Topo

Veja problemas de pele comuns em bebês e entenda como proceder em cada caso

Comente

Todo bebê saudável possui a pele sedosa e macia e de acordo com especialistas qualquer alteração na pele do bebê é motivo de atenção redobrada por parte dos pais.

Isso porque o mais simples problema de pele pode causar um enorme desconforto para o bebê, podendo até mesmo ser um sinal de que seu organismo não está recebendo a quantidade suficiente de oxigênio. A seguir você confere quais são os problemas de pele mais comuns em bebês e como cuidar deles.

Doenças de pele nos bebês e como proceder

Brotoejas

Brotoejas

As brotoejas são aquelas bolinhas avermelhadas que surgem nas dobrinhas de pele do bebê, em regiões como pescoço, perna e braço. Elas surgem em resultado ao entupimento das glândulas sudoríparas do bebê, o que ocorre porque a estrutura da criança ainda está em desenvolvimento e não funciona de forma adequada.

Se não tratada a brotoeja pode coçar e causar incomodo ao bebê e por se tratar de uma irritação pode se tornar o foco de infecções. Para tratar o problema os pais devem deixar a criança com a maior sensação de frescor spossível.

Uma dica é aumentar a quantidade de banhos por dia sem usar sabonete em todas as lavagens. Outra dica é vesti-lo com roupas mais leves e sempre secar as regiões úmidas do corpo, usando ainda talco líquido e secando a saliva do bebê que escorre pelo pescoço.

Leia também:

Hemangiomas

Hemangiomas

E aqui temos o problema que surge em resultado da proteção dos vasos sanguíneos na superfície da pele, trata-se das manchas avermelhadas que surgem na pele do bebê e que são consequência de uma anormalidade inata, que é a que a criança já nasce com ela.

Existem riscos de o problema evoluir e se tornar algo mais grave, por essa razão é importante consultar o dermatologista caso as manchas não desapareçam com o tempo. O tratamento ideal será receitado pelo pediatra de acordo com cada caso.

Descamações

Descamações

De acordo com especialistas é normal a descamação da pele logo após o nascimento. O fato, porém, é que esse problema também pode ocorrer com crianças durante o inverno, quando os banhos costumam ser mais quentes, isso acaba destruindo a camada de gordura protetora da pele.

A descamação também pode ser uma reação a algum produto de higiene do bebê, podendo ser uma inflamação da pele ou uma alergia. Para tratar a criança, o melhor é evitar produtos que possuem muita química, sendo que ideal é usar apenas sabonete de glicerina no banho e fazer a higienização com água morna e algodão.

Evite os lencinhos umedecidos e peça ao pediatra indicação de hidratante para a pele da criança.

Impetigos

Impetigos

De acordo com especialistas, impetigo é uma infecção que surge na pele, ele pode ser um machucado com furúnculos e pus ou até uma picada de mosquito contaminada por bactérias do tipo estreptococo ou estafilococo.

O perigo se dá enquanto a bactéria ainda está alojada na superfície da pele e nessa fase as pessoas que entram em contato com a criança podem correr risco de contágio.

De qualquer forma o perigo maior é o desse microrganismo migar para o resto do corpo. O tratamento para o impetigo deve ser feito com antibiótico prescrito pelo pediatra da criança e pode durar meses.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: