Topo

Questões importantes que todo casal deveria analisar antes de ter um filho

Comente

Quando um casal planeja o momento ideal para ter um filho, precisa levar em consideração alguns pontos importantes a fim de que essa decisão não se torne um fardo para o qual os envolvidos não estão preparados.

O primeiro detalhe é que a decisão deve ser tomada de forma conjunta, mas há outros aspectos que precisam ser avaliados e que nem todo mundo se lembra na hora do planejamento. Sabendo disso, apresentamos a seguir algumas questões cuja avaliação é indispensável nessas circunstâncias.

Coisas em que o casal deve pensar antes de ter filho

Coisas em que o casal deve pensar antes de ter filho

A relação ideal entre pais e filhos

O casal é a favor de uma educação rigorosa ao ponto de trabalhar com a criança de forma rígida para que ela alcance rápido o sucesso? Ou pretende trabalhar uma relação mais branda onde a criança terá a oportunidade de se desenvolver a seu tempo em um ambiente sem pressão.

Quais as regras familiares às quais a criança será submetida? Essas e outras questões relacionadas ao comportamento e à educação da criança devem ser discutidas entre o casal para que haja um consenso entre os envolvidos, isso evita uma eventual confusão na mente da criança no futuro.

Os desentendimentos do casal

Quando o casal se desentende por algum motivo, há discussão acirrada e briga? Tem choro? Se a resposta for sim, esse seria o ambiente ideal para a educação de uma criança? Talvez seja melhor resolver as diferenças e procurar a criação de um ambiente mais saudável mesmo em face de desentendimentos para só depois pensar em ter um filho. Essas questões também precisam ser discutidas pelo casal.

Leia também:

Vida financeira

É claro que essa é uma questão que pode variar de um casal para outro, afinal, o cenário da desigualdade social ainda é preocupante e o direito de ter um filho não é algo reservado apenas a quem tem muito dinheiro.

Apesar disso, antes de optar por ter um filho, seria bom que os pais avaliassem o custo que a chegada de um novo membro à família vai implicar. Se o momento não for ideal para isso, talvez valha a pena aguardar um pouco mais. Ninguém pode determinar isso para o casal, mas é uma questão que merece ser discutida entre os envolvidos.

Rotina sexual

Após a chegada do bebê a vida sexual do casal tende a ficar menos ativa, ao menos nos primeiros meses durante a recuperação do pós-parto, afinal, essa é também uma fase de adaptação à chegada do recém-nascido.

É importante que o casal esteja ciente de que isso pode ocorrer e de que será preciso lidar com tais consequências. Conversar antes para saber até que ponto cada um está disposto a sacrificar com a chegada da criança é algo fundamental. Ao abrir mão de um entendimento nesse sentido o casal pode colocar em risco até mesmo o futuro da relação lá na frente.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: