Topo

5 coisas sobre os primeiros dias do recém-nascido que a maioria das pessoas desconhece

Comente

Após dar à luz ao primeiro filho na maternidade, o casal fica cheio de ansiedade para que seu bebê saia logo do hospital e possa conhecer o mundo, sua nova casa, e as coisas do quarto, que por meses foram preparadas para sua chegada.

E mesmo com essa ansiedade sendo normal e muito frequente na vida dos pais de primeira viagem, isso acaba fazendo com que a maioria se esqueça de fazer as devidas perguntas ao pediatra, especialmente sobre como será a vida com o bebê em casa, o que fazer em determinados momentos, e outros detalhes importantes.

A primeira dica, portanto, é perguntar tudo o que for possível para o médico para não tomar decisões equivocadas quando estiver com a criança em casa. E para ajudar nesse caminho, apresentamos a seguir algumas informações importantes que muitos pais desconhecem sobre o recém-nascido. Veja!

Coisas que os pais precisam saber sobre cuidados com o recém-nascido

Coisas que os pais precisam saber sobre cuidados com o recém-nascido

Bebê em estado de alerta

Na maternidade o bebê ainda está se acostumando a viver fora do útero, e lá os pais contam com a ajuda de profissionais para cuidar do filho. Só que ao chegar em casa, quando já se passaram as primeiras quarenta e oito horas de pós parto, o bebê fica em estado de alerta, pois começa a entender que já não tem mais o aconchego do útero.

Diante disso, a criança sentirá mais fome e logo tende a começar a chorar um pouco mais pedindo para ser amamentando.

Icterícia

É comum que o recém-nascido tenha um pouco de icterícia nos primeiros dias e isso nem sempre é algo prejudicial à sua saúde. Nesse caso é normal que o bebê fique com a pele em um tom amarelado nos primeiros três a quatro dias após o nascimento, mas se o problema persistir ou piorar, é importante procurar um pediatra imediatamente.

Eles são da noite

Os recém-nascidos são da noite, ou seja, é muito comum ver o bebê sonolento durante o dia e muito esperto durante a noite, que é justamente o momento que os pais têm para descansar.

Isso ocorre, porque os bebês ainda não produzem melatonina durante as primeiras quatro semanas de vida, e esse é o famoso hormônio do sono. Isso muda com o tempo e depois a criança passa a dormir em horários mais regulares, por assim dizer.

Leia também:

Espirros e soluços

Outra coisa muito comum com os recém-nascidos é a presença de espirros e soluços ainda nos primeiros dias, só que isso não é algo com que os pais devem se preocupar a princípio.

Como os bebês não sabem assoar o nariz eles espiram para remover o resto do líquido amniótico que está presente em suas vias aéreas. Já o soluço, indica que está sendo estimulado pelo novo ambiente e está respondendo aos pequenos espasmos de seu diafragma.

Cocô

Os pais de primeira viagem ficam obcecados pelo cocô do recém-nascido, analisando a cor, cheiro, aparência e todos seus aspectos, e tudo isso pode gerar algumas preocupações desnecessárias. ÈÉ importante saber que é normal que nos primeiros dias de vida as fezes do bebê sofram alterações, e isso não e nenhum indício de que algo está errado com a saúde do mesmo.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: