Topo

Resumo do primeiro jogo da final do Paulistão 2013

Comente

O Domingo foi das mães, entretanto o que se viu Brasil à fora foi torcedores vibrantes pelos estádios e lares do País, afinal, é chegada a data dos jogos finais nos principais campeonatos estaduais de futebol, e a tarde reservou emoção sem fim aos fanáticos e apaixonados pelo esporte.

Trazemos nesse artigo um panorama completo de um dos jogos que fizeram a alegria de muitos neste Domingo das mães, o jogo entre Corinthians e Santos.

Veja o resumo do primeiro jogo da final do Paulistão 2013

paulistao-2013-corinthians-santos

O Primeiro tempo

De um lado o Corinthians, atual campeão do mundo, de outro o Santos do badalado Neymar que, por sinal, pouco apareceu no jogo. O palco, nada mais, nada menos que o Pacaembú. A bola rolou e, do lado Corintiano, o que se viu foi um time organizado taticamente, se lançando ao ataque e sufocando o adversário que, assustado, demorava tempo excessivo para se encontrar na partida, ficando obrigado a, praticamente, só se defender.

As investidas do time da casa demoraram a surtiram efeito, o Santos se defendia como era possível e, em meio a força defensiva Santista e erros de finalização do timão, aos 41 minutos do primeiro tempo, Paulinho abriu o placar. Corinthians 1 x 0 Santos, fazendo justiça a um primeiro tempo de ataque contra defesa.

O Segundo tempo

No segundo tempo, embora o domínio da partida ainda prevalecesse a favor do time da casa, já se podia notar algumas jogadas ofensivas do time visitante. Em uma delas, aos 5 minutos, em sua primeira aparição ainda que discreta no jogo, Neymar arrancou boa jogada e o Santos levou algum perigo às redes adversárias, mas quem marcou o segundo gol da partida foi mesmo o Corinthians. Após cobrança de escanteio Paulinho brigou caído pela bola, fazendo com que sobrasse para Paulo André encher o pé e estufar novamente as redes Santistas.

O técnico do Peixe, Muricy Ramalho, decidiu fazer alterações na equipe e estas, surtiram efeito, fazendo com que Durval, de cabeça diminuísse o prejuízo aos 36 minutos do segundo tempo. O gol fez com que o Santos dependa somente de uma vitória simples pra levar a partida pros pênaltis, ou o mínimo de dois gols de diferença para se sagrar campeão Paulista de 2013.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: