havaizinho – Itacaré/BA

Havaizinho – Itacaré/BA

Em meio a tantas praias badaladas da Bahia, a Havaizinho, localizada em Itacaré, se destaca pela tranquilidade. Com nome sugestivo, a praia apresenta uma beleza natural ímpar e é uma das mais vazias do litoral baiano. O acesso à praia se dá por meio de uma trilha tranquila de cerca de 10 minutos.

Lopes Mendes – Ilha Grande/RJ

Lopes Mendes – Ilha Grande/RJ

E no Rio de Janeiro, uma boa pedida é a praia Lopes Mendes, localizada na região de Ilha Grande. Apontada como uma das mais bonitas do Brasil, a praia já foi habitada por moradores caiçaras, sendo hoje, no entanto, bastante deserta. É a pedida ideal para quem pretende mergulhar em águas cristalinas ou mesmo praticar o surfe.

Galinhos – Natal/RN

Galinhos – Natal/RN

Pra quem busca mar tranquilo, paisagem de dunas e tranquilidade, a praia de Galinhos, na capital do Rio Grande do Norte, é um dos melhores destinos. O lugar é simples e pouco badalado, mas a beleza natural está lá, estampada em cada detalhe. Um detalhe interessante é que os turistas encontram boas opções de passeios pela região para conhecer melhor sobre a praia.

Barra dos Remédios – Camocim/CE

Barra dos Remédios – Camocim/CE

Pra quem busca praias desertas na maior parte do tempo, Barra dos Remédios, em Camocim, no Ceará, pode ser a pedida ideal. O lugar tem dunas móveis como paisagem e águas límpidas que se encontram com as do rio, o que torna o visual ainda mais mágico.

A praia está localizada a menos de 400 km de Fortaleza e o acesso pode ser feito por meio de buffies ou veículos 4×4 por meio das dunas, sempre com acompanhamento de guias.

Praia da Lage – Ilha do Cardoso/SP

Praia da Lage – Ilha do Cardoso/SP

E em São Paulo, mais precisamente na região de Cananéia, há também uma praia encantadora escondida em meio à Mata Atlântica. Com belíssimo visual e grande riqueza natural, a praia possui até mesmo algumas belas piscinas naturais de água doce.

Para chegar até ela, no entanto, o caminho é árduo. São cerca de 10 km de trilha, sendo grande parte pela areia. Mas o caminho também pode ser feito pelo mar.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: